Chantagem nuclear nos EUA, Europa, Brasil

Jim Stone, jornalista freelancer, 8 de janeiro de 2012

Há uma razão misteriosa pela qual os governos de vários países estão fornecendo resgates financeiros maciços aos bancos Illuminati, contraindo dívidas que irão destruir a economia mundial. Há uma razão misteriosa pela qual os governos em todo o mundo estão simultaneamente indo contra a vontade de seu povo, em favor dos banqueiros Illuminati.

A principal estrategia dos illuminati tem sido contrabandear armas nucleares sob o disfarce de contratos de segurança. Estes contratos de segurança usam equipamentos “proprietários” que são fornecidos pelos israelenses. Câmeras de segurança “biscopic” são produzidas e montadas por empresas de segurança que operam sob o comando da Mossad. Magna BSP, a empresa que forneceu “segurança” para usina nuclear de Fukushima é um deles. Durante a investigação sobre Magna BSP descobri que além do Japão eles tem contratos de segurança nos Estados Unidos, Alemanha e Brasil. Todos esses 4 países forneceram resgates financeiros generosos aos bancos sionistas.

Esta câmera é um protótipo e o desenho final será semelhante. Vários tipos de equipamentos grandes podem ser disfarçados como dispositivos de segurança e podem também acondicionar uma bomba nuclear.

Pode haver uma razão clandestina para a escassez mundial de Hélio-3 que é necessário no tipo de detectores que detectam uma arma nuclear? Você pode esconder prótons e nêutrons, mas são difíceis de bloquear totalmente, e neutrinos são quase impossíveis de bloquear totalmente – você não pode esconder uma arma nuclear se usar um tipo especifico de detector que usa o hélio-3.

Eles têm armas nucleares em áreas-chave dos EUA, Alemanha, Brasil e Japão, e tem planos para infiltrar armas nucleares em muitos outros países. Eles têm sido capaz de produzir centenas de armas nucleares a partir do reator nuclear de Dimona, e roubaram dos EUA material nuclear suficiente para fazer milhares de bombas atômicas adicionais. Eles mantêm o mundo como refém. Se alguém disser alguma coisa, eles são mortos. Se um país vai contra os interesses deles, e não se submete financeiramente, BOOM. Um terremoto, um tsunami, um meteoro, ou ataque terrorista serão responsabilizados pelo holocausto nuclear.

Fonte: http://www.jimstonefreelance.com/blackmail.html

Nota: Sionistas são falsos judeus, o nacional socialismo de Hitler foi financiado por bancos sionistas. Nacional Zionismo.

Anúncios

A guerra financeira está acelerar-se com prisões e assassinatos

Benjamin Fulford 5-3-12

A guerra financeira em curso está acelerar-se com prisões e assassinatos sendo visto em todos os lados. George Bush pai e Bill Gates foram detidos na semana passada por sabotar o novo sistema financeiro após serem apontados por Timothy Geithner, dizem fontes do Pentágono. Os cabalistas e sindicatos criminais da Reserva Federal, por sua vez, assassinaram o Lord James Blackheath em 29 de fevereiro, depois que ele denunciou o roubo de US$ 15 trilhões na Câmara dos Lordes britânica. A Sociedade do Dragão Branco, por sua vez, expôs o boletim interno visando a prisão imediata para interrogatório do ex-chefe de polícia de Hong Kong Peter Stevens.

Stevens é procurado por acusações de contrabandear para o Japão a arma nuclear que foi usada para desencaderar tsunami nuclear contra o Japão com consequente terremoto em 2011. Stevens está atualmente localizado no Iate Clube Puerto Galera nas Filipinas.

A família illuminati gnóstica e o grupo de hacker Anonymous também concordaram em unir forças com a Sociedade do Dragão Branco com um programa de ataques a Monsanto e outras fortalezas da cabala. Os Rockefellers, Krügers e Openheimers e Mellon e Warburgs, Rothschilds, Bushes, Morgans e outras famílias da cabala serão sistematicamente caçadas se eles não se renderem dentro de 31 de março.

A Família Dragon Royal Society, neste meio tempo, proveu a este escritor com mais informações sobre a guerra financeira em curso. A família do dragão forneceu uma cópia de um documento (que iremos publicar em nosso site gratuito esta semana) que foi entregue aos bancos centrais do mundo um ano atrás. De acordo com este documento, todos os 69 “países de primeiro e segundo mundo”, juntamente com 225 outros grupos soberanos, assinaram contrato para o novo sistema financeiro. Os principais financiadores deste sistema incluem as forças militares da Rússia, a China e elementos dos EUA, segundo uma fonte da família do Dragão. As antigas famílias reais do mundo concordaram em financiá-lo, inicialmente, com 15 trilhões dólares apoiados por ouro, jóias e tesouros de propriedade da realeza. Estas são as mesmas famílias que financiaram o primeiro sistema de Bretton Woods, que foi sequestrado nos anos do pós-guerra pelas famílias que possuem a Reserva Federal. O novo sistema eliminaria toda a propriedade privada dos bancos centrais, bem como a contabilidade “fora dos livros”.

Além disso, a família Dragão concordou em fornecer as nações, financiamento para limpar as suas dívidas e construir nova infra-estrutura e outros gastos que visam “o desenvolvimento harmonioso.” O financiamento é vetado por representantes de 10 grandes religiões do mundo sediados em Roma. Ele pode ser verificado através de “DTC Euro Clear banks e Federal Reserve Board telas azul, cinza e preta,” the DF document states.

A oposição a este novo sistema está sendo executada pelo Conselho da Reserva Federal e famílias banqueiras e seus Bilderberg, CFR, tenentes da Comissão Trilateral. Eles ainda estão emitindo dólares fiduciários que são aceitos dentro de EUA, Alemanha, Reino Unido, Itália, França e Suíça. O resto do mundo (e uma grande parte do estabelecimento bancário suíço) se recusam a aceitar estes dólares fraudulentos, mas constantes tentativas estão sendo feitas pelos cabalistas para lavar seu dinheiro. Eles também têm uma ampla lista de políticos e outros corretores poderosos que eles subornaram e chantagearam em todo o mundo.

Os cabalistas também tentaram matar ou então congelar os bens de adeptos do novo sistema. Apesar disso, um número crescente de bancos têm desafiado as famílias de banqueiros e “cruzaram a linha de piquete”, em apoio ao novo sistema. Basta perguntar a um banco se eles são compatíveis com Basel 3 ou não, e você pode descobrir de que lado eles estão trabalhando.

O representante da Família Dragão também disse que a controvérsia sobre quem tinha os direitos sobre os tesouros das famílias reais poderia facilmente ser resolvido em um tribunal de direito. Eles afirmam que a Dam R.C. era uma fraude criada pelas famílias bancárias. Eles acrescentam que Eddie Soekarno era titular legal de “alguns” bens de família do dragão.

A batalha pelo controle do sistema financeiro tomou uma virada decisiva na semana passada, quando Bill Gates foi detido sob a acusação de sabotar o novo sistema financeiro. George Bush pai é a pessoa que prestou depoimento sobre Bill Gates, segundo fontes do Pentágono.

A Dragon Family Royal Society indicou que apoiam o plano de fundação da White Dragon Foundation para a criação de uma agência de planejamento econômico meritocratica que iria trabalhar em harmonia com os seus planos.

O grupo anti-linhagem gnóstica tem insistido na criação de uma agência deste tipo, como condição para eles cancelar o caos em massa e grandes manifestações planejadas na Europa e os EUA a partir de abril.

O grupo de hackers Anonymous também prometeu atacar sistematicamente todas as empresas ligadas a cabala, meios de comunicação, os indivíduos e os centros de poder em uma campanha de pressão e intensidade cada vez maior.

No Japão, da mesma forma, os preparativos para um golpe de Estado contra todos os políticos, banqueiros e meios de comunicação controlados pela Cabal estão quase completos. Essas pessoas já sabem que os seus dias no poder no Japão terminaram.

Uma delegação da China chegou ao Japão nesta semana para discutir a transição para um novo regime no Japão e unificação da península coreana. Eles também irão discutir a reformulação das instituições internacionais como a ONU, o BIS, o Banco Mundial, o Tribunal Mundial e do FMI.

“Atualização sobre a “morte” do Lord James Blackheath. Um porta-voz da Câmara dos Lordes do Reino Unido disse que “na medida em que sabemos ele está vivo e bem.”

Saiba mais:

A rainha Victoria era a filha ilegítima de Rothschild

A implosão da Federal Reserve e BCE: Novo bloco econômico

A queda da elite satânica está a decorrer sem problemas

Ditador norte coreano Kim Jong II foi assassinado

A mudança no poder financeiro está quase completa: Nova Ordem Mundial

Reunião secreta de 57 ministros das Finanças

Antiga Ordem Mundial

Planos do Comitê dos 300

Antiga Ordem Mundial

Planos do Comitê dos 300

Ex-illuminati revela planos de golpe militar

Por Henry Makow Ph.D.
14 de outubro de 2002

Se você detetar a mão do diabo em eventos atuais, você pode estar mais perto da verdade do que você pensa.

Uma mulher que foi criada no culto Illuminati descreve uma poderosa organização secreta que infiltrou-se em todas as instituições sociais e está preparando secretamente um golpe de Estado militar. Suas revelações cobrem a “golpe de estado”, a “segurança interna”, a luz da verdade.

“Svali” é o pseudônimo da mulher, de 45 anos, que era uma mente “programada” para o culto até 1996. Ela era a sexta chefa no ramo de San Diego e teve 30 treinadores o sob o comando dela. Ela arriscou sua vida para alertar a humanidade do poder e da agenda secretos dos Illuminati.

Ela descreve um culto satânico sádico liderado pelas pessoas mais ricas e poderosas do mundo. É amplamente homossexual e pedófilo, pratica sacrifício de animais e o assassinato ritual. Eles funcionam “de mãos dadas” com a CIA e a Maçonaria. Trata-se da supremacia ariana (raça pura germânica), mas congratula-se com apóstatas judeus. Eles controlam o tráfego mundial de drogas, armas, pornografia e prostituição. Pode ser a mão por trás de assassinatos políticos e “terrorismo”, incluindo assassinato dos Kennedy, 11 de setembro, o atirador de Maryland e da explosão da bomba em Bali.

Ele se infiltrou em níveis do governo local e nacional; educação e instituições financeiras, na religião e na mídia. Baseado na Europa, planejando uma “nova ordem mundial” que fará tentativas anteriores, o nazismo e o comunismo, parecem piqueniques. Um outro detalhe: essas pessoas não são felizes.

Crenças

Svali: “O Illuminati é um grupo que pratica uma forma de fé, conhecido como “iluminação”. Na verdade é luciferiana, e ensinam a seus seguidores que suas raízes remontam às antigas religiões de mistério da Babilônia, Egito e druidismo celta. Tomaram o que consideram o “melhor” de cada uma e as juntaram em uma disciplina fortemente ocultista. Muitos grupos a nível local adoram as deidades antigas como “El”, “Baal”, e “Ashtarte”, bem como “Ísis e Osíris” e “Set “…. Eu sei que essas pessoas ensinam e praticam o mal.”

Adam Weishaupt

Svali: “Weishaupt não criou o Illuminati, ele foi escolhido como uma figura de proa e disseram a ele sobre o que escrever. Os financiadores, que remontam durante a época dos Cavaleiros Templários, que financiaram os primeiros reis na Europa, criaram o Illuminati. Weishaupt era o “garoto de recados” que cumpria as ordens deles”.

Golpe militar

Svali: “Muito em breve, cada região dos Estados Unidos terá “centros de poder” para a atividade regional. Os Estados Unidos foi dividido em sete grandes regiões geográficas. Cada região tem localidades dentro dela que contêm conjuntos de bases militares que estão escondidos em áreas remotas e isoladas ou em grandes propriedades privadas.

Estas bases são utilizados de forma intermitente para treinar gerações de Illuminati em técnicas militares. Por quê? Porque os iluministas acreditam que o nosso governo, como nós o conhecemos, bem como os governos da maioria das nações ao redor do mundo, estão destinados a entrar em colapso. Estes colapsos estão sendo planejados e eles vão ocorrer das seguintes maneiras:

Os Illuminati planejaram primeiro um colapso financeiro que irá fazer a grande depressão de 1930 parecer com brincadeira de criança. Isso ocorrerá por meio da manobra dos grandes bancos e instituições financeiras do mundo, através da manipulação de ações e taxas de juros. A maioria das pessoas estará em débito com os bancos e dívida do cartão de crédito, etc. Os governos falidos irão reclamar todas as dívidas imediatamente, mas a maioria das pessoas não será capaz de pagar e vai à falência. isto causará pânico financeiro generalizado, que ocorrerá simultaneamente em todo o mundo, como os iluministas acreditam firmemente no controle de pessoas através das finanças.

A boa notícia é que, se uma pessoa está livre de dívidas e pode viver auto suficiente, eles poderão ficar melhor do que outros. Gostaria de investir em ouro e prata, estoque, se tiver a renda. Ouro vai voltar a ser o padrão mundial, e os dólares e outras moedas serão bastante inúteis (lembra-se do que houve depois da Guerra Civil americana? papel moeda não vai valer nada).

Em seguida, haverá ataques terroristas ou calamidades provocadas e um golpe de Estado militar, região por região, o governo declarará estado de emergência e a lei marcial. As pessoas terão entrado em pânico, haverá um estado anárquico em muitas localidades, assim, o governo vai justificar o seu movimento como sendo necessário para proteger os cidadãos. Os líderes militares treinado no culto e as pessoas sob a sua direção usarão técnicas de controle de multidão para implementar este novo estado… Cada localidade terá bases regionais e líderes que sejam responsabilizados.

A cerca de cinco anos atrás, quando eu deixei o Illuminati, aproximadamente 1% da população EUA fazia parte dos Illuminati, ou era simpático a ele, ou era uma vítima de controle da mente (e, portanto, considerado utilizável). Isso pode não soar como muito, mas imagine 1% da população altamente treinada e financiada no uso de armamentos, técnicas psicológicas e comportamentais, ligados a grupos paramilitares.”

Posição dos EUA

Svali: “Os EUA é considerado inferior e mais jovem do que as filiais europeias… Alemanha, França e Reino Unido formam um triunvirato que rege o culto europeu. A Rússia é considerada importante e tem os grupos militares mais fortes, foi prometida a Rússia a quarta posição na Nova Ordem Mundial, porque a URSS tinha sido mais útil e cooperativa ao longo dos anos na promoção da agenda.

Os descendentes das famílias dirigentes também estão envolvidos na liderança do oculto, junto com os mais novos. Não há marxismo no culto. A China será classificada após a URSS, em seguida, os EUA. Mas uma boa parte da liderança atual dos EUA estará na Europa, quando a mudança ocorre, e muitos têm casas lá. Eles “mudarão de nacionalidade” da noite para o dia, por assim dizer. Este é o pouco que eu me lembro.

A Rússia será a base militar do grupo, já que os comandantes militares (iluminista) da Rússia são considerados os melhores do mundo, e muito, muito cruéis e disciplinados. A China, por causa de suas antigas raízes no ocultismo oriental e sua grande economia e população, também será considerada um poder bem maior do que os EUA.

Israel

Svali: “O conflito no Oriente Médio é apenas vantagem dos iluministas. Eles odeiam Israel, e esperam um dia vê-lo destruído e estão apostando no momento. Um dos planos oferecido pela ONU, quando illuminati assumir o governo do mundo é que eles vão impedir a guerra no Oriente Médio, isto será recebido com alegria por muitos.

Ao mesmo tempo, os Illuminati secretamente fornecem armas e fundos para ambos os lados para manter o conflito aceso. São pessoas muito ambíguas. Costuma-se enviar armas através da URSS para o Irão, por exemplo, em nome da “cordialidade” entre a URSS e este país e de outras nações islâmicas. Em seguida, os iluministas dos EUA ajudariam a enviar armas para Israel, pela mesma razão.

Essas pessoas adoram os jogos de xadrez, vêem a guerra entre as nações como a criação de uma ordem no caos. A URSS vai ficar mais forte novamente. Eles têm as forças armadas mais forte, tanto abertamente como secretamente e sentam-se calmamente e inertemente ao lado do comando illuminati. Na NWO, eles serão mais fortes do que nós.”

Os Illuminati são uma conspiração judaica?

Svali: “Absolutamente não. Na verdade, Hitler e seus colaboradores (especialmente Himmler e Goebbels) foram Iluministas superior. Os Illuminati são racistas ao extremo; quando criança, eu era obrigada a jogar “campo de concentração”.

Os verdadeiros judeus historicamente lutaram contra o ocultismo (veja Deuteronômio e o Antigo Testamento de como Deus através do povo judeu, tentou limpar a terra dos grupos ocultos que estavam operando lá, como aqueles que adoravam Baal, Ashtarte e cananeus.

[de um e-mail para Henry Makow]
Sim, existem algumas pessoas muito poderosas judaicas neste grupo. Por exemplo, a família judaica-kazariana Rothschild, literalmente, comanda o império financeiro na Europa (e indiretamente nos Estados Unidos) e são uma família judaica bem conhecida. Mas para ascensão ao poder dentro do Illuminati, o judeu, durante a noite, seria forçado a renunciar à sua fé e dar a sua lealdade primeiro as crenças dos Illuminati. No retorno desta traição, eles acreditam no poder (financeiro) e nas recompensas futuras e, em certo sentido, eles os obtêm, mas a um preço muito alto.

A  mentalidade nazista é muito forte, embora, foi-me dito que Hitler, Himmler, Goebbels, e outros eram altos membros do grupo alemão (Himmler era maior do que os outros dois), Mengele e outros fantoches também; que mais tarde trabalharam como grandes treinadores da sucursal americana no período em que se esconderam na América do Sul. Eles acreditavam sinceramente que eles estavam agindo como agentes de seus “deuses” para exterminar a raça judaica.

Eu sempre me perguntei sobre isso, no entanto, por quê algumas das famílias do ramo financeiro do grupo (barão Rothschild da França é um dos 13 senhores europeus, ou “reis” que comanda o grupo na Europa e senta-se ao Conselho Mundial) são judias-kzarianas, mas o grupo defende o ódio ao judeus comuns”

Eles são racistas?

Svali: “Muitos dos Iluministas têm a programação do Quarto Reich no interior. Os Illuminati são racistas e têm muito da “perspectivas ariana”. Eles acreditam fortemente na regra do “puro” e “inteligente”, pelas definições deles, e nas cerimônias deles haverá, ocasionalmente, seres de raças inferiores mortos em cerimônias.

Eles estão tentando produzir uma “raça geneticamente superiores” para governar, com seus filhos e descendentes. Eles também são seguidores da República de Platão e acreditam que eles serão os únicos a inaugurar esta regra “utópica” da NOM na opinião deles. Na utopia deles, a intelectualidade governará e as ovelhas, como as massas, seguirá seus líderes, a ser conduzida pelo nariz. ”

As Nações Unidas

Svali: “A ONU foi criada no início deste século, a fim de ajudar a superar uma das maiores barreiras para um governo mundial… Essa barreira é a do nacionalismo e orgulho do seu país. É por isso que NÃO era um conceito popular quando foi introduzido pela primeira vez, e levou anos criticando o país nos meios de comunicação e à destruição de qualquer sentimento de orgulho nacional por uma campanha da mídia (não tão sutil) ao longo dos anos.

A ONU é uma preparação, mas não é o poder real no mundo, e será relativamente sem importância quando a NOM existir. Os poderes verdadeiros, então, darão um passo à frente. A ONU é um trampolim para a Nova Ordem Mundial.

A Guerra Fria

Svali: “A Rússia nunca foi realmente uma ameaça para nós. Marxismo foi financiado pelos Illuminati e adotada como um contrapeso para o capitalismo. Os Illluminati acreditavam fortemente no equilíbrio entre forças opostas, a atração entre os opostos. Eles vêem a história como um jogo de xadrez complexo e financiam um lado, depois o outro, enquanto que no final reinará o caos e a divisão…, eles estão rindo porque estão além dos partidos políticos. A financista ocidental vai se reunir secretamente com um oriental ou russo “adversário” durante esses anos e dar uma boa gargalhada da forma como as “ovelhas” estavam sendo iludidas. Estou compartilhando aqui o que me foi ensinado e também observado.

Eles são verdadeiramente um grupo internacional e a agenda do grupo prevalece sobre quaisquer sentimentos nacionalistas. Há também um monte de negociação na frente e por trás dos membros desses grupos. Um treinador russo ou chinês pode vir para os EUA por algum tempo, concluir um trabalho, e então voltar, ou vice-versa.”

Realeza

Svali: “A liderança dos Illuminati declara que eles são descendentes de linhagens reais, bem como têm uma herança oculta ininterrupta.

Há duas definições usada de “realeza”. Realeza Aberta que atualmente é vista publicamente, e a “realeza escondida” da linhagem real e poder oculto extremos.

Os Hanoverian/Hapsburg reinavam na Alemanha sobre os Bruderheist. Eles são considerados uma das mais fortes linhas de ocultismo também. A linha britânica está logo abaixo deles, com a família real. Definitivamente, eles governam o ramo do Reino Unido sob o reino oculto dos Rothschilds, apesar de parlamento governar o país publicamente.

Na França, mais uma vez, os descendentes das famílias reais também estão no comando ocultamente, mas os Rothschilds reina sobre todos eles. ”

Maçonaria

Svali: “Os maçons e os Illuminati estão de mãos dadas. O templo maçônico em Alexandria, Virgínia (a cidade em si foi nomeado após Alexandria, no Egito, e é um foco da atividade Illuminati) é um centro na área de Washington DC, para as bolsa de estudos e de ensino dos Illuminati. Fui levada para lá de tempos em tempos para fazer testes, para subir um nível, para bolsas de estudo e para as altas cerimónias. Os líderes desse grupo maçônico também eram Iluministas.

Os Illuminati são todos maçons? Não, especialmente nos níveis mais baixos, eu acredito que eles não sabem nada sobre as práticas que ocorrem no meio da noite, nos templos maiores. Muitos são, provavelmente, pequenos empresários e cristãos. Mas eu nunca conheci um grau de 32o ou acima que não fosse Illuminati, o grupo ajudou a criar a Maçonaria Livre como uma “máscara” para as atividades deles.”

CIA, FBI, Mórmons

Svali: “Muitos dos administradores e diretores do FBI também são Iluministas. A CIA ajudou a trazer cientistas alemães após a Segunda Guerra Mundial. Muitos destes eram os líderes dos Illuminati, no próprio país deles, e foram recebidos de braços abertos pelo grupo nos EUA.

Os mórmons se afiliaram em uma reunião com a liderança dos Illuminati em 1950. O mesmo aconteceu com as Testemunhas de Jeová.”

Treinamento de Assassinos

Svali: “Aqui é como isso é feito (como ele foi feito comigo):
[1] Quando a criança chega aos 2 anos, a colocam em uma gaiola de metal com eletrodos ligados. Dão um choque grave na criança.
[2] Tiram a criança da gaiola e põe um gatinho nas mãos dela. Dizem à criança para torcer o pescoço do gatinho. A criança vai chorar e se recusar.
[3] Colocam a criança na gaiola, dão choques até que esteja atordoada e não pode gritar mais.
[4] Tiram a criança e lhe dizem, novamente, para torcer o pescoço do gatinho. Desta vez, a criança vai se sacudir, chorar, mas o fará, com medo da tortura. A criança vai para o canto e vomitará, enquanto o adulto a elogia por “fazer um trabalho tão bom”.

Este é o primeiro passo. Os animais ficam maiores ao longo do tempo, enquanto criança vai ficando mais velha. Elas serão obrigadas a matar uma criança em algum ponto. Elas serão ensinadas pela idade dos 9 anos a manipular uma arma, apontar e atirar em alvos sobre comando. Eles práticam em animais. Então, praticaram em “dispensáveis” e na realidade virtual. Elas serão muito elogiadas se o fizerem bem, e torturadas se não cumprirem as ordens.

Quanto mais velha a criança ou adolescente, mais avançado é o treinamento. Aos 15 anos, a maioria das crianças também serão obrigados a fazer combate corpo a corpo na frente dos espectadores (pessoas de altos níveis que vêm assistir aos “jogos” semelhante ao que os antigos gladiadores realizavam). Estes jogos são raramente feitos até a morte, geralmente, até que uma criança venha a baixo. Elas usam todo os tipos de armas imagináveis e aprendem a lutar por suas vidas. Se uma criança perde uma luta, eles são muito castigadas por seus treinadores, que perde a “cara”. Se elas ganharem, elas são novamente elogiadas por serem “fortes” e hábeis com armas. Ao chegar aos 21 anos de idade, elas estão bem treinadas como máquinas de matar com os códigos de comando para matar e elas são testados de novo e de novo para provar que elas obedecerão ao comando. Esta é a forma como as crianças na Illuminati são levados para os altos níveis, eu mesma passei por isso.”

Confie na Família

Svali: “Eles dizem a seus filhos quando eles são torturados: “Eu estou fazendo isso porque eu te amo”. Para eles, o maior amor é fazer uma criança forte e apta a liderar ou para se deslocar para os níveis mais altos no grupo, de qualquer forma.

Se um líder vê uma criança e quer ela como uma prostituta, os pais vão entregá-la, felizes por que o/a seu filho(a) irá subir na posição. Além disso, mais uma vez, encaram a traição como o bem maior. Eles farão ciladas após ciladas para ensinar seus filhos a nunca confiar nos outros abertamente.

E, devido à natureza cruel e política do grupo, em certo sentido, eles estavam certos, os ingênuos seriam pisados e feridos. Conheço pais que tentaram poupar alguns de seus filhos disso por amor, mas muitas vezes eles foram anulados por outros membros do grupo, que viam estes pais como “fracos” e “impróprios” para ensinar os filhos deles ”

Moral

Svali: “A maioria deles está ferida, vítimas de abusos, que não percebem que é possível deixar o grupo. Existe um monte de descontentamento nas fileiras, e haveria um êxodo em massa, se os membros acreditassem que era realmente possível sair (e viver). Mas, iriam, resignadamente, fazer o seu trabalho na esperança de avançar na posição.

Os Illuminati são grupo muito traidor, uma mentalidade de “cão come cão”, todo mundo quer subir. Essas pessoas não são agradáveis e elas utilizam e manipulam os outros viciosamente.

Eles nunca revelaram abertamente sua agenda, ou as atividades do culto deles, freqüentemente eles são amnésicos para estas. Estes são os “cristãos” bem respeitados, os líderes de negócios que aparecem na comunidade. A imagem na comunidade é muito importante para um iluminista, eles vão fazer de tudo para manter uma fachada normal, respeitada, e odeiam a exposição. ….

Nenhum dos Iluministas, que eu conheci, tinha a aparência rude ou cruel, embora alguns eram disfuncionais, tais como os alcoólicos. A dissociação que impulsiona os iluministas é a sua maior cobertura… Muitos, se não a maioria, dessas pessoas estão completamente inconscientes do grande mal em que elas se envolvem durante a noite.

Música

Eu acredito que Lady Gaga e outros estão sendo usados por eles para cantarem as músicas que os Illuminati gostam. Na verdade, muitos dos cantores altamente populares vieram de um estágio do “Clube do Mickey Mouse” (sim, o bom e velho Walt do Império iluminista) e eu acredito que lhes seja oferecido estrelato em troca de fidelidade ou controle da mente.

Pontos Fracos do Illuminati

Svali: “1. Sua arrogância é a sua fraqueza. Essas pessoas pensam que são intocáveis e isso pode torná-los descuidados.

2. Se por um milagre, muita gente levou isso a SÉRIO e começou a se organizar, de alguma maneira, para parar os Illuminati, com a oração e a orientação de Deus, talvez pudessem ser parados. Espero que sim, com todo o meu coração.

3. Parando o tráfico de droga, a pornografia, a prostituição infantil e o contrabando de armas tirariam uma grande fatia dos seus lucros. Talvez eles ficassem menores. Mas, honestamente, parar isto seria tão difícil quanto parar o grupo.

Negação pública 

Svali: “A prova está aí, mas na minha opinião, a pessoa média não quer saber e mesmo quando confrontada com ela, vai olhar para o outro lado.

Eu realmente não acredito que as pessoas vão fazer nada sobre os Illuminati, mesmo que os conheçam. Desculpe pelo cinismo, mas é baseado em uma vida inteira de experiência.

Os iluministas não se importam com quem imprime este material, ou se eles estão “expostos”, porque eles contam que a maioria não acreditará, pois foi feito um bom trabalho com uma campanha rápida na mídia (Adivinha quem é dono da Time-Warner?).

Eu os ouvia rir sobre isto mesmo em reuniões de liderança, há cinco anos, e duvido que a atitude deles tenha mudado muito desde então. Se as pessoas ACREDITAM nisso, se a ação organizada pudesse ser tomada, então eu ficaria muito surpresa e muito feliz. ”

Fonte: http://projectcamelot.org/lang/pt/svali_pt.html

Forno de Microondas e Despopulação Mundial

Dr. Devanando Otfried Weise

Imagine-se num concerto musical, ouvindo um quarteto de cordas tocando lindas melodias de Mozart. Tudo está bem afinado e harmonioso. De repente, surge atrás de você um barulho ensurdecedor: uma banda de rock com instrumentos desafinados e imensas caixas de som destroem, a marteladas, as melodias. Você se sente como se tivesse levado uma pancada na cabeça. Esse mesmo efeito brutal e destrutivo têm as microondas em comparação ao aquecimento tradicional no fogão.

Quando aquecemos uma sopa, o calor que vem da chama do fogão passa aos poucos através da panela para a sopa.  Quando aquecemos um alimento, a gordura na frigideira esquenta e esse calor passa para alimento que você queira esquentar. Quando você cozinha arroz, o calor torna a parede das células do grão porosa, a água entra, fazendo o grão inchar, tornando-o macio para mastigar.

Quando cozinhamos sem deixar que o alimento amoleça demais – e quando evitamos frituras, que elevam demais a temperatura, iniciamos nos alimentos alguns processos parecidos à digestão no corpo humano. De certa forma, o cozimento reduz o trabalho do organismo.

No microondas, os alimentos não são expostos a um calor suave, mas submetidos a um calor brutal e uma vibração técnica, dura e antinatural. Ao contrário da luz solar e das outras vibrações da natureza, as vibrações do microondas não têm como princípio a corrente elétrica contínua (DC), mas a corrente alternada (AC). No microondas, a corrente alternada faz com que os átomos, as moléculas e as células dos alimentos mudem de polarização 2,5 bilhões de vezes por segundo. As células repletas de água entram em gigantesco caos e vibração e, então, o atrito nas células do alimento cria calor que aquece os alimentos. As moléculas e células são polarizadas de maneira destrutiva. Toda a vida cessa, como diversos cientistas – Varga, Hertel e outros – demonstraram. Com isso, nascem radicais livres que causam grandes estragos no corpo humano.

Pela imensa quantidade de energia vibracional, as células dos alimentos estouram de maneira explosiva e sua estrutura biológica morre. Esse processo de destruição assemelha-se ao processo de irradiação dos alimentos. A proteína é mais afetada do que em outros processos de cozimento; a gordura do leite é transformada em bolinhas gigantes; elementos vitais como a vitamina C – por exemplo, no suco de laranja esterilizado em microondas, o que é comum – ou o ácido fólico são destruídos ou degradados.

Durante os milhões de anos da história da evolução, o ser humano nunca teve contato com esse tipo de alimentação, que passa a agir em seu organismo como veneno. Isto foi constatado em pesquisas minuciosas que mostraram os efeitos do alimento feito no forno de microondas sobre o ser humano. Os alimentos aquecidos, degelados ou cozidos no microondas causaram alterações no sangue: diminuição das taxas de hemoglobina e dos linfócitos (células que defendem o organismo contra doenças). Essas alterações indicam o início de um processo mórbido. Essas mesmas alterações também aparecem no início de um processo cancerígeno. Além disso, foi comprovado que alimentos feitos no forno de microondas transmitem a vibração nociva da microonda ao organismo de quem os consome. Assim, podem aparecer lesões semelhantes àquelas que conhecemos, quando ocorre irradiação direta por microondas. Ainda que os aparelhos de microondas tivessem vedação perfeita – o que não têm – a radiação nociva produzida seria transmitida ao ser humano.

Na literatura científica, aparecem inúmeros casos de lesões por microondas. O pesquisador Kas, da Universidade de Munique, Alemanha, constatou, por exemplo, que microondas afetam as funções cerebrais; Levengood comprovou mutações genéticas; Thomas alertou, na Revista Médica Alemã, contra os efeitos nocivos das microondas no sistema nervoso central; o pesquisador norte-americano Knes mostrou que as microond! as podem provocar descolamento da retina etc.

Na Alemanha e na Suíça formaram-se grupos que protestam contra a instalação de novas torres de transmissão de comunicação, planejada pelo Correio, em regiões densamente habitadas. São bem conhecidos os danos nas florestas ao redor da emissora, provocados pela radiação de microondas. Com as novas emissoras, esses danos iriam atingir diretamente a população.

Ninguém vai ficar doente se comer uma vez ou outra um prato pronto do microondas. Mas quem faz isto com freqüência, durante anos e anos, vai arruinando a sua saúde. Mesmo sem o uso do microondas, os pratos prontos congelados são a pior coisa que se pode imaginar do ponto de vista de uma alimentação saudável. Estes pratos praticamente não contêm nenhum elemento vital, mas são repletos de todo tipo de aditivos químicos nocivos. Esse tipo de alimentação enfraquece o sistema imunológico e a vitalidade – as pessoas não têm energia para trabalhar, ficam cansadas e, por fim, doentes.

O governo e as indústrias naturalmente contestam os riscos do forno de microondas. Entretanto, precisamos levar a sério os insistentes alertas de pesquisadores independentes. A saúde é o maior tesouro e depende essencialmente da alimentação saudável, preparada com produtos frescos. Aumentar a quantidade de frutas frescas e maduras, de saladas e alimentos crus é muito útil quando não podemos cozinhar durante o dia.  Não há nada melhor para a saúde, pois o alimento cru possui toda a vitalidade que a célula obtém da luz do sol. Sua vibração corresponde ao quarteto de cordas do início deste artigo. As microondas, porém, destroem a vitalidade.

(*) Fonte: Lebenskunde-Magazin, maio de 1992.

(1) Veja artigo de B.H. Blanc e H.V. Hertel “Tire as mãos do microondas”, ComTAPS nº 10. (Publicado em ComTAPS nº 17. p. 13-14.)

Fonte: Pandavas.org.br

As provas dos Perigos dos Microondas

Milhões de pessoas estão na ignorância, sacrificando sua saúde em troca da conveniência dos fornos a microondas.

Quem inventou os fornos a microondas e por que? As respostas para estas perguntas podem induzir-lhes a jogar no lixo o seu forno.

Mais de 90% dos lares e restaurantes usam fornos microondas para preparar refeições, pois, estes são muito convenientes e eficazes para economizar tempo e energia, se comparados aos fornos convencionais.

Naturalmente, se os fornos microondas fossem realmente nocivos, nossos governantes não permitiriam que fossem vendidos, ou permitiriam?

Apesar do que “oficialmente“ foi divulgado sobre os fornos microondas, pouco estudo científico foi realizado no mundo. Pela ilusória “vantagem” de tempo em um mundo cada vez mais rápido, nós deixamos de usar os nossos tradicionais fogões a gás para entrarmos definitivamente na nova era do microondas, onde os resultados são catastróficos.

A finalidade deste relatório é mostrar provas e evidências de que o cozimento em microondas não é natural, nem saudável e é muito mais perigoso para o corpo humano que se pode imaginar. Entretanto, os fabricantes de fornos microondas, os políticos, e a simples natureza humana estão suprimindo os fatos e evidências. Por isso, as pessoas continuam a usar as microondas para cozinhar seus alimentos – em total ignorância – sem conhecer os efeitos e o perigo desta prática.

Como funcionam os fornos a microondas?

As microondas são uma forma de energia eletromagnética, como ondas de luz ou ondas de rádio e ocupam uma parte do espectro da força eletromagnética. Microondas são ondas muito curtas da energia eletromagnética que viaja à velocidade da luz (186,282 milhas/seg).

ONDAS DE ESPECTRO ELETROMAGNÉTICAS

Imagem ao lado corresponde a Espectro Eletromagnético

O espectro eletromagnético abrange um amplo intervalo de comprimentos de onda e freqüências, indo desde ondas muito longas e conseqüentemente baixas freqüências – ondas rádio – passando pelas ondas infravermelho e ondas de luz visível até chegar a freqüências muito altas (o que corresponde a comprimentos de ondas curtas) dos raios gama e raios X.

As freqüências mais baixas – comprimentos de onda mais longos – produzem a cor vermelha enquanto que as freqüências mais altas – comprimentos de onda mais curtos – produzem a cor violeta. Aqueles comprimentos de onda que caem em algum lugar entre estes dois pontos produzem as cores laranja, amarelo, verde, e azul que também são encontradas na região do visível dos espectros eletromagnéticos.

Na nossa atual idade tecnológica, as microondas são usadas para coligar longas distâncias de sinais telefônicos, televisivos e informações em todo o mundo ou em satélites no espaço. Mas, a microonda mais familiar para nós é a energia utilizada para cozinhar alimentos.

Cada forno a microondas possui um magnetron, um tubo em que os elétrons são afetados pelo campo eletromagnético de tal maneira que produza uma radiação com um micro comprimento de ondas, cerca 2.450 Mega Hertz (MHz) ou 2,45 Giga Hertz (GHz).

A microonda interage com as moléculas dos alimentos. Cada onda de energia muda a sua polaridade de positiva para negativa em cada ciclo da onda. Em microondas, estas mudanças de polaridade acontecem milhões de vezes a cada segundo. As moléculas dos alimentos – especialmente as moléculas da água – possuem extremidades positivas e negativas como um íman que possui os pólos Norte e Sul.

Em modelos comerciais, o forno tem uma entrada de energia de aproximadamente 800~1000 watts de corrente alternada (DC). Enquanto estas microondas geradas pelo magnetron bombardeiam o alimento, elas fazem girar todas moléculas do alimento na mesma freqüência, milhões de vezes por segundo. Toda esta agitação de partículas moleculares cria uma fricção molecular, a qual aquece os alimentos. Tal fricção também causa um elevado dano às moléculas por uma se atritar à outra, freqüentemente rasgando-as em partes ou deformando-as completamente. O nome científico para esta deformação é “isomerismo estrutural“.

Pela comparação, as microondas naturais do sol são baseadas nos princípios da pulsação da corrente contínua (DC) que não gera calor friccional; os fornos a microondas usam a corrente alternada (AC) gerando calor friccional. Um forno a microondas produz uma onda de energia pontiaguda com toda a potência que entra em somente uma estreita freqüência do espectro de energia eletromagnética.

Radiação = propagação de energia com ondas eletromagnéticas.

As radiações, conforme definição das terminologias da física, são “as ondas eletromagnéticas emitidas pelos átomos e moléculas de uma substância radioativa como conseqüência da deterioração nuclear“ – a radiação provoca a ionização – que ocorre quando um átomo neutro ganha ou perde elétrons. Em poucas palavras, um forno a microondas deteriora e altera a estrutura molecular dos alimentos com o processo de radiação eletromagnética.

Se os fabricantes tivessem, honestamente, dito a verdade e dado o nome correto a estes “fornos de radiação“, seria duvidoso que tivessem alcançado alguma venda. Mas, é exatamente o que um forno a microondas o é, ou seja um forno de radiação eletromagnética!!

Os fabricantes, interessados somente em lucros e interesses escusos e misteriosos, talvez em parceria com grandes laboratórios farmacêuticos, dizem que alimentos cozidos em fornos microondas não são irradiados (tratados com radiação).

Na verdade não existe distinção entre radiação e microondas, os dois processos são pensados para usar ondas de energia, diferindo apenas em intensidade. Nem o FDA, nem estudos oficiais realizados pelos órgãos governamentais provaram que o uso freqüente dos fornos a microondas é nocivo, mas, todos nós sabemos que a validade dos estudos pode ser – e são muitas vezes propositalmente – limitados. Muitos destes estudos foram mais tarde provadamente considerados distorcidos ou omitidos.

Como consumidores, nós temos que ter bom senso para usar e julgar. Então, em quem devemos confiar e qual critério devemos usar para decidir as questões referentes à nossa saúde?

Desde quando foi publicado que as ondas dos fornos a microondas não se propagam no meio ambiente, quando adequadamente usados e com um design aprovado. Curioso é que apesar de toda esta segurança proposta, é terminantemente proibido a pessoas que usam marcapasso ficarem expostas até 5 metros próximas de um forno microondas em funcionamento.

Os instintos maternos são corretos

Muitos pessoas vieram de uma geração onde as mães e avós não confiam no moderno sistema de microondas de cozimento “às avessas“, isto é, cozimento de dentro para fora – que elas afirmam “não ser apropriado“ para os alimentos. Algumas mães recusam-se intuitivamente a cozinhar coisas num microondas. Também não apreciam o gosto de alimentos de microondas.

O bom senso e instintos maternos lhe disseram que não havia nenhuma forma de cozimento em microondas que poderiam ser natural enquanto o gosto de alimentos são alterados.

As microondas são perigosas para o leite dos bebês

Grande número de advertências foi feito publicamente, mas, mal divulgados ou abafados. Por exemplo, o serviço de extensão da Universidade do Minessota, publicaram o seguinte estudo em 1989:

O aquecimento da mamadeira num microondas pode provocar leves mudanças no leite.

Nas papinhas infantis ou em qualquer outro alimento, pode haver uma perda de algumas vitaminas ou inversão de sua estrutura química e molecular, transformando algumas enzimas. No leite materno algumas propriedades protetoras podem ser destruídas ou igualmente invertidas quando aquecidas no microondas, como vimos acima, esta inversão molecular de vitaminas, proteínas ou enzimas, bem como, em toda sua estrutura se dá pelo isomerismo estrutural.

A Dra. Lita Lee do Hawai relatou em 9-dezembro-1989 na revista Lancet:

“Alguns alimentos para bebês, aquecidos em fornos microondas, converteram alguns trans-aminoácidos em cis-isomeros sintéticos e alteraram estes cis-isomeros sintéticos. Os cis-aminoácidos ou trans-acidos graxos podem ser ou não ser biologicamente ativos. Ainda, um dos aminoacidos, a l-prolina, foi convertida em d-isomero, que sabemos que é neurotóxico (altamente venenoso para o sistema nervoso) e nefrotóxico (venenoso para os rins).

Indiscutível dizer o resultado que tais tóxicos podem provocar não só em bebês a serem alimentados com alimentos aquecidos em microondas, mas, para qualquer um que se utilize o Aparelho, pois, dependendo da formulação alimentar e de suas cadeias atômicas, minerais e biológicas os alimentos originais podem se transformar em substâncias completamente diferentes das pré-aquecidas pelo Aparelho, tornando-se uma verdadeira bomba dentro da célula humana.

“O sangue pré-aquecido com microondas mata o paciente”.

Em 1991, havia um processo judicial em Oklahoma relativo ao uso hospitalar de um forno a microondas para pré-aquecer o sangue usado em transfusões. O caso envolveu uma paciente de cirurgia nos quadris, Norma Levitt, que morreu por uma simples transfusão de sangue. Parece que a enfermeira tinha aquecido o sangue num forno microondas. Houve grande repercussão com esta tragédia.

O sangue para transfusões é habitualmente pré-aquecido, mas, não em fornos a microondas. No caso da Sra. Levitt, o pré-aquecimento num forno microondas alterou completamente a estrutura sanguínea, muito provavelmente eliminando glóbulos brancos, hemáceas, endobiontes, enfim, destruindo esta estrutura que não pode ser assimilada pelo organismo da paciente.

É obvio que esta forma de “radiação de calor“ microondico traz alguma alteração nas substâncias que aquece. Por nosso corpo ser eletroquímico de natureza, qualquer força que quebre ou altere o equilíbrio eletroquímico pode afetar a saúde do corpo celular eletrônico. Isto é, também descrito no livro de Robert O. Becker, “O corpo elétrico“, e no livro de Ellen Sugarman – “Cuidado, a eletricidade em torno a você pode ser perigosa para a sua saúde“.

Fatos e evidências científicas

Num estudo comparativo entre alimentos preparados em fornos convencionais com os preparados em fornos a microondas, publicado por Raum e Zeitem 1992, em 3(2): 43, declara:

“Uma hipótese básica da medicina natural afirma que a introdução no corpo humano de moléculas e energias, das quais ele não está acostumado, traz maior probabilidade de causar o mal que o bem, logo, quando temos moléculas alteradas por campos de energia eletro eletrônicas estas podem modificar o comportamento de assimilação das mesmas”.

Uma demonstração clara neste sentido são os alimentos contaminados por radiação microondica, os seus efeitos são transferidos para as células e estas se contaminam.

Alimentos expostos à radiação microondica contém muitas moléculas de energias que não estão presentes em alimentos cozidos com os métodos tradicionais, como sempre foi feito desde a descoberta do fogo.

A energia de calor do sol e outros astros são baseados na corrente contínua. O calor das microondas produzidas artificialmente, incluindo aquela dos fornos, são produzidas pela corrente alternada e força a reversão de polaridade + e – bilhões de vezes ou mais, por segundo, nas moléculas dos alimentos em que elas vibram. A produção de moléculas anormais é inevitável com essa violenta vibração. Uma simples compreensão comparativa; no forno tradicional é como se você colocasse milhões de moléculas para serem aquecidas muito lenta e gradualmente, com giro sincronizado das moléculas, onde elas seriam agitadas muito lentamente, estabelecendo uma ordem uniforme de aquecimento, já no microondas, todo este processo é inexistente, as moléculas são simultaneamente e abruptamente agitadas à velocidade da luz.

Naturalmente podemos observar os aminoácidos sofrerem uma mudança isomérica (mudanças na forma morfológica) bem como, a transformação na forma tóxica sob a vibração dura e antinatural produzidas nos fornos microondas.

Um estudo de curta duração encontrou significantes e distorcidas mudanças no sangue de indivíduos consumidores de leite e vegetais preparados em microondas. Oito voluntários comeram várias combinações dos mesmos tipos de alimentos, porém, cozidos por processos diferentes. Todos os alimentos que foram preparados em fornos a microondas provocaram mudanças no sangue dos voluntários. O nível da hemoglobina diminuiu e além disso, o nível dos glóbulos brancos e o nível do colesterol aumentaram. O nível de linfócitos também diminuiu.

Uma bactéria luminescente (que emite luz) foi empregada para detectar mudanças energéticas no sangue. Significantes aumentos foram encontrados na luminescência desta bactéria quando foi exposta ao soro sanguíneo obtido após o consumo de alimentos preparados nos fornos microondas“.

Os estudos clínicos suíços

O Dr. Hans Ulrich Hertel, que hoje é aposentado, trabalhou como cientista em alimentação por muitos anos numa das maiores companhias suíças do business de alimentação de escala global. Há poucos anos, ele foi demitido do seu trabalho porque questionou certos processos de preparação artificial dos alimentos.

Em 1991, ele e um prof. Universitário de Lausanne, na Suíça, publicaram uma pesquisa afirmando que alimentos preparados em fornos microondas podem conter riscos muito maiores para a saúde que alimentos preparados pelos métodos convencionais. Outro artigo também apareceu na edição n° 19 da revista Franz Weber na qual foi declarado que o consumo de alimentos cozidos em microondas teria efeitos cancerígenos no sangue. Na capa da revista havia um desenho da morte que segurava um forno microondas numa das mãos (ao invés da tradicional foice).

O Dr. Hertel foi o primeiro cientista a conceber e executar um estudo clínico de qualidade sobre os efeitos que os alimentos preparados com microondas causam no sangue e na fisiologia do corpo humano. Seu estudo, pequeno, mas muito bem controlado, mostrou as forças degenerativas produzidas em fornos microondas nos alimentos neles preparados. A conclusão científica mostrou que cozimentos microondicos alteram os nutrientes nos alimentos; e, também alteraram o sangue dos participantes, o que poderia causar deterioração no sistema do corpo humano. O estudo científico de Hertel foi feito junto com o Dr. Bernard H. Blanc do Instituto Federal de Tecnologia Suíço e o Instituto Universitário para a Bioquímica.

Em intervalos de dois a cinco dias, os voluntários no estudo recebiam uma das seguintes variedades de alimento com o estômago vazio:

1) leite puro;
2) o mesmo leite puro, fervido com o sistema tradicional;
3) leite pasteurizado;
4) o mesmo leite puro, fervido num forno microondas;
5) verduras cruas de produção biológica;
6) verduras de produção biológica cozidas com o sistema tradicional;
7) verduras biológicas congeladas e depois descongeladas num forno microondas e,
7) as mesmas verduras cozidas num forno a microondas.

Uma vez que os voluntários foram isolados, foram retiradas amostras do sangue de cada voluntário antes que comessem os alimentos. Depois eram retiradas as amostras de sangue em intervalos regulares após o consumo do leite e verduras descritos acima.

Mudanças significativas foram descobertas nas amostras de sangue colhidas nos intervalos após a ingestão dos alimentos cozidos em fornos microondas. Estas mudanças incluem a diminuição de todos os valores das hemoglobinas e do colesterol, especialmente a proporção dos valores do HDL (colesterol bom) e LDL (colesterol ruim). Os linfócitos (glóbulos brancos) mostraram uma distinta diminuição à curto prazo após a ingestão de alimentos preparados com microondas se comparada à ingestão de todas as outras variedades de cozimento.

Adicionalmente, havia uma alta e significante associação entre a quantidade de energia microondica existentes nos testes dos alimentos e a força luminosa da bactéria luminescente exposta ao soro do sangue das pessoas que haviam ingerido alimento microondica. Isto conduziu o Dr. Hertel à conclusão de que tal técnica de energias microondica pode, de fato, passar para o homem por indução, através da ingestão de alimentos feitos com microondas.

Segundo o que diz o Dr. Hertel

“As alterações diárias de leucocitose não podem ser consideradas normais e são levadas muito a sério pelos hematologistas”.

Os leucócitos são freqüentemente sinais de efeitos patogênicos em nosso organismo, tais como envenenamento e danos celulares. O grande aumento dos leucócitos com os alimentos feitos com microondas eram mais evidente que com todas as outras variedades de cozimento. E parece que estes aumentos eram causados inteiramente pela ingestão de substancias afetadas com microondas.

Este processo é baseado em princípios físicos e já foi confirmado pela literatura. A aparente energia adicional exibida pela bactéria luminescente foi meramente uma confirmação extra.

Existe na literatura científica, extensivo estudo concernente aos perigosos efeitos da exposição direta da radiação microondica incidindo sobre os organismos vivos. Surpreende, portanto, compreender que somente um pequeno esforço foi feito para denunciar esta técnica prejudicial das microondas.

Átomos, moléculas e células golpeados por esta radiação eletromagnética são forçados a uma reversão de polaridade 1-100 bilhões de vezes ao segundo. Não existe átomos, moléculas ou células de qualquer sistema orgânico capaz de resistir a uma tão violenta e destrutiva força por qualquer período de tempo, nem mesmo com uma baixa intensidade de energia de milliwatts.

De todas as substancias naturais – que são polares – o oxigênio das moléculas da água reagem mais sensivelmente. É assim que o calor do cozimento com microondas é gerado – a violência desta fricção nas moléculas da água dividem sua estrutura.

Logo, estas moléculas são divididas e deformadas pelo uso da força vibracional, chamada de isomerismo estrutural (conforme descrito acima), e assim torna nociva a sua qualidade. Isto é o contrário para o aquecimento convencional dos alimentos, onde o calor é lentamente transferido convencionalmente de fora para dentro. O cozimento por microondas começa abruptamente de dentro das células e moléculas onde a água é presente e onde a energia é transformada em calor friccional.

Além dos efeitos violentos do calor friccional, chamados efeitos térmicos, existem também os efeitos atérmicos que quase nunca são levados em consideração. Estes efeitos atérmicos não são atualmente mensuráveis, mas, eles podem também deformar a estrutura das moléculas e gerar grandes conseqüências moleculares, como por exemplo, o enfraquecimento das membranas celulares pelas microondas que é usado no campo da tecnologia de alteração dos gens. Por causa da força envolvida, as células são realmente quebradas, por meio da neutralização do potencial elétrico – verdadeira vida das células – entre os lados interno e externo das membranas celulares. As células despedaçadas ou enfraquecidas se transformam em presas fáceis para invasão de vírus, fungos e tantos outros microorganismos. Os mecanismos naturais de reparo e defesa são suprimidos e as células são forçadas a adaptarem-se a um estado de emergência de energia – elas trocam respiração aeróbica para uma respiração anaeróbica. Em vez de água e dióxido de carbono, as células envenenadas produzem peróxido de hidrogênio e monóxido de carbono“, significando um total envelhecimento prematuro das células pelos radicais livres, advindos do peróxido de hidrogênio e monóxido de carbono.

As mesmas deformações violentas que ocorrem em nossos corpos, quando somos expostos diretamente aos radares, torres de celulares ou microondas, também ocorre nas moléculas dos alimentos cozidos em fornos a microondas, funciona como um efeito holográfico, uma pequena parte do todo reflete o todo inteiro, quando atingido por um raio laser. Esta radiação provoca a destruição e a deformação das moléculas dos alimentos. Usando microondas também se cria novos e desconhecidos compostos chamados “compostos radiolíticos“, os quais ainda são desconhecidas suas funções e ainda dificilmente encontrados na natureza.

Compostos radioliticos são criados pela decomposição molecular ou decadência, como um resultado direto da radiação das microondas.

Os fabricantes de fornos microondas insistem, porém, não conseguem provar, que os alimentos expostos às microondas (irradiados)  não possuem nenhum aumento significativo dos compostos radiolíticos, quando comparados com alimentos cozidos com as formas convencionais.

A evidência clinico-cientifica apresentada aqui mostra que isto é simplesmente uma mentira. Nos EUA, nem as universidades nem o governo federal conduziram até hoje, qualquer teste referente aos efeitos em nossos corpos provocados pela ingestão de alimentos feitos em microondas. Não é “estranho“? Por trata-se de um país eminentemente estatístico! Eles estão mais empenhados em estudos técnicos como, por exemplo, o que acontece se a porta de um forno a microondas não fecha perfeitamente.

Uma vez mais, o bom senso nos diz que suas atenções deveriam ser voltadas para o que acontece dentro dos alimentos cozidos em microondas, uma vez que as pessoas ingerem alimentos alterados, os pesquisadores naturalmente deveriam estar mais interessados em pesquisar como estas moléculas alteradas, decadentes e destruídas poderiam afetar a nossa própria estrutura biológica celular humana!!

A ação das indústrias

Tão logo quanto os Drs. Hertel e Blanc publicaram seus resultados, as autoridades reagiram ferozmente. Uma poderosa organização comercial, a Associação Suíça dos Distribuidores de Eletrodomésticos para Residências e Indústrias, também conhecido como FEA, atacaram os referidos estudos rapidamente em 1992.

Eles forçaram o presidente da corte de Seftigen, região de Berna, a emitir uma ordem “de amordaçar“ e calar os Drs. Hertel e Blanc. Em março de 1993, o Dr. Hertel foi condenado por “interferir com o comércio“ e proibido de publicar suas pesquisas. Entretanto, o Dr. Hertel manteve sua opinião e combateu esta decisão por muitos anos.

Há cinco anos, esta decisão foi invertida num julgamento entregue em Strasburgo, em 25/08/1998. A corte Européia dos Direitos Humanos considerou que havia uma violação dos direitos de Hertel, na decisão de 1993. Esta corte também determinou que a “ordem de amordaçar“ emitida pela corte suíça em 1992 contra o Dr. Hertel, proibindo-o de declarar que os fornos a microondas são perigosos para a saúde humana, era contrária aos direitos de liberdade de expressão. Além disso, a Suíça foi obrigada a pagar uma indenização ao Dr. Hertel.

Quem inventou os fornos a microondas?

Os cientistas nazistas, para usar nas suas operações de apoio móvel, originariamente desenvolveram fornos “radioemissores“ para cozimento a microondas, usados para a invasão da Rússia.

Por ser capaz de utilizar um equipamento eletrônico para a preparação de refeições em larga escala, o problema logístico de combustível para cozinhar teria sido eliminado, assim como a conveniência de preparar produtos comestíveis em pouquíssimo tempo.

Após a guerra, os aliados descobriram uma pesquisa médica feita pelos nazistas  sobre os fornos microondas. Estes documentos, juntos com alguns trabalhos em fornos microondas, foram transferidos ao Departamento de Guerra Americano e classificados para referência e “suplementar investigação científica“.

Os russos também tinham recuperado alguns fornos a microondas e então havia uma pesquisa completa sobre seus efeitos biológicos. Como resultado, seu uso foi proibido na União Soviética. Os soviéticos emitiram um alerta internacional sobre os riscos para a saúde, tanto biológico como ambiental dos fornos microondas e similares freqüências de outros engenhos eletrônicos.

Outros cientistas da Europa Oriental também relataram os perigosos efeitos da radiação microondica e fixaram um preciso limite ambiental para seu uso. Os E.U.A. não aceitaram o relatório Europeu sobre os efeitos perigosos por, obviamente, analisarem o tamanho do “busines” que este produto e tecnologias similares (torres de comunicações, WI-FI etc) traria ao PIB americano, uma vez que esta é a única linguagem que rege os negócios naquele país, ou seja, “money”. Apesar disso o EPA estima que as freqüências de radio e as fontes de radiação microondica nos E.U.A. aumentam 15% ao ano, paradoxalmente eles mesmos e outros ao redor do mundo estão se envenenando frequencialmente.

Carcinógenos nos alimentos feitos com microondas

No livro da Dra. Lita Lee “Efeitos das Radiações de Microondas na Saúde – Os Fornos a Microondas” e nas edições de março e setembro/1991 da revista “Earthletter“, ela declara que todo forno microondas transmite radiação eletromagnética, que é nocivo para os alimentos e transforma as substancias nele preparadas em perigosos organismos tóxicos e produtos carcinogênicos. Pesquisas suplementares resumidas neste artigo revela que os fornos microondas são muito mais perigosos do que era previamente imaginado.

A seguir temos um sumário das investigações soviéticas publicadas pela Atlantis Raising Educational Center em Portland, Oregon.

Carcinógenos foram formados em praticamente todos os alimentos testados. Nenhum alimento testado foi exposto às microondas por um tempo maior do que o necessário para realizar o propósito, isso é, cozinhar, descongelar ou aquecer normalmente os alimentos para assegurar uma ingestão sanitária. Aqui está um resumo de alguns dos resultados:

  • o tratamento com microondas de preparados à base de carne apenas o suficiente para a normal ingestão, causou a formação de D-nitrosodienthanolaminas, bem conhecidas como carcinógeno.
  • O leite e os cereais aquecidos com microondas converteram alguns de seus aminoácidos em carcinógenos.
  • Descongelando frutas congeladas converteram o seu conteúdo de glucose e galactose em substancias carcinógenas.
  • Uma exposição extremamente curta de verduras cruas, cozidas ou congeladas converteu o alcaloide presente nas verduras em carcinógenos.
  • Radicais livres carcinogênicos foram formados em plantas expostas às microondas, especialmente raízes vegetais.

Diminuição do valor nutricional

Pesquisadores soviéticos também relataram uma acentuada aceleração da degradação estrutural levando a uma diminuição do valor nutritivo do alimento de 60 a 90% em todos os alimentos testados. Entre as mudanças observadas estavam:

* Diminuição da bio-disponibilidade das vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina E, minerais essenciais e fatores liotrópicos em todos os alimentos testados.

* Várias espécies de danos para muitas substâncias das plantas, tais como alcalóides, glucoses, galactoses e nitrilosides.

* A degradação das núcleo-proteínas nas carnes.

A descoberta da doença das microondas

Os soviéticos pesquisaram milhares de trabalhadores que foram expostos às microondas durante o desenvolvimento dos radares em 1950. Suas pesquisas mostraram seríssimos problemas para a saúde que os soviéticos fixaram um estreito limite de 10 microwatts de exposição para os trabalhadores e 1 microwatt para os cidadãos.

No livro de Robert O. Becker, “O Corpo Elétrico“, ele descreveu a pesquisa Russa sobre os efeitos para a saúde da radiação microondica, às quais, ele chamou “doença das microondas“. Na pagina 314, Becker declara:

“Os primeiros sintomas (da doença provocada pelas microondas) são baixa pressão arterial e baixa pulsação cardíaca. Posteriormente, as manifestações mais comuns são: excitação crônica do sistema nervoso simpático (síndrome de stress) e alta pressão sanguínea. Nesta fase, também se incluem freqüentemente: dores de cabeça, tonturas, dor nos olhos, insônia, irritabilidade, ansiedade, dores no estomago, tensão nervosa, dificuldade de concentração, perda de cabelos, além do aumento de incidência de apendicites, catarata, problemas nos órgãos reprodutivos e câncer. Os sintomas crônicos são eventualmente sucedidos pelas crises de exaustão das glândulas supra-renais e doença isquêmica do coração (o bloqueio das artérias coronárias e ataques cardíacos)“.

Segundo o Dr. Lee, mudanças são verificadas nos componentes químicos do sangue e no índice de certas doenças entre consumidores de alimentos tratados com microondas. Os sintomas acima podem ser facilmente causados pelas observações mostradas abaixo.

Os seguintes são amostra destas mudanças:

  • Desordens linfáticas foram observadas, indicando a diminuição da capacidade de prevenir certos tipos de câncer;
  • Aumento do índice de formação de células cancerígenas foi observado no sangue;
  • Aumento do índice de câncer no estomago e intestinos foi observado;
  • Elevados índices de desordens digestivas e um gradual colapso dos sistemas de eliminação foram observados.

Conclusões sobre a pesquisa das microondas

A seguir estão as mais significantes pesquisas nazistas e soviéticos sobre a capacidade de ação referente aos efeitos biológicos das microondas:

A pesquisa inicial conduzida pelos nazistas durante a campanha militar de Barbarossa, para a Humbolt-Universitat em Berlim (1942-43); e a
de 1957 até hoje (até o fim da guerra fria).

As operações de pesquisas soviéticas foram conduzidas por:

Instituto de radio tecnologia em Kinsk, região autônoma da Bielorussia; e no instituto de radio tecnologia em Rajasthan na região autônoma de Rossiskaja, ambos na União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Em muitos casos, os alimentos usados para a análise da pesquisa foram expostos à propagação de microondas num potencial energético de 100 kilowatts/cm3/seg., o ponto considerado aceitável para uma normal sanitária ingestão. Os efeitos verificados pelos pesquisadores soviéticos e nazistas são apresentados em três categorias:

Categoria I – Efeitos que causam o Câncer
Categoria II – Destruição Nutritiva dos Alimentos
Categoria III – Efeitos Biológicos da Exposição

Categoria I

EFEITOS QUE CAUSAM O CANCER

(Os primeiros dois pontos da categoria I estão misteriosamente ilegíveis nas cópias dos nossos relatórios. O restante do relatório é integro.)

3 – Criação de um efeito ligado com a radioatividade, podendo causar um significante aumento no total de saturação das partículas Alfa e Beta dos alimentos.

4 – Criação de agentes causadores do câncer nos componentes das proteínas hidrolisadas, no leite e grãos de cereais (estas são proteínas naturais, pois, são divididas em fragmentos artificiais pela adição de água);

5 – Alteração das elementares substancias alimentares provocando desordens no sistema digestivo pelo instável catabolismo dos alimentos, realizados nas células, quando expostas às microondas (o colapso do processo metabólico);

6 – Devido às alterações químicas, dentro das substancias dos alimentos, ocorrem disfunções que foram observadas dentro do sistema linfático (vasos absorventes) causando a degeneração do potencial de imunização do corpo para proteger contra certas formas de neoplasias (crescimento anormal dos tecidos);

7 – A ingestão de alimentos preparados em fornos a microondas causou uma alta no percentual de células cancerígenas dentro do soro do sangue (citomas – células tumorais tais como sarcoma);

8 – Emissões de microondas causaram alterações no comportamento metabólico (colapso metabólico) dos elementos da glucoside (dextrose hidrolisada) e galactoside (álcool oxidado) nas frutas congeladas quando foram descongeladas desta maneira;

9 – A emissão de microondas causou alterações do comportamento catabólico (colapso do metabolismo) dos alcalóides das plantas (elementos base do nitrogênio orgânico) quando verduras, cozidas ou cruas foram expostas a estas, mesmo que por uma duração extremamente curta.

10 – Radicais livres causadores do câncer (moléculas incompletas altamente reativas – oxidantes das funções celulares) foram formadas dentro de alguns resíduos minerais de formações moleculares e em particular, raízes vegetais cruas; e,

11 – Estatisticamente num elevado percentual de pessoas, os alimentos feitos com o uso de microondas causaram o desenvolvimento de câncer no estomago e nos intestinos, bem como, uma degeneração generalizada dos tecidos celulares periféricos, com um gradual colapso dos sistemas digestivo e excretor.

Categoria II

DIMINUIÇÃO DO VALOR NUTRITIVO DOS ALIMENTOS

A exposição às microondas provocou significantes diminuições no valor nutritivo de todos os alimentos pesquisados. À seguir estão as mais importantes descobertas:

1 – Uma diminuição na bio-disponibilidade (capacidade do corpo para utilizar os nutrientes à nível celular) das vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina E, minerais essenciais e lipotrópicos em todos os alimentos;

2 – Uma perda de 60 a 90 % do conteúdo do campo de energia vital em todos os alimentos testados;

3 – Uma redução no comportamento metabólico e na capacidade do processo de integração dos alcalóides (elementos básicos do nitrogênio orgânico), glucoses, galactoses e nitrilosidos;

4 – Uma destruição do valor nutritivo das núcleo-proteínas das carnes;

5 – Uma acentuada aceleração da desintegração estrutural em todos os alimentos.

Categoria III

EFEITOS BIOLÓGICOS DA EXPOSIÇÃO

A exposição às emissões de microondas também teve um efeito negativo imprevisível no total bem-estar biológico humano. Este conhecimento só foi possível e disponibilizado quando os soviéticos realizaram experimentos com equipamentos altamente sofisticados e descobriram que um ser humano não deve ingerir as substancias preparadas com microondas. A regular exposição aos campos energéticos era suficiente para causar efeitos tão adversos que o uso de qualquer aparelho de microondas foi proibido em 1976, por lei, na União Soviética.

Os seguintes efeitos são enumerados:

1 – Colapso do “campo de energia vital“ humana naqueles que foram expostos às radiações dos fornos a microondas enquanto funcionavam, com efeitos colaterais ao campo de energia humano aumentados pela longa duração.

2 – Uma degeneração dos paralelos da voltagem celular durante o processo de uso do aparelho, especialmente no sangue e áreas linfáticas;

3 – Uma degeneração e a desestabilização dos potenciais externos de energia ativada da utilização dos alimentos dentro dos processos do metabolismo humano;

4 – Uma degeneração e a desestabilização do potencial da membrana celular, enquanto o processo de transferência catabólica (colapso metabólico) no soro do sangue do processo digestivo.

5 – Degeneração e colapso dos impulsos elétricos nervosos dentro dos potenciais de junção do cérebro (a porção frontal do cérebro onde reside o pensamento e funções essenciais);

6 – Degeneração e colapso do circuito elétrico nervoso e perda dos campos de energia simétrica nos neurotransmissores (centros do nervo) ambos na frente e fundos do sistema nervoso autônomo;

7 – Perda de equilíbrio e rotação da força bioelétrica dentro do sistema ativado de ascendência reticular (o sistema que controla a função da consciência);

8 – Uma perda cumulativa a longo prazo de energia vital nos seres humanos, animais e plantas que foram estudados num raio de 500 metros do equipamento operacional;

9 – Efeitos residuais de longa duração dos “depósitos“ magnéticos foram localizados por todo o sistema nervoso e sistema linfático.

10 – Uma desestabilização e interrupção na produção dos hormônios e na manutenção do equilíbrio hormonal em machos e fêmeas;

11- Níveis notavelmente altos de distúrbios nas ondas cerebrais Alpha, Theta e padrões do sinal de onda Delta de pessoas expostas aos campos de emissão de microondas, e;

12 – Por causa destes distúrbios das ondas cerebrais, os efeitos psicológicos negativos foram verificados incluindo a enfraquecimento da memória, perda da capacidade de concentração e rebaixamento do limite emocional, desaceleração do processo intelectivo e episódios de interrupção do sono num percentual estatisticamente elevado em indivíduos sujeitos à exposição contínua aos efeitos dos campos de emissão dos aparelhos de microondas, tanto em aparelhos para cozinhar e em estações de transmissões de telecomunicação.

Conclusões das pesquisas legais

Das vinte e oito indicações enumeradas precedentemente, o uso dos aparelhos a microondas é definitivamente desaconselhável; e, com a decisão das autoridades soviéticas em 1976, a presente opinião científica em muitos países referente ao uso de tais aparelhos, sabe claramente suas conseqüências, devido principalmente ao problema do residual magnético e união dentro do sistema biológico do corpo (categoria III: 9), que pode por fim afetar irreversivelmente o sistema neurológico, principalmente o cérebro e neurotransmissores (centro do nervo). A longo prazo pode resultar a despolarização dos circuitos neuroelétricos, talvez o mal de Parkison possa ser um claro resultado da interferência microondica.

Estes efeitos, portanto, podem causar danos praticamente irreversíveis para a integridade neuroeléctrica de vários componentes do sistema nervoso (I.R. Luria, Novosibirsk 1975), a ingestão dos alimentos preparados em fornos microondas é claramente contra-indicada em todos os aspectos. Seus magnéticos efeitos residuais podem transformar os componentes do receptor psiconeural do cérebro mais suscetível a influencia psicológica pelas freqüências de radio artificiais induzidas nas microondas dos campos das estações de transmissão e de coligamentos das redes de televisão ou aparelhos de celulares.

A teoria da possibilidade da influência psico-telemétrica (a capacidade de afetar o comportamento humano pelas transmissões de sinais de rádio e freqüências controladas) foi sugerida pelas investigações neuropsicológicas soviéticas em Uralyera e Novosibirsk (Luria e Perov, 1974a, 1975c, 1976a) a qual, pode causar a conformação involuntária do campo de energia psicológico subliminar de acordo com o aparelho operativo de microondas.

FORENSIC RESEARCH DOCUMENT

Prepared By: William P. Kopp

A.R.E.C. Research Operations

T061-7R10/10-77F05
RELEASE PRIORITY: CLASS I R001a

Das conclusões dos estudos clínicos científicos dos Suíços, Soviéticos
e Nazistas, não podemos mais ignorar o forno a microondas em nossas cozinhas. Baseando-se nestas pesquisas podemos concluir com este artigo o seguinte:

1 – continuar comendo alimentos processados em fornos microondas causa a longo prazo permanentes danos cerebrais pelo curto-circuito dos impulsos elétricos no cérebro (despolarização ou desmagnetização do tecido cerebral).

2 – o corpo humano não pode metabolizar (decompor) os produtos desconhecidos criados nos alimentos feitos com as microondas.

3 – a produção dos hormônios masculinos e femininos diminui e/ou altera pela contínua ingestão de alimentos cozidos com microondas.

4 – os efeitos dos alimentos tratados com microondas é residual (a longo prazo ou permanente) dentro do corpo humano.

5 – os minerais, vitaminas e nutrientes de todo alimento feito com microondas são reduzidos, alterados ou destruídos em sua forma original, de modo que no corpo humano fica pouco ou nenhum benefício, o corpo humano absorve componentes alterados que não pode decompor.

6 – os minerais e cristais presentes nas verduras são alterados em cancerosos radicais livres quando cozidos em fornos a microondas.

7 – alimentos feitos com microondas causam o desenvolvimento de formas cancerosas no estomago e intestinos (tumores). Isto pode explicar o rápido aumento da taxa de câncer do colon, nos E.U.A e outros países desenvolvidos.

8 – a ingestão prolongada de alimentos tratados com microondas causa o aumento das células cancerígenas no sangue humano.

9 – a contínua ingestão de alimentos tratados com microondas causa uma deficiência do sistema imunológico pelo aumento de radicais livres na corrente sanguínea, através das glândulas linfáticas e alterações do soro sanguineo.

10 – comer alimentos preparados com uso de microondas, causa a enfraquecimento da memória, perda da concentração, instabilidade emocional e uma diminuição de inteligência.

O uso de transmissões artificiais de microondas (torres de transmisão) para um controle psicológico subliminar, também conhecido como “lavagem cerebral”, foi também provada. Estamos tentando obter cópias dos documentos das pesquisas Soviéticas de 1970 e os resultados escritos pelos Drs. Luria e Perov especificando seus experimentos clínicos nesta área.

por Anthony Wayne and Lawrence Newell http://www.healthfree.com

PENSE:

A quem pode interessar a disseminação do aparelho Forno Microondas??

– Se você respondeu que são as grandes empresas produtoras de eletrodomésticos, enganou-se, observe abaixo a lógica:

Microondas causa principalmente: DOENÇAS à quem está doente busca por remédios e tratamentos.

Quem fornece os remédios e tratamentos?? LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS.

Onde estão os maiores laboratórios farmacêuticos do mundo?

Quem controla os laboratórios farmacêuticos?

Logo, existem mãos misteriosas que controlam tudo, tudo gira em torno do dinheiro, controle e poder, nós somos cobaias vivas e quanto mais ignorantes permanecermos melhor para o Grande Império!

Fonte: Pontalenergetico.com.br

Aeroporto Internacional de Denver: Apocalipse Illuminati

Agora você vê a imagem do Denver International Airport (DIA), inaugurado em 1995 e dotado de uma arquitetura arrojada e futurista que, como o nome diz, está situado em Denver, no Colorado, em uma região central do Território Americano. Estranhamente, o antigo aeroporto que servia àquela Cidade, Stapleton, recebera ordens de desativação para que este fosse construído, ao custo de muitos bilhões de Dólares! Por isso, chamam esse complexo de “O aeroporto mais inconveniente da América”.

O custo inicial da obra era de 1.7 bilhões de dólares mas o projeto final elevou a conta para 4.8 bilhões de dólares: 3.1 BILHÕES de dólares acima do orçamento. Inúmeras irregularidades foram relatadas em relação ao local de construção:

– Diferentes empresas foram contratads para diferentes partes do aeroporto. Todos foram demitidos imediatamente à conclusão de cada trabalho. Isso leva os observadores a acreditar que foi uma estratégia para se ter certeza de que ninguém tinha um visual completo do projeto.

– 84 milhões m³ de terra foram removidos, muito mais do que o normal necessário. Isso levantou suspeitas da construção ser feita subterrânea.

– 8.500 km de fibra ótica foram instalados para comunicações (para comparação, os EUA de costa a costa tem 4.800km).

– Sistema de abastecimento que pode injetar 4.500 litros de combustível por minuto. Esse motnante é totalmente absurdo para um aeroporto comercial.

– Construção de um imenso sistema de túneis (caminhões podem circular nele) e trens subterrâneos. Muitos destes não estão sendo usados no momento.

Uma análise dos dados disponíveis me faz chegar a pelo menos uma conclusão: essa estrutura gigante é muito mais do que um aeroporto comercial comum. Ele tem capacidade para lidar com um grande montante de pessoas e veículos, levando os observadores a pensar que a estrutura possa ser usada como base militar  e outras coisas até mesmo como abringo nuclear para as elites em um futuro próximo.

Uma dessas teorias diz que o inusitado formato desse aeroporto, estamparia para o céu a imagem estilizada da cruz suástica nazista! Observe a imagem por satélite no Google Maps e tire as suas próprias conclusões.

Logo na sua entrada, uma imensa escultura recebe os visitantes: um magnífico cavalo azul empinado….

Cujos olhos brilham intensamente à noite! Algumas teorias dizem que isso representaria um dos cavalos do Apocalipse, conforme o Livro das Revelações da Bíblia…. Todavia, a nossa interpretação é outra: – aqui há um simbolismo muito evidente, porém velado: – quem é, ou foi, militar imediatamente o reconheceria! Um cavalo com as duas patas erguidas significa…. MORTE EM GUERRA!

Na foto, o artista e escultor Luiz Jimenez, o autor do “cavalo mágico” do Denver Airport – também conhecido naquela cidade como “O Cavalo Pálido do Apocalipse” – quando produzia o seu trabalho. Estranhamente, o artista morreu vítima de um inusitado acidente: – um bloco dessa obra despencou sobre sua cabeça e o matou! Seus amigos agora dizem que o cavalo é amaldiçoado.

O simbolismo dos gárgulas sempre foi um mistério. Ninguém pode realmente explicar a razão de suas presenças, especificamente em prédios religiosos. Serão eles restos de antigas crenças que nunca se foram? Por que essa criatura está sentado em cima da mala observando todos os passageiros?

Sem dúvida, um estranho aeroporto! Pois, também no piso do seu saguão, existem símbolos – simbolismos somente compreensíveis pelos Iniciados da maçonaria!…

Como, também, mensagens cifradas!…

Algo ainda mais estranho acontece por lá: – existem alguns túneis secretos, espalhados por Denver, que conduzem ao subsolo daquele misterioso aeroporto!….

Sim, pois a construção daquele aeroporto incluiu a abertura de profundos túneis e galerias, situados bem abaixo das suas instalações! Curiosamente, as várias empresas que construíram esse aeroporto o fizeram por etapas seletivas – ou seja, cada qual não tinha conhecimento do que a anterior fizera! Por que?

É certo que existe uma linha subterrânea pública de trens que parte desse aeroporto rumo ao metrô da cidade de Denver. Porém ela é a ÚNICA em operação – os demais túneis não têm a sua finalidade conhecida! E esse misterioso complexo de túneis secretos é inexpugnável, ninguém tem acesso a ele! E sabe-se que deles emana um alto nivel de energia eletromagnética desconhecida! Especulações dizem que ali estaria situada uma espécie de “arca de sobrevivência” de modo a ser utilizada pelas elites no caso de uma catástrofe planetária, ou outros eventos quaisquer.

Esse estranho mapa nos mostraria a existência de uma vasta rede desses túneis, partindo do subsolo do Denver Airport e atingindo vários outros Estados Norte-americanos!

É realmente perturbador, uma vez que em algumas área do seu piso de granito, há também a bizarra representação de RÉPTEIS!

Aqui, vemos um mural no Denver Airport, porém com acesso negado ao público e dotado de um simbolismo bastante estranho, porém muito revelador: – em destaque, vemos um dos símbolos dos Illuminati: um crânio humano com um olho central! Examinando-se mais atentamente os personagens retratados na cena, vemos – em meio a símbolos de morte e demônios – figuras lendárias e históricas tais como: Jesus Cristo, Jimmy Hendrix, Che Guevara, D’Artagnan, Joana D’Arc, e muitos outros – todos dominados pela força maligna, significando, portanto, a negação das coisas e o domínio dos Illuminati sobre o mundo!

Aqui, vemos um mural aberto ao público. Então o site oficial do aeroporto diz que o nome do mural é chamado “Paz e Harmonia com a Natureza”. Sério? No centro da pintura, crianças tristes com animais extintos e espécies de plantas. No fundo, uma floresta pegando fogo e mais para trás, uma cidade pegando fogo.

Uma das crianças segura um bloco Maia que significa o fim da civilização.

Note, também uma criança desolada que tenta proteger um animalzinho…..

Abaixo, podemos ver três caixões abertos com garotas mortas de diferentes culturas. Já sabemos que os militares da OTAN desenvolveram armas químicas e biológicas específicas para raças. Aqui o que o Project for New American Century (PNAC), define como política militar dos EUA:

“… a arte da guerra… será vastamente diferente do que é hoje…
‘combate’ ocorrerá em novas dimensões… formas avançadas de guerra biológica que pode atacar genótipos (raças) específicos podem transformar a guerra biológica de reino de terror a ferramenta de uso político.” Outros países também estão desenvolvendo armas desse tipo.

Caixão no qual repousa o corpo de uma menina! Parece que simboliza a morte das crenças Cristãs.

Quanto a esse mural, é talvez o mais assustador: – ele nos mostra seres humanos, perdidos, famintos, maltrapilhos e em penúria, saindo dos seus refúgios em cavernas e arrastando-se pela desolada face da Terra! Uma antevisão do nosso futuro?

Crianças do Mundo dos Sonhos de Paz

…. Uma visão consoladora: – um soldado atemorizante e cruel, o símbolo do sombrio poder, nefasto e cruel, que tentou devastar e conquistar o mundo, jaz morto – sobre o seu corpo inerte, a arma despedaçada, as pombas da paz acham-se triunfalmente pousadas!

Crianças de todas as nacionalidades, vestidas em fantasias folclóricas dão armas embrulhadas em bandeiras de seus países para um…. garoto? Sim, a fantasia dos Illuminati não deixa dúvidas. O garoto no centro da imagem, segurando um martelo e aparentemente forjando uma arma aparenta ser alemão. Até mesmo a criança Americana parece ávida para dar suas armas e a bandeira para o garoto. Isso obviamente representa países do mundo todo entregando seus poderes militares e suas identidades nacionais ao “bem comum”. Outra referência à Nova Ordem Mundial, com um governo e um exército. Mas porque esse garoto está no centro de tudo? Tem tantas alusões ao Nazismo neste aeroporto, que NÃO HÁ forma de ser coincidência. Não posso evitar de pensar na “Operation Paperclip”, que trouxe cientistas Nazistas proeminentes aos EUA depois da WWII.

Essa imagem é bastante expressiva!

O Mostro acordou!!! Esta figura militar está vestido um uniforme Nazista (note o símbolo de águia no chapéu) e uma máscara de gás. Suas mãos estão segurando um rifle e uma espada que está assassinando o pombo da paz. Na esquerda uma linha sem fim de mães chorando seus bebês mortos. Essa é verdadeiramente uma pintura abominável, sem mensagem alguma de moral ou redenção. O fato de que ela está sendo mostrada no portão principal do maior aeroporto dos EUA, é totalmente aberrante.

O monstro, protegido pela mascara de gás, esta apontando em direção à carta abaixo.

Essa carta foi supostamente escrita por Hama Herchenberg, de 14 anos de idade, que supostamente morreu no dia 18 de Dezebro de 1943 no Campo de Concentração de Auschwitz. Um pouco perturbador não acha ?…. Campo de concentrações, estão hoje sendo construídos em todo o território norte-americano pela FEMA (Agência Governamental de Gerenciamento Emergências) – assim como nos tempos do nazismo, e segundo denúncias, também dotados de câmaras de gás! Procure no google: Campos de Concentração da FEMA.

….. Desde os mais remotos tempos históricos – como foi o caso do Império Romano e mais modernamente no nazismo – através dos tempos o símbolo do poder repressivo e cruel – da imposição brutal da força!….

Todavia, o soldado nazista retratado no mural do Denver Airport torna-se bastante evidente: – exatamente como esses – verdes, militares especiais, dotados de máscaras – destinados à proteção das tropas contra ARMAS QUÍMICAS E BIOLÓGICAS! Contudo, aquele estranho soldado retratado no mural do Denver Airport não aparenta ser americano. Há detalhes que o diferenciam: – o primeiro deles é que a arma que porta é um rifle de assalto AK-47, de fabricação russa e largamente utilizado no Oriente Médio e China, como também por grupos terroristas e mercenários privados controlados por Illuminati. O segundo detalhe é que o soldado nazista retratado em Denver usa uma cimitarra com a qual trespassa a pomba da paz – outro detalhe que claramente o identifica com o Oriente!

Mas essa imagem, todavia, é o mais estranho e enigmático dos murais: – mostra símbolos cósmicos, lembra tecnologia e, também, a imagem de uma criatura! Ao seu redor, as imagens lembram o renascimento sob a luz de uma aurora radiante, ao fundo. Viria a nossa salvação do espaço sideral? Ou isso sugeriria uma intervenção extraterrestre no processo?

Paz e Harmonia com a Natureza

O que você faz depois de exterminar a maior parte da população do mundo com armas químicas e biológicas? Você festeja ao redor de uma planta geneticamente modificada, é claro ! Pessoas felizes de todo o mundo são atraidas irresistivelmente em direção à planta.

Todas as espécies extintas no primeiro mural estão de volta à ação e você vê até mesmo um pequeno pombo sentado na planta. Que beleza. Eles se sentem muito melhor agora que há muito menos pessoas na terra. Os animais também estão felizes e agradecem a você por morrer. As pessoas podem agora usar conhecimento científico de alto nível para viver em um estado de felicidade sintética provida por plantas geneticamente modificadas. Se você olhar mais de perto para os filhotes de tigre, verá que eles tem rostos de crianças humanas. É bastante bizarro. Toda essa obra imoral fala sobre modificação genética e mágica.

Para resumir, esses murais claramente mostram objetivos admitidos que você pode ler em documentos chamando por uma Nova Ordem Mundial:

– Despopulação massiva da Terra
– Um governo Mundial
– Restauração da natureza

Se você leu artigo sobre as Pedras Guia da Georgia, você irá notar que os temas são estritamente similares.

Tudo muito estranho! E talvez aquilo mais relevante no saguão do Denver Airport seja esse monumento, elaborado pela Maçonaria.

“A Cápsula do Tempo, abaixo dessa pedra, contém mensagens e memórias para o povo do Colorado em 2094” – estampam os dizeres do monumento, deixado pela Grande Loja do Colorado em 19 de março de 1994 – portanto, um ano antes da inauguração daquele aeroporto (em 1995).

Divididos em quatro paredes, os murais pintados por Leo Taguma supostamente representam paz, harmonia e natureza. Quando você analizar o simbolismo nos murais, perceberá que eles contam uma história aterrorizante de eventos futuros, como algum tipo de profecia. Leo confirmou que foi dado a ele algumas guias para as pinturas e foi pago 100 mil dólares pelas primeiras. Mais tarde ele negou que foi dado instruções e se recusou a falar sobre qualquer significado oculto nas pinturas. As pinturas prévidas de Leo Tanguma eram tipicamente arte Chicanas, carregadas politicamente e orientadas para a comunidade. Entretanto, seu trabalho no DIA dá uma “vibração” totalmente diferente, fazendo-me pensar que ele desenhou a visão de outra pessoa.

E quando questionado sobre o sentido dessas estranhas imagens no Aeroporto de Denver, o muralista Leo Taguma declarou: – “Não entendo porque os teóricos das conspirações encontraram mensagens ocultas no meus murais sobre ambientalismo”!

Sabe-se que os tais Illuminati, dentro da sua política de engano, indevidamente se apoderaram de vários simbolismos maçônicos! Tudo, enfim, que está postado no Denver Airport seria justamente um alerta da Maçonaria contra as forças sombrias que brevemente tentarão desencadear o caos no mundo! Mas, por que Ela escolheu Denver?

Na John Hopkins University, por sua vez situada em Baltimore, Maryland, existem painéis elaborados naquele MESMO surreal estilo do Denver Airport – tais como esse acima, cujo nome é “APOCALYPSE” – no qual se pode ver a Estátua da Liberdade em meio a chamas – referindo-se à “Transformação da América por meio das mudanças planetárias e pelas guerras provocadas pelo homem”. Mensagens estranhas! Avisos proféticos? Quem sabe! E se assim for, que Deus tenha piedade da América, que Deus tenha piedade de toda a humanidade!

Fonte: Dominiosfantasticos

Saiba mais:

Superpopulação Mundial: Mito ou Fato?

Caixões da FEMA: sepultamento em massa

Bases e Túneis Subterrâneos nos EUA

 


Nazismo foi criado por Rothschilds: Nacional Zionismo

Por David Icke

A história oficial é meramente um véu para esconder a verdade do que realmente aconteceu. Quando o véu é levantado, repetidamente nós vemos que não apenas a versão oficial não é verdadeira, freqüentemente ela é 100% errada.

Pegue os Rothschilds, a família anteriormente conhecida, entre outros nomes, como os Bauers, uma das mais notórias linhagens ocultas da Alemanha da Idade Média. Ela ficou conhecida como Rothschild (escudo-vermelho or rotes-schild em alemão) no século 18 quando uma dinastia financeira foi fundada em Frankfurt por Mayer Amschel Rothschild trabalhando conjuntamente com a Illuminati House of Hesse e outros.

Eles pegaram seu nome do escudo vermelho ou hexagrama/Estrela de Davi em frente à casa deles em Frankfurt. A Estrela de Davi ou Selo de Salomão é um símbolo esotérico e apenas se tornou associada aos judeus após os Rothschilds adotarem-na para si. Ela não tem absolutamente nenhuma conexão com “Davi” ou “Salomão”, como as fontes históricas judaicas confirmam. Os Rothschilds são uma das principais linhagens Illuminati no planeta e eles são reptilianos, ou seja psicopatas (veja o livro: O Maior Segredo – The Biggest Secret, 1998) livro disponível grátis na google.

Guy de Rothschild, da Casa Francesa, é quem encabeça essa dinastia atualmente. Ele é um dos mais grotescos expoentes do controle da mente baseado em trauma, certamente o principal segundo muitos dos que têm sofrido impiedosamente sob sua tortura. Eu sempre reluto em usar a palavra mal, mas se mal é o reverso de vida, então Guy de Rothschild é totalmente mau. Ele representa o contrário de vida. Ele tem sido pessoalmente responsável pela tortura e morte de milhões de crianças e adultos, ou diretamente ou por intermédio daqueles que ele controla. Ele conduz rituais satânicos, como todas essas linhagens sempre fizeram, e só Deus sabe em quantos sacrifícios humanos ele está envolvido. Se o que eu estou dizendo está errado, Guy de Rothschild, então leve-me para o tribunal e vamos analisar as evidências.

Eu já posso ouvir os clamores se juntando para me condenar como “anti-semita” porque os Rothschilds alegam serem “Judeus”. Organizações como a Liga Anti-Difamação e a B’nai B’rith já fizeram extenuantes esforços para me rotular dessa maneira por expor os Rothschilds (mais detalhes em outros artigos no meu website – http://www.davidicke.com/). É engraçado então que ambas as organizações foram criadas por, e continuam a ser financiadas pelos Rothschilds. B’nai B’rith significa, apropriadamente, “Filhos da Aliança” e foi estabelecida pelos Rothschilds em 1843 como um braço da inteligência para difamar e destruir pesquisadores legítimos com o rótulo “anti-semita”.

Muitos de seus oradores apoiaram abertamente a escravidão durante a Guerra Civil Americana e hoje eles procuram condenar alguns líderes negros como “anti-semitas” ou “racistas”! Todo ano, a Liga Anti-Difamação concede o prêmio “Tocha da Liberdade” (o clássico símbolo Illuminati) à pessoa que eles acreditam ter servido mais à sua causa. Um ano eles o deram a Morris Dalitz, um notório sindicato do crime de Meyer Lansky que aterrorizou a América. Perfeita escolha.

Que estranho então que, como eu tenho documentado em “E A Verdade Vos Libertará” e “O Maior Segredo”, junto com inúmeros outros pesquisadores e eruditos, Adolf Hitler e os Nazistas foram criados e financiados pelos… Rothschilds. Foram eles que arranjaram para que Hitler chegasse ao poder através das sociedades secretas Illuminati na Alemanha, como a Sociedade Thule e a Sociedade Vril, que eles criaram através de suas redes alemãs; foram os Rothschilds que financiaram Hitler através do Banco da Inglaterra e de outras fontes britânicas e americanas como o Banco Kuhn, Loeb & Co, que também financiou a Revolução Russa e Guerra Russo-Japonesa.

O verdadeiro coração da máquina de guerra de Hitler era a gigante fábrica química, I.G. Farben, que tinha um braço americano que era controlado pelos Rothschilds através de seus lacaios, os Warburgs. Paul Warburg, que manipulou o “banco central” dos EUA, o Federal Reserve, em 1913, estava na direção da I.G americana. De fato, a I.G. Farben alemã de Hitler, que controlava o campo de trabalho escravo em Auchwitz, era, na realidade, uma divisão da Standard Oil, oficialmente pertencente aos Rockefellers, mas na verdade o império Rockefeller foi trazido à existência pelos… Rothschilds. Veja “E A Verdade Vos Libertará” e “O Maior Segredo”, para o pano de fundo detalhado desse e de outros aspectos dessa história.

Os Rothschilds também possuíam as agências de notícias alemãs durante Primeira e Segunda Guerras Mundiais e portanto controlavam o fluxo de “informação” para os alemães e o mundo externo. Incidentalmente, quanto as tropas Aliadas entraram na Alemanha, ele descobriram que as fábricas da I.G. Farben, o verdadeiro núcleo da operação de guerra de Hitler, não tinham sido atingidas por bombardeios em massa, bem como as fábricas da Ford – outra empresa Illuminati que apoiava Hitler. Outras fábricas nas proximidades tinham sido demolidas por ataques de bombas aéreos.

Então a força por trás de Adolf Hitler, no interesse da Illuminati, era a Casa de Rothschild, essa linhagem “Judaica” que diz apoiar e proteger a fé e o povo judeu. De fato eles doentiamente usam e abusam do povo judeu para os seus próprios fins horríveis. Os Rothschilds, como os Illuminati em geral, tratam a massa do povo judeu com profundo desprezo. Eles são, como o resto da população global, apenas gado a ser usado para avançar a agenda de controle global pela rede de linhagens híbridas, impregnadas com um código reptiliano/psicopata, e conhecida pelos pesquisadores como a Illuminati.

De fato, os Illuminati são tão profundamente obcecados por pureza da linhagem, devido a esse código genético reptiliano/psicopata, que não havia nenhuma possibilidade de que alguém como Hitler chegasse ao poder naquelas circunstâncias vitais para a Illuminati, exceto se ele fosse da mesma linhagem. Se você pesquisar em outras páginas do meu website verá como a mesma linhagem genética tem mantido as posições de poder real, aristocrático, financeiro, político, militar e da mídia na Europa e no mundo por literalmente milhares de anos.

Essa é a linhagem que produziu TODOS os 42 Presidentes dos Estados Unidos, desde George Washington em 1789. É a linhagem do George W. Bush. Os líderes da Segunda Guerra Mundial, Roosevelt, Churchill, Stalin e Hitler, eram da linhagem, bem como eram Maçons e Satanistas. Eles foram manipulados para dentro do governo e os esforços de guerra de seus respectivos países foram financiados pelos Rothschilds e as outras linhagens Illuminati. O atual presidente dos EUA Obama que se diz muçulmano é na realidade da linhagem judaica.

Devemos acreditar, portanto, que embora este mesmo grupo provavelmente tenha financiado a subida ao poder de Adolf Hitler bem como a sua máquina de guerra nazista, que ele foi um líder de importância crucial para a agenda e NÃO era da linhagem?

Mas espere. Hitler não podia ser da mesma linhagem de, digamos, os Rothschilds porque, como todos nós sabemos, os Rothschilds são judeus e Hitler os chacinou, junto com comunistas, ciganos e outros que se opuseram a ele ou que ele gostaria de eliminar. Os Rothschilds são judeus, eles nunca fariam isso.

Oh realmente.

De acordo com um livro de um psicanalista, Walter Langer, chamado a Mente de Hitler, não apenas Hitler foi apoiado pelos Rothschilds, ele ERA um Rothschild. Esta revelação cai como uma luva com as ações dos Rothschilds e outras linhagens Illuminati na Alemanha que trouxeram Hitler à frente como ditador daquela nação. Ele também era apoiado pela Família Real Britânica, a Casa de Windsor (na verdade a Casa Alemã de Saxe-Coburg-Gotha), e essas incluíam o “herói de guerra” real britânico Lorde Mountbatten, um Rothschild e um Satanista. Seus parentes reais na Alemanha, que você nunca pensaria que apoiariam um homem da rua como Hitler, estavam entre os seus apoiadores mais entusiasmados. Mas, naturalmente, eles sabiam quem Hitler realmente era. Quando você faz qualquer estudo sobre a obsessão dos Illuminati com linhagem genética, você logo vê que não há possibilidade nenhuma de Hitler não ser um deles.

Walter Langer escreve:

“O pai de Adolf Hitler, Alois Hitler, era o filho ilegítimo de Maria Anna Schicklgruber. Era geralmente suposto que o pai de Alois Hitler (Schicklgruber) era Johann Georg Hiedler. Há algumas pessoas que duvidam seriamente que Johann Georg Hiedler era o pai legítimo de Alois… (um documento austríaco) que provava que Maria Anna Schicklgruber estava vivendo em Vienna na época em que ela concebeu. Nesse tempo ela estava empregada como criada na casa do Barão Rothschild. Logo que a família descobriu sua gravidez ela foi mandada de volta para casa… onde Alois, pai de Adolf Hitler nasceu.”

A informação de Langer partiu do oficial de alto escalão da Gestapo, Hansjurgen Koehler, publicado em 1940, sob o título “Inside the Gestapo” (Dentro da Gestapo). Ele escreve sobre as investigações sobre as origens de Adolf Hitler feitas pelo Chanceler Austríaco, Dolfuss, nos arquivos da família de Hitler.

Koehler realmente viu uma cópia dos documentos de Dolfuss que foram dados a ele por Heydrich, o soberano do Serviço Secreto Nazista. O arquivo, ele escreveu, “causou um estrago que nenhum arquivo no mundo tinha causado antes” (Inside the Gestapo, p 143). Ele também revelou que:

“…O segundo maço no arquivo azul continha os documentos coletados por Dolfuss. O Chanceler Austríaco deveria saber por tal ficha pessoal que ele poderia ser capaz de checar Hitler… Sua tarefa não era difícil; como governante da Áustria ele poderia facilmente descobrir os dados pessoais e da família de Adolf Hitler, que havia nascido em solo austríaco… Através das certidões de nascimento originais, registros da polícia, protocolos, etc, tudo contido no arquivo original, o Chanceler Austríaco teve sucesso em juntar todas partes do quebra-cabeças, criando uma imagem mais ou menos lógica…

Uma pequena garota servente… (avó de Hitler)… veio para Viena e tornou-se uma empregada doméstica, trabalhando geralmente para famílias muito ricas. Mas ela não teve sorte; tendo sido seduzida, ela estava a ponto de dar a luz. Ela voltou para casa em seu vilarejo para seu confinamento… O Chanceler Dolfuss conseguiu descobrir o cartão de registro. A pequena, inocente servente tinha sido uma criada na… mansão Rothschild. … e o avô desconhecido de Hitler deveria provavelmente ser procurado naquela magnífica casa. O arquivo de Dolfuss parou nessa afirmação.”

Teria algo a ver a determinação de Hitler em conquistar a Áustria com seu desejo de destruir registros de sua linhagem?

Um correspondente que tem pesquisado esse assunto extensivamente escreve:

“Me parece que Hitler sabia sobre sua conexão antes de se tornar chanceler. Como seu pai antes dele, quando as coisas ficaram difíceis, os Hitlers foram para Viena. O pai de Hitler deixou seu vilarejo natal ainda bem jovem para buscar sua fortuna em Viena. Quando Hitler ficou órfão, depois que sua mãe morreu em dezembro de 1907, ele partiu para Viena não muito tempo após o funeral. Lá ele desapareceu de vista por 10 meses! O que aconteceu durante esta estadia de dez meses em Viena é um completo mistério no qual a história não traz luz. Faz sentido, agora que se estabeleceu que Hitler era um Rothschild, que ele e os seus primos estivessem se familiarizando, e o seu potencial para futuros empreendimentos da família estivesse sendo medido”.

Os Rothschilds e os Illuminati produzem muitos filhos fora do casamento em seus programas secretos de procriação e essas crianças são criadas sob outros nomes com outros pais. Como Bill Clinton, que é quase certamente um Rockefeller produzido do mesmo jeito, esses “garotos comuns de origem comum” tornam-se extraordinariamente bem sucedidos no seu campo escolhido. Hitler, também, teria produzido crianças não oficiais para manter sua parte da linha sanguínea e obviamente existirão pessoas com essa linhagem vivas hoje em dia.

Então qual Rothschild era o avô de Hitler? Alois, pai de Hitler, nasceu em 1837 no período quando Salomon Mayer era o único Rothschild que vivia na mansão de Viena. Nem mesmo sua esposa vivia ali porque o casamento deles ia tão mal que ela permanecia em Frankfurt. O filho deles, Anselm Salomon, passou a maior parte de sua vida trabalhando em Paris e Frankfurt longe de Viena e do seu pai.

Salomon Mayer pai, vivendo sozinho na mansão de Viena onde a avó de Hitler trabalhou, é o primeiro e mais óbvio candidato. E Hermann von Goldschmidt, o filho do escriturário de Salomon Mayer, escreveu um livro, publicado em 1917, que dizia sobre Salomon:

“…por volta de 1840 ele tinha desenvolvido um entusiasmo irrefreável por meninas jovens…” e “Ele tinha uma paixão luxuriosa por meninas muito jovens, e suas aventuras com elas tinham que ser acobertadas pela polícia.”

E a avó de Hitler, uma jovem trabalhando sob o mesmo teto não teria sido o objeto de desejo de Salomon Rothschild? E essa mesma garota ficou grávida enquanto trabalhou lá? E seu neto se tornaria chanceler da Alemanha, financiado pelos Rothschilds, e ele comandaria a Segunda Guerra Mundial que era tão vital para a agenda dos Rothschild-Illuminati? E os Illuminati são obcecados em colocar seus parentes no poder em todos os “lados” de um conflito? E os Rothschilds são uma de suas linhagens chave? E tudo isso é apenas coincidência?

HITLER ERA UM ROTHSCHILD!!

A Segunda Guerra Mundial foi incrivelmente produtiva para a agenda de controle global da Illuminati. Ela levou a uma explosão de instituições globalmente centralizadas, como as Nações Unidas e a União Européia, e muitas outras nas finanças, nos negócios e na área militar. Precisamente o que eles queriam. Isso também deixou muitos países sob um enorme fardo com as dívidas dos empréstimos feitos para todos os lados pelos… Rothschilds e os Illuminati.

Os Rothschilds tinham há muito tempo um plano de criar um feudo pessoal para eles mesmos e para os Illuminati na Palestina e esse plano envolvia manipular o povo judeu a estabelecer a Palestina como sua “terra natal.”

Charles Taze Russell, da linhagem Russell Illuminati, foi o homem que fundou a Sociedade Watchtower, mais conhecida como as Testemunhas de Jeová. Ele foi um Satanista, um pedófilo segundo sua esposa, e mais do que certamente um Illuminati. Sua nova “religião” (culto de controle da mente) foi financiado pelos Rothschilds e ele era amigo deles, bem como os fundadores dos Mórmons que eram também financiados pelos Rothschilds por intermédio de Kuhn, Loeb, and Co. Russell e os fundadores dos Mórmons eram todos Maçons. Em 1880, Charles Taze Russell, amigo dos Rothschilds, previu que os judeus iriam retornar à sua terra natal. Essa provavelmente foi a única previsão de Russell que se realizou. Por que? Porque ele sabia que esse era o plano.

Então, em 1917, veio a famosa Declaração Balfour, quando o Ministro Britânico de Assuntos Estrangeiros, Lorde Balfour, declarou em nome do seu governo que eles apoiavam a criação de uma terra natal dos judeus na Palestina. Agora quando você ouve essa frase, a Declaração Balfour, você tem a impressão de que ela era uma espécie de nota dirigida ao público. Mas não era.

A Declaração Balfour foi uma carta de Lorde Balfour para… Lorde Lionel Walter Rothschild. Pesquisadores dizem que a carta foi de fato ESCRITA por Lorde Rothschild e seu empregado, o banqueiro, Alfred Milner. Agora veja isso. Uma das mais importantes sociedades secretas do século XX é chamada a Mesa Redonda (Round Table). Ela é baseada na Inglaterra com sub-sedes no mundo todo. É a Mesa Redonda que no final das contas orquestra a rede do Grupo Bilderberg, O Conselho de Relações Exteriores, A Comissão Trilateral e O Instituto Real para Assuntos Internacionais. Veja meus livros para mais detalhes. Que fascinante então, que Lorde Balfour era um membro do círculo interno da Mesa Redonda, Alfred Milner era o líder oficial da Mesa Redonda quando da morte de Cecil Rhodes, e a Mesa Redonda era financiada por… Lorde Lionel Walter Rothschild. Essas eram as três pessoas envolvidas na Declaração Balfour de 1917.

Dois anos depois, em 1919, veio a Conferência de Paz de Versalhes perto de Paris, quando a elite da Mesa Redonda da Inglaterra e dos Estados Unidos, pessoas como Alfred Milner, Edward Mandel House e Bernard Baruch, foram designadas para representar seus países nas reuniões que decidiram como o mundo seria mudado como resultado da guerra que essas mesmas pessoas haviam criado. Eles decidiram impor à Alemanha pagamentos de indenizações de guerra impossíveis, assegurando então o colapso da República da Alemanha de Weimar pós-guerra em meio ao inacreditável colapso econômico que levou um membro dos Rothschild, Hitler, ao poder. Foi enquanto estavam em Paris que esses Illuminati membros da Mesa Redonda se reuniram no Hotel Majestic para iniciar o processo de criação da rede Bilderberg-CRE-IRAI-Comissão Trilateral. Eles também decidiram em Versalhes que eles então apoiariam a criação de uma pátria para os judeus na Palestina. Como eu mostro em meus livros, CADA UM DELES ou era da linhagem Rothschild ou era diretamente controlado por eles.

O Presidente Americano, Woodrow Wilson, foi “aconselhado” em Versalhes pelo Coronel House e Bernard Baruch, ambos clones Rothschild e líderes da Mesa Redonda  nos Estados Unidos; O Primeiro Ministro Britânico, Lloyd George, foi ” aconselhado” por Alfred Milner, empregado de Rothschild e líder da Mesa Redonda, e Sir Phillip Sassoon (descendente do judeu David Sassoon, que controlou o comércio de ópio em Hong Kong no século XIX), um descendente direto de Mayer Amschel Rothschild, o fundador da dinastia; o líder francês, Georges Clemenceau, foi “aconselhado” por seu Ministro do Interior, Georges Mandel, cujo nome real era Jeroboam Rothschild.

Quem você acha que estava fazendo as decisões aqui??

Mas isso foi bem mais longe. Na delegação americana também estavam os irmãos Dulles, John Foster Dulles, que se tornaria Secretário de Estado dos EUA, e Allen Dulles, que se tornaria o primeiro cabeça da nova CIA após a Segunda Guerra Mundial. Os irmãos Dulles eram da linhagem genética, tornar-se-iam mais tarde apoiadores de Hitler, e eram empregados pelos Rothschilds na Kuhn, Loeb, and Co. Eles também estavam envolvidos no assassinato de John F. Kennedy e Allen Dulles iria servir na Commissão Warren que investigou o assassinato. A delegação americana em Versalhes também foi representedada por Paul Warburg, controlado pelos Rothschild, do Kuhn, Loeb e da filial americana da I.G. Farben, enquanto a delegação alemã incluía seu irmão, Max Warburg, que tornar-se-ia banqueiro de Hitler!! O anfitrião deles na França durante a conferência de “paz” foi o… Barão Edmond de Rothschild, a principal força da época pressionando para a criação de uma pátria judaica em Israel. Veja meus livros para mais detalhes.

Os Rothschilds sempre foram a verdadeira força por trás do Movimento Sionista. Sionismo é de fato SIONismo, Sion = o Sol (the Sun), logo o nome da sociedade secreta de elite por trás da linhagem Merovíngia, o Priorato de Sião (Priory of Sion). Ao contrário do entendimento da maioria das pessoas, Sionismo não é o povo judeu. Muitos judeus não são sionistas e muitos não-judeus são. Sionismo é um movimento político, não uma raça. Dizer que Sionismo é o povo judeu é como dizer que o Partido Democrata é o povo americano. Judeus que se opõem ao Sionismo, no entanto, têm sofrido muita oposição.

Agora, tendo manipulado seus governos-marionete para apoiar seu plano de um feudo pessoal no Oriente Médio, os Rothschilds iniciaram o processo de acomodar pessoas judias na Palestina. Como sempre eles trataram seu próprio povo com desprezo. Entra o Barão Edmond de Rothschild, o”Pai de Israel”, que morreu em 1934, o homem que hospedou as delegações de “paz” de Versalhes. Edmond era da casa francesa, como Guy de Rothschild. Edmond, de fato, começou a instalar judeus na Palestina desde a década de 1880 (quando Charles Taze Russell estava fazendo sua previsão).

Ele financiou judeus russos para estabelecerem-se na Palestina, mas isso não tinha nada a ver com sua liberdade ou direito de nascença, isso era para avançar a agenda Rothschild-Illuminati. Edmond financiou a criação de fazendas e fábricas e dirigiu toda a operação com uma barra de ferro. Aos fazendeiros judeus era dito o que plantar e eles logo descobriram quem estava no comando se eles questionassem suas ordens. Em 1901, esse povo judeu reclamou a Rothschild da ditadura sobre suas terras ou “Yishuv”. Eles perguntaram-lhe:

“…se você deseja salvar a Yishuv, primeiro tire suas mãos dela e… pelo menos por uma vez permita aos colonos a possibilidade de corrigir por eles mesmos qualquer coisa que necessite ser corrigida…”

Barão Rothschild respondeu:

“Eu criei a Yishuv, eu somente. Portanto, nenhum homem, nem colonos ou organizações, tem o direito de interferir em meus planos…”

Em uma sentença, você tem a verdadeira atitude dos Rothschilds para com o povo judeu, e de fato, para com a população humana em geral. Essas pessoas NÃO são judias, elas são um linhagem não-humana com um código genético reptiliano/psicopata que se escondem atrás do povo judeu, usando-o como uma cortina de fumaça e como um meio para um fim. Conforme o livro de Simon Schama, Two Rothschilds and the Land of Israel (Collins, London, 1978), os Rothschilds adquiriram 80% da terra de Israel.

Edmond de Rothschild trabalhou conjuntamente com Theodore Herzl, que apenas aconteceu de ser o fundador do Sionismo, o movimento político criado para assegurar uma pátria “judaica” na Palestina. Rothschild era também o poder por trás de Chaim Weizmann, um outro líder do Sionismo. Como Rothschild disse a Weizmann:

“Sem mim o Sionismo não teria sido bem-sucedido, mas sem o Sionismo meu trabalho estaria fadado ao fracasso.”

Então, agora com os Rothschilds aumentando seu financiamento de colônias judias na Palestina, e com seus agentes nos governos americano e europeus oficialmente apoiando seus planos para uma terra natal Rothschild, digo Israel, eles precisavam de um catalisador que demolisse os protestos árabes à invasão de seu país. Esse catalisador foi o horrível tratamento dado aos judeus na Alemanha e nos países que eles conquistaram por seus Nazistas Rothschild-financiados e por um dos seus, um Rothschild chamado Adolf Hitler.

A onda de repugnância aos campos de concentração nazistas deu um ímpeto vital e, finalmente, crucial à agenda Rothschild. Foram eles que patrocinaram operações terroristas judias como a Gangue Stern e Irgun, que chegaram a cometer mutilações e assassinatos para trazer o Estado de Rothschild (Israel) à existência em 1948. Esses grupos terroristas, que chacinaram pessoas judias com igual entusiasmo, eram liderados pelas mesmas pessoas que posteriormente ascenderam para liderar a nova Israel… pessoas como Menachem Begin, David Ben-Gurion, Yitzhak Rabin e Yitzhak Shamir. Foram essas gangues Sionistas Rothschild-controladas que assassinaram o mediador internacional Conde Bernadotte em 17 de setembro de 1948, aparentemente porque ele intencionava apresentar uma nova resolução de partilha às Nações Unidas.

E os Rothschilds não estavam satisfeitos ao causarem o inimaginável sofrimento do povo judeu sob o regime Nazista, eles também roubaram sua riqueza quando a guerra terminou, da mesma forma que roubaram a riqueza russa durante a revolução que eles haviam criado.

No começo de 1998, durante uma turnê de palestra na África do Sul, eu tive um encontro pessoal com P.W. Botha, o Presidente da África do Sul nos anos 80 durante o apartheid. O convite veio de repente quando eu estava palestrando a umas poucas milhas de sua casa. Nós falamos por uma hora e meia sobre a manipulação da África do Sul e não demorou muito para nomes como Henry Kissinger, Lorde Carrington, e os Rothschilds surgirem.

“Eu tive estranhas negociações com os Rothschilds ingleses em Cape Town quando eu era presidente”, ele disse, e então prosseguiu me contando uma história que resume os Rothschilds perfeitamente. Ele disse que eles haviam requerido uma reunião com ele e seu ministro de relações exteriores, o operativo Illuminati Pik Botha (sem parentesco). Nessa reunião, ele disse, os Rothschilds disseram-lhe que havia uma enorme riqueza em contas de bancos suíços que haviam pertencido a judeus alemães anteriormente e estava disponível para investimento na África do Sul se eles pudessem entrar em acordo quanto aos juros. Essa é a mesma riqueza, roubada dos judeus alemães que sofreram sob os nazistas, que veio à luz entre grande escândalo nos anos recentes. Os Rothschilds têm feito uma fortuna com isso desde a guerra!! Botha contou-me que ele se recusou a aceitar o dinheiro, mas Pik Botha deixou a reunião com os Rothschilds e ele não tinha certeza se eles tinham chegado a um acordo.

De tirar o fôlego? Com certeza que sim, mas o mundo não é como imaginamos que ele seja.

Até hoje os Rothschilds continuam a controlar o Estado de Israel que tem o seu símbolo de família em sua bandeira e são eles que usam aquele país e seu povo para manter o conflito, tanto dentro de suas fronteiras quanto com os países árabes vizinhos, o que permitiu aos Illuminati-Rothschilds controlar o chamado “Arco da Crise” no Oriente Médio por meio do dividir, governar e conquistar. Isso tem permitido a eles, não menos, controlar os países produtores de petróleo desde a guerra quando o petróleo realmente tornou-se importante.

Fonte: http://www.luzdafraternidade.com.br/materias/me.php?cb=1&ac=1064

Surto da bactéria E.Coli criada em laboratório causa pânico

(NaturalNews) Enquanto jogam a culpa de um lado para o outro na europa, onde uma cepa super resistente da bactéria Escherichia Coli (e. coli) está deixando as pessoas doentes e enchendo os hospitais na Alemanha, quase ninguém está falando sobre como a E. coli poderia magicamente ter se tornado resistente a oito diferentes classes de antibióticos e de repente começado a aparecer no fornecimento de alimentos.

Esta variação particular de E.coli é parte da cepa O104 e esta cepa quase nunca é resistente a antibióticos. Para que elas possam adquirir esta resistência, elas devem ser repetidamente expostas a antibióticos a fim de exercer  uma “pressão de mutação“, que as leva direção à imunidade completa contra os antibióticos.

Então, se você está curioso sobre as origens de tal cepa, você poderia basicamente fazer uma engenharia reversa do código genético da E. coli e determinar com bastante precisão a quais antibióticos ela foi exposta durante o seu desenvolvimento. Este trabalho já foi feito (leia mais abaixo), e quando você analisa a decodificação genética desta linhagem O104 que agora ameaça os consumidores de alimentos em toda a europa, um retrato fascinante emerge de como ela pode ter sido criada.

O Código Genético Revela a História

Quando os cientistas no Instituto Robert Koch da Alemanha decodificaram a composição genética da linhagem O104, eles descobriram que ela é resistente a todas
as seguintes classes e combinações de antibióticos:

• Penicilinas
• Tetraciclina
• Ácido nalidíxico
• Cotrimoxazol
• Cefalosporina
• Amoxicilina / ácido clavulânico
• Piperacilina-Sulbactam sódico
• Piperacilina-tazobactam

Além disso, esta linhagem O104 possui uma capacidade de produzir enzimas especiais que lhe dão o que poderia ser chamado de “superpoderes bacterianos“, conhecida tecnicamente como ESBLs:

Beta-lactamases de Espectro Estendido (ESBLs) são enzimas que podem ser produzidas por bactérias tornando-as resistentes às cefalosporinas, como por exemplo: cefuroxima , cefotaxima e ceftazidima – que são os antibióticos mais utilizados em muitos hospitais“, explica a Agência de Proteção à Saúde do Reino Unido.

Além disso, esta linhagem O104 possui dois genes, o –TEM-1 e o CTX-M-15–, que “têm feito os médicos tremerem desde a década de 1990“,  reportou o jornal londrino The Guardian. E por que é que elas fazem os médicos estremecerem? É porque elas são tão mortais que muitas das pessoas infectadas com estas bactérias são vítimas de falha dos órgãos críticos e simplesmente morrem.

Criando uma Super-bactéria Mortal

Então como exatamente que uma bactéria aparece do nada, que é resistente a mais de uma dúzia de antibióticos em oito diferentes classes de medicamentos e ainda apresenta duas mutações de genes letais, além de capacidades da enzima ESBL?

Há realmente apenas uma maneira de isso acontecer : você precisa expor essa cepa de E. coli a todas as oito classes de antibióticos. Normalmente, isso não é feito ao mesmo tempo, é claro: você primeiro precisa expô-la à penicilina e encontrar as colônias de sobreviventes que são resistentes à penicilina. Você então pega essas colônias sobreviventes e as expôe à tetraciclina. As colônias sobreviventes são resistentes à penicilina e tetraciclina. Em seguida, as expôe a um medicamento à base de sulfa e recolhe as colônias sobreviventes, e assim por diante. É um processo de seleção genética feita em laboratório, com um resultado desejado bem específico. Trata-se essencialmente como algumas armas biológicas são projetadas pelo Exército dos EUA em seu laboratório em Ft. Detrick, Maryland.

Embora o processo seja mais complicado do que isto, a conclusão é que a criação de uma cepa de E. coli que seja resistente a oito tipos de antibióticos requer repetidas e consistentes exposições a esses antibióticos. É praticamente impossível imaginar como isso poderia acontecer de forma espontânea no mundo natural. Por exemplo, se esta bactéria teve origem natural nos alimentos (como nos disseram), então onde é que ela adquiriu toda esta resistência aos antibióticos dado o fato que os antibióticos não são utilizados em vegetais?

Ao considerar a evidência genética que agora nos confronta, é difícil imaginar como isso poderia acontecer naturalmente. Embora a resistência a um antibiótico seja comum, a criação de uma cepa da E. coli que seja resistente a oito diferentes classes de antibióticos em conjunto simplesmente desafia as leis de permutação e combinação genética na natureza. Simplificando, esta cepa de super-bactéria E. coli não poderia ter sido criada na natureza. O que nos deixa com apenas uma explicação de onde ela realmente veio: um laboratório.

Tríade Hegeliana: Problema, Reação, Solução

As evidências apontam agora que esta cepa mortal da E.coli foi projetada em laboratório, e em seguida, foi liberada no abastecimento de alimentos ou de alguma forma escapou de um laboratório e entrou na cadeia alimentar inadvertidamente. Se você não concordar com essa conclusão, então você é forçado a concluir que esta super-bactéria octobióticas (imune a oito classes de antibióticos) se desenvolveu de forma aleatória por si só… e esta conclusão é muito mais assustadora do que a explicação da “bioengenharia” porque significa que super-bactérias octobióticas podem simplesmente aparecer em qualquer lugar a qualquer momento, sem justa causa. E esta seria com certeza uma teoria mirabolante.

Minha conclusão realmente faz mais sentido: Esta cepa de E. coli foi quase certamente criada em laboratório, e em seguida liberada no fornecimento de alimentos com uma finalidade específica. E qual seria o seu propósito?

É a velha tríade novamente sendo utilizada aqui: problema, reação e solução, conhecida também como dialética hegeliana. Primeiro causam um problema (a cepa mortal da bactéria E. coli no fornecimento de alimentos). Então, aguardam a reação do público (enorme clamor pois a população está aterrorizada pela E.coli). Em resposta a isso, decretam a sua solução desejada (o controle total sobre o abastecimento global de alimentos e interdição de brotos crus, leite cru e vegetais crus).

É disso que se trata, é claro. A FDA baseou-se no mesmo fenômeno nos EUA, ao empurrar para o seu recente “Ato de Modernização da Segurança Alimentar“, que basicamente criminaliza as pequenas fazendas orgânicas familiares ao menos que elas lambam as botas dos reguladores da FDA. A FDA foi capaz de esmagar a liberdade de agricultura nos EUA, pegando carona no medo generalizado que seguiu os surtos de E.coli no abastecimento de alimentos dos EUA. Quando as pessoas têm medo, lembre-se, não é difícil fazê-las concordar com quase qualquer tipo de tirania regulamentar. E fazer as pessoas ficarem com medo de sua comida é uma questão simples… basta o governo enviar algumas notas pela sua acessoria de imprensa por e-mail à mídia corporativa afiliada.

Primeiro Proibem a Medicina Natural e Depois Atacam o Abastecimento de Alimentos

Agora, lembre-se: tudo isso está acontecendo na esteira da proibição de ervas medicinais e suplementos nutricionais na União Européia – a proibição que descaradamente criminaliza terapias nutricionais naturais que ajudam a manter as pessoas saudáveis e livres de doenças. Agora que todas estas ervas e suplementos naturais estão proibidos, o próximo passo é fazer com que as pessoas fiquem também com medo de vegetais frescos/orgânicos. Isso porque os vegetais orgânicos são medicinais, e enquanto o público tiver direito a comprar vegetais orgânicos, poderão sempre evitar doenças.

Mas se você pode fazer as pessoas terem medo de vegetais orgânicos, ou até mesmo proibi-los totalmente, então você pode forçar a população inteira a uma dieta de alimentos mortos, geneticamente modificados/transgênicos (OGM) e processados, que promovem doenças degenerativas e impulsionam os lucros das poderosa companhias farmacêuticas.

É tudo parte da mesma agenda, você verá: manter as pessoas doentes, negar-lhes acesso às ervas medicinais e suplementos naturais, e em seguida, lucrar em cima do seu sofrimento nas mãos dos cartéis de drogas globais.

É claro que os transgênicos também desempenham um papel semelhante nesta história inteira: Eles são projetados para contaminar o abastecimento de alimentos com o código genético que causa infertilidade generalizada e enfraquecimento do sistema imunológico entre os seres humanos. E aqueles que são de alguma forma capazes de se reproduzir após a exposição aos transgênicos continuam a sofrer de doenças degenerativas que enriquece as empresas farmacêuticas durante os “tratamentos”.

Você se lembra qual país foi alvo da E.coli recentemente? A Espanha. Por que a Espanha? Você deve se lembrar que os cabos que vazaram do Wikileaks revelaram que a Espanha resistiu à introdução de transgênicos no seu sistema agrícola, mesmo quando o governo dos EUA veladamente ameaçou com retaliação política por sua resistência. Esta falsa culpa da Espanha pelas mortes causadas pelo E. coli é provavelmente a retaliação pela falta de vontade da Espanha de saltar no “trem” dos transgênicos.

Essa é a verdadeira história por trás da devastação econômica dos agricultores de vegetais da Espanha. É um dos sub-roteiros que estão sendo seguidos paralelamente a este esquema da super-bactéria escherichia coli.

Alimentos como Armas de Guerra – Criados pela Indústria Farmacêutica?

Aliás, os culpados mais prováveis de terem criado esta cepa de E. coli são os grandes laboratórios farmacêuticos. Quem mais tem acesso a todos os antibióticos e os equipamentos necessários para gerenciar as mutações provocadas a milhares de colônias de E.coli? As companhias farmacêuticas estão numa posição única para tanto executar esta tarefa quanto também lucrar com isso. Em outras palavras, eles têm os meios e as motivações para executar tais ações.

Além das empresas de remédios, talvez apenas os reguladores de doenças infecciosas têm este tipo de capacidade laboratorial. O CDC, por exemplo, provavelmente conseguiria fazer isto se eles realmente quisessem.

A prova de que alguém criou esta cepa de E. coli através de bioengenharia está escrita no DNA da bactéria. Isto é evidência forense, e o que isto revela não pode ser negado. Esta cepa foi submetida a repetida e prolongada exposição a oito diferentes classes de antibióticos, e depois de alguma forma conseguiram fazer com que ela aparecesse no abastecimento de alimentos. Como você consegue fazer isto se não for através de um planejamento bem feito realizado por cientistas capacitados desonestos? Não existe tal coisa como “mutação espontânea” para uma cepa que é resistente às 8 mais potentes classes de antibióticos que são vendidos pela indústria farmacêutica nos dias de hoje. Tais mutações têm que ser deliberadas.

Mais uma vez, se você não concordar com essa conclusão, então o que você está dizendo é que não, que isto não foi feito deliberadamente… aconteceu acidentalmente!

Uma Nova Era Começou: Armas Biológicas na sua Comida

Mas em ambos os casos, não importa o que você acredita, a verdade simples é que o mundo está enfrentando uma nova era global de novas estirpes de bactérias que não podem ser tratadas com qualquer farmacêutico conhecido. Elas podem , é claro, ser facilmente mortas com prata coloidal, que é exatamente a razão da FDA e os reguladores de saúde terem atacado violentamente as empresas de prata coloidal por todos estes anos: eles não podem deixar o público ter em suas mãos antibióticos naturais que realmente funcionam. Isso colocaria por terra todo o propósito de fazer todo mundo enfraquecido imunologicamente em primeiro lugar.

Na verdade, essas cepas de super-bactérias E. coli podem ser muito facilmente tratadas com uma combinação de antibióticos naturais de plantas como o alho, gengibre, cebola e ervas medicinais. Além disto, pro-bióticos podem ajudar a equilibrar a flora do trato digestivo e “expulsar” qualquer bactéria mortal que aparecer. Um sistema imunitário saudável e o bom funcionamento do trato digestivo podem combater uma infecção pela super-bactéria E. coli, mas isso é outro fato que a comunidade médica não quer que você saiba. Não podemos esquecer também da importância da Vitamina D em manter o sistema imunitário funcional. Eles preferem muito mais que você continue a ser uma vítima indefesa deitada no hospital, esperando para morrer, sem opções disponíveis além dos perigosos e caríssimos “remédios” da indústria farmacêutica. Isto que é “medicina moderna”. Eles causam os problemas que eles pretendem tratar, e então eles não vão nem tratá-lo com qualquer coisa que poderia realmente curá-lo.

Quase todas as mortes agora atribuídas a este surto de E.coli poderiam ter sido evitadas rápida e facilmente. Estas são as mortes da ignorância. Mas também são as mortes de uma nova era de armas biológicas baseadas em alimentos desencadeadas por um grupo de cientistas malucos, ou por alguma instituição seguindo uma agenda específica que declarou guerra contra a população humana.

Atualizações Sobre este Surto de E.Coli

• 22 mortes até agora já foram relatadas, sendo que  2.153 pessoas já adoeceram e possivelmente estão enfrentando falência renal.

• Um total de dez nações européias registraram surtos da cepa de E. coli, principalmente por pessoas que haviam visitado o norte da Alemanha.

• Esta história é de um jornal alemão, e que sugere que o surto de E. coli pode ter sido um ataque terrorista. Sim, um ataque terrorista pelas companhias farmacêuticas em cima de pessoas inocentes, como de costume…

Fontes:
– Natural News: Forensic evidence emerges that European e.coli superbug was bioengineered to produce human fatalities
– Agência de Proteção de Saúde do Reino Unido: Extended-Spectrum Beta-Lactamases (ESBLs)
– The Guardian: The reason why this deadly E coli makes doctors shudder
– G1: Superbactéria pode ter saído de fazenda de alimentos na Alemanha
– The Independent: German beansprouts to blame as E coli death toll reaches 22
– Aerzte Zeitung: EHEC und das RKI – Behörde in der Kritik
– Wikileaks Brasil: EUA força França e Espanha a aceitar transgênicos

FONTE: ANOVAORDEMMUNDIAL