Fontes internas prevêem feriado bancário e fim do Euro em Setembro

Benjamin Fulford, 28 de maio de 2012

O confronto final na guerra financeira em curso parece estar iminente. As 140 nações da aliança BRICS estão preparando uma oferta para comprar todos os dólares americanos e substituí-los por uma nova moeda baseada em uma cesta de commodities, inclusive metais preciosos, de acordo múltiplas fontes. Após este movimento, qualquer moeda impressa pelo sindicato do crime da Reserva Federal dos EUA não será aceito como moeda pelo grupo de 140 nações. Isto forçará um jogo final para o grupo criminal que ilegalmente tomou o poder nos Estados Unidos.

Porém antes disto, haverá um feriado bancário de 5 dias na Europa, seguido pelo fim do Euro e a reintrodução das antigas moedas nacionais como o Marco Alemão e o Dracma, dizem as fontes da família Rothschild. A situação, no entanto, continua altamente volátil e há sinais de perigosas manobras de fim de jogo. Continuar a ler

Chantagem nuclear nos EUA, Europa, Brasil

Jim Stone, jornalista freelancer, 8 de janeiro de 2012

Há uma razão misteriosa pela qual os governos de vários países estão fornecendo resgates financeiros maciços aos bancos Illuminati, contraindo dívidas que irão destruir a economia mundial. Há uma razão misteriosa pela qual os governos em todo o mundo estão simultaneamente indo contra a vontade de seu povo, em favor dos banqueiros Illuminati.

A principal estrategia dos illuminati tem sido contrabandear armas nucleares sob o disfarce de contratos de segurança. Estes contratos de segurança usam equipamentos “proprietários” que são fornecidos pelos israelenses. Câmeras de segurança “biscopic” são produzidas e montadas por empresas de segurança que operam sob o comando da Mossad. Magna BSP, a empresa que forneceu “segurança” para usina nuclear de Fukushima é um deles. Durante a investigação sobre Magna BSP descobri que além do Japão eles tem contratos de segurança nos Estados Unidos, Alemanha e Brasil. Todos esses 4 países forneceram resgates financeiros generosos aos bancos sionistas.

Esta câmera é um protótipo e o desenho final será semelhante. Vários tipos de equipamentos grandes podem ser disfarçados como dispositivos de segurança e podem também acondicionar uma bomba nuclear.

Pode haver uma razão clandestina para a escassez mundial de Hélio-3 que é necessário no tipo de detectores que detectam uma arma nuclear? Você pode esconder prótons e nêutrons, mas são difíceis de bloquear totalmente, e neutrinos são quase impossíveis de bloquear totalmente – você não pode esconder uma arma nuclear se usar um tipo especifico de detector que usa o hélio-3.

Eles têm armas nucleares em áreas-chave dos EUA, Alemanha, Brasil e Japão, e tem planos para infiltrar armas nucleares em muitos outros países. Eles têm sido capaz de produzir centenas de armas nucleares a partir do reator nuclear de Dimona, e roubaram dos EUA material nuclear suficiente para fazer milhares de bombas atômicas adicionais. Eles mantêm o mundo como refém. Se alguém disser alguma coisa, eles são mortos. Se um país vai contra os interesses deles, e não se submete financeiramente, BOOM. Um terremoto, um tsunami, um meteoro, ou ataque terrorista serão responsabilizados pelo holocausto nuclear.

Fonte: http://www.jimstonefreelance.com/blackmail.html

Nota: Sionistas são falsos judeus, o nacional socialismo de Hitler foi financiado por bancos sionistas. Nacional Zionismo.

Instituto Tavistock de Relações Humanas: Controle Mental

Dos tempos imemoriais do antigo Egito (cujas técnicas de tortura, administração de drogas, a prática do hipnotismo documentadas no Livro dos Mortos nada mais eram que a tentativa de escravização mental dos presumidos iniciados.

Pode afirmar-se, com alguma certeza, que as “raízes” da espionagem moderna no Ocidente, estão nos reinos da Península Ibérica, cujos métodos foram aperfeiçoados, séculos mais tarde, pela Inquisição.

No final do século XIX um “grupo de pessoas” reconheceu que a Grã Bretanha e a Alemanha eram as regiões ideais para iniciar o estudo do comportamento humano. Assim, em 1882 surge em Inglaterra o primeiro centro de pesquisas das “Ciências do comportamento” baseadas em pesquisas que envolviam técnicas de controle mental anteriormente estudados na Alemanha pelo Instituto Kaiser Wilhelm.

É nestas circunstâncias que surge em Londres, em 1921, num edifício cedido pelo 11º Duque de Bedford, o Instituto para as Relações Humanas Tavistock, destinado a investigar as rupturas psicológicas dos militares submetidos ao stress da I Guerra Mundial, bem como determinar a forma de controlá-los mentalmente em zonas de combate. Numa primeira fase da investigação os trabalhos foram coordenados por Sir John Rawlings Reese, que chefiava um departamento designado British Army Psychological Warfare Bureau. Continuar a ler

Dialética Hegeliana: Nova Ordem Mundial Illuminati

CMI Brasil

Resumo da notícia da revista Time, de 25/5/1992, “A Chat with the Gorbatchevs”, pg 51.

“Nada sobre a visita triunfal de duas semanas de Mikhail Gorbatchev aos EUA sugere que ele seja um político removido do poder. Os americanos … o receberam com ovações… Embora sua visita aos EUA tenha sido para angariar fundos e fazer contatos para …. a Fundação Gorbatchev, ela também serviu para apresentá-lo aos estadistas, cujos pronunciamentos terão repercussões em todo o mundo. Seu tema é um corolário de sua própria Perestroika: o mundo inteiro precisa de uma mudança e de uma reorientação… Gorbatchev não foi forçado a admitir que a teoria socialista falhou ou que o comunismo morreu. Uma alternativa entre capitalismo e comunismo estará sendo oferecida em um futuro próximo ….”

A maioria de vocês provavelmente está balançando a cabeça, confusa com essa notícia, não percebendo que ela contém uma das maiores admissões na história do mundo moderno! No entanto, qualquer aluno da conspiração Iluminista da Nova Ordem Mundial, saberia imediatamente o que Gorbatchev quis dizer quando afirmou “uma alternativa entre capitalismo e comunismo estará sendo oferecida em um futuro próximo”.

Ao considerarmos a afirmação de Gorbatchev com cuidado, vemos que ele nos disse que existem três sistemas de governo, dois atualmente constituídos e um por vir. Ele especificamente menciona o comunismo e o capitalismo como atualmente estabelecidos no mundo, mas afirma que um terceiro, ainda sem nome definido, será implantado, que não será nem comunista nem capitalista. Continuar a ler

Invasão de produtos chineses

O Ocidente está prestes a declarar guerra à China. Será uma luta desigual e o ataque será a qualquer momento.

Os motivos são graves. A China vinha sorrateiramente se preparando há tempos com estratégias para enfraquecer o futuro inimigo. Ela conseguiu, destruindo todas as estruturas econômicas dos países ocidentais. O Ocidente está em profunda crise econômica, só resta reagir com o uso de sua estrutura militar antes que seja tarde demais. Por isso o primeiro ataque será a qualquer momento. Continuar a ler

Rússia: Dentro da Nova Ordem Mundial Illuminati

Por ”Sonja” (henrymakow.com) 11 Nov 2009

Tradução Google

As pessoas no ocidente ver a Rússia de Putin através de óculos cor-de-rosa [fornecida pelos meios de comunicação.] E a realidade não é nem um pouco cor-de-rosa.

Após banditismo e anarquia do reinado de Yeltsin, os russos queriam ”mão forte”. E aqui vem Putin. Em primeiro lugar, todo mundo era suspeito. Dentro de meio ano Putin passou de um burocrata desconhecido para se tornar Primeiro-ministro e Presidente. Ele foi nomeado pelo próprio Eltsin.

Quem é Putin? Ele é um ex-oficial da KGB. Nasceu em São Petersburgo em uma família simples de trabalhadores. Sua mãe é judia. Quando ele chegou ao poder ele disse: ”Temos que limpar a bagunça”.

FSB é uma agência russa de inteligência que sucedeu a KGB. FSB significa Federal Security Service. Essa é a palavra-chave na Rússia. Seu principal significado é corrupção. Temos um governo oculto da FSB. Eles estão por trás de todos os oligarcas russos. Continuar a ler

Novo sistema financeiro mundial: 12 trilhões de dólares

Benjamin Fullford 3 Abril 2012

A newsletter desta semana foi adiada por um dia por causa de sensíveis negociações em curso envolvendo os BRICS, americanos e japoneses entre outros. As negociações ainda estão em andamento e há muito ainda que não podemos informar. No entanto, podemos confirmar que o governo japonês concordou em princípio com a distribuição de 1000 trilhões de ienes (12 trilhões de dólares) de fundos a serem utilizados para acabar com a pobreza, destruição ambiental e lançar a tecnologia anteriormente proibida de forma responsável. O problema agora é como administrar as enormes repercussões geopolíticas que este fundo irá criar. Continuar a ler