A batalha tem sido contra uma Inteligência Artificial e os seus escravos humanos

Benjamin Fulford, 18 de Junho de 2012

Como diz o velho clichê, a verdade por vezes é mais estranha que a ficção. Evidências empíricas demonstram que a atual crise financeira tem sido causada por uma inteligência artificial. Esta inteligência artificial nasceu de um sistema monetário que não foi baseado na realidade, mas era parasita da realidade.

É por isso que a maioria das transações no mercado financeiro hoje em dia são realizadas por computadores e não por humanos. É por isso que estão tentando eliminar todos os negociantes humanos da Chicago Mercantile Exchange. É por isso que uma pequena elite humana ainda vivem uma vida astronomicamente rica e têm estado a promover o uso de drones e robotoids para substituir soldados humanos que já não obedeciam ordens. É por essa razão que tantos jovens estão reduzidos à escravidão e ás drogas pela elite e alguns estão fugindo para a realidade virtual.

Bem, a realidade desferiu um contra-ataque fatal contra a matriz monetária conhecida por alguns como Satanás.

Conforme mencionado anteriormente, a intensa cobertura da mídia sobre a ”crise financeira” e a ”crise europeia” ignorou o elefante na sala. O que aconteceu é que as pessoas que produzem coisas reais no mundo real não estão mais prestando homenagem à besta financeira em Wall Street e City of Dondon, e os escravizadores de mentes no Vaticano e os valentões em Washington D.C. Continuar a ler

Chantagem nuclear nos EUA, Europa, Brasil

Jim Stone, jornalista freelancer, 8 de janeiro de 2012

Há uma razão misteriosa pela qual os governos de vários países estão fornecendo resgates financeiros maciços aos bancos Illuminati, contraindo dívidas que irão destruir a economia mundial. Há uma razão misteriosa pela qual os governos em todo o mundo estão simultaneamente indo contra a vontade de seu povo, em favor dos banqueiros Illuminati.

A principal estrategia dos illuminati tem sido contrabandear armas nucleares sob o disfarce de contratos de segurança. Estes contratos de segurança usam equipamentos “proprietários” que são fornecidos pelos israelenses. Câmeras de segurança “biscopic” são produzidas e montadas por empresas de segurança que operam sob o comando da Mossad. Magna BSP, a empresa que forneceu “segurança” para usina nuclear de Fukushima é um deles. Durante a investigação sobre Magna BSP descobri que além do Japão eles tem contratos de segurança nos Estados Unidos, Alemanha e Brasil. Todos esses 4 países forneceram resgates financeiros generosos aos bancos sionistas.

Esta câmera é um protótipo e o desenho final será semelhante. Vários tipos de equipamentos grandes podem ser disfarçados como dispositivos de segurança e podem também acondicionar uma bomba nuclear.

Pode haver uma razão clandestina para a escassez mundial de Hélio-3 que é necessário no tipo de detectores que detectam uma arma nuclear? Você pode esconder prótons e nêutrons, mas são difíceis de bloquear totalmente, e neutrinos são quase impossíveis de bloquear totalmente – você não pode esconder uma arma nuclear se usar um tipo especifico de detector que usa o hélio-3.

Eles têm armas nucleares em áreas-chave dos EUA, Alemanha, Brasil e Japão, e tem planos para infiltrar armas nucleares em muitos outros países. Eles têm sido capaz de produzir centenas de armas nucleares a partir do reator nuclear de Dimona, e roubaram dos EUA material nuclear suficiente para fazer milhares de bombas atômicas adicionais. Eles mantêm o mundo como refém. Se alguém disser alguma coisa, eles são mortos. Se um país vai contra os interesses deles, e não se submete financeiramente, BOOM. Um terremoto, um tsunami, um meteoro, ou ataque terrorista serão responsabilizados pelo holocausto nuclear.

Fonte: http://www.jimstonefreelance.com/blackmail.html

Nota: Sionistas são falsos judeus, o nacional socialismo de Hitler foi financiado por bancos sionistas. Nacional Zionismo.

Massacre no Afeganistão: Mulheres e crianças são assassinadas

(CMI)  No Afeganistão militares norte-americanos violaram mulheres antes de assassiná-las. Notícias russo-iraniano – Iranian Press TV – diz que 20 soldados estão envolvidos no massacre.

Mais uma vez a imprensa mente descaradamente e sonega informações importantes à opinião pública sobre mais um massacre de civis indefesos no Afeganistão por parte das tropas invasoras. Testemunhas afirmam que cerca de 20 soldados estavam bêbados e rindo do massacre. Continuar a ler

Governo dos EUA admite que Forças Armadas obedecem à ONU e à NATO

Por BrasiL Indomável

Durante a audiência do comitê de Serviços Militares do Senado americano, em 7 de março de 2012, o secretário de Defesa ao Congresso dos EUA, Leon Panetta, e o chefe do Estado Maior, General Martin Dempsey, escancaradamente admitiram que a autoridade de declarar guerra não é exclusiva do Congresso americano (artigo I, seção 11 da Constituição – exceto em casos de resposta a um ataque real e iminente contra o território americano), mas que os Estados Unidos são subservientes e recebem ordens de ação militar das Nações Unidas e da NATO, que são organismos internacionais sobre os quais o povo americano não tem nenhuma influência democrática.

Assista ao trecho da audiência do Senado em que Panetta admite que a soberania dos EUA está entregue aos organismos internacionais, veja aqui

Por André o’Zaca

O testemunho de Panetta, afirmando que a ONU e a OTAN têm autoridade suprema sobre as ações das Forças Armadas americanas, palavras que efetivamente declaram que o Congresso é apenas uma instituição cerimonial, fez com que o representante (equivalente a deputado federal) Walter Jones introduzisse uma resolução reafirmando que tal comportamento é um “crime grave e sujeito a um processo de impeachment”, de acordo com a Constituição dos EUA.

Apesar dos esforços do Pentágono de alegar que as palavras de Panetta foram mal interpretadas, o governo tem citado frequentemente a autoridade das Nações Unidas em relação à invasão do ano passado na Líbia, a qual foi conduzida sem aprovação do Congresso. Em carta ao Congresso, Obama disse que o ataque militar foi “autorizado pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas”.

Este posicionamento de Panetta, colocando poderes internacionais acima do poder legislativo americano, demonstra abertamente que eles não mais representam o povo daquele país e sim a interesses globalistas, o que abre caminho para a instituição de uma ditadura global e de um exército mundial que desrespeitarão a soberania de qualquer país do planeta. Mais informações aqui.

Fonte: BrasiLIndomaveL

Saiba mais:

Simbologia Illuminati em Notas de Dólar

A mudança no poder financeiro está quase completa: Nova Ordem Mundial

Já é matematicamente impossível liquidar a dívida dos EUA

Rússia: Dentro da Nova Ordem Mundial Illuminati

Por ”Sonja” (henrymakow.com) 11 Nov 2009

Tradução Google

As pessoas no ocidente ver a Rússia de Putin através de óculos cor-de-rosa [fornecida pelos meios de comunicação.] E a realidade não é nem um pouco cor-de-rosa.

Após banditismo e anarquia do reinado de Yeltsin, os russos queriam ”mão forte”. E aqui vem Putin. Em primeiro lugar, todo mundo era suspeito. Dentro de meio ano Putin passou de um burocrata desconhecido para se tornar Primeiro-ministro e Presidente. Ele foi nomeado pelo próprio Eltsin.

Quem é Putin? Ele é um ex-oficial da KGB. Nasceu em São Petersburgo em uma família simples de trabalhadores. Sua mãe é judia. Quando ele chegou ao poder ele disse: ”Temos que limpar a bagunça”.

FSB é uma agência russa de inteligência que sucedeu a KGB. FSB significa Federal Security Service. Essa é a palavra-chave na Rússia. Seu principal significado é corrupção. Temos um governo oculto da FSB. Eles estão por trás de todos os oligarcas russos. Continuar a ler

China dentro Nova Ordem Mundial: Tríades e Illuminati

Por St. John Bartholomew (henrymakow.com)

Tradução: Google

O povo chinês se revoltaria contra a dominação estrangeira evidente, porém abraçaria o seu lugar na Nova Ordem Mundial se eles acreditassem que estavam no controle.

Pequim – A elite chinesa é uma fusão entre a liderança comunista, magnatas de Hong Kong e criminosos Tríades. Todas as três facções derivam seu poder da colaboração com Illuminati.

A China aparenta ser autônoma porque os Illuminati assumiram o país internamente, financiando partidos políticos ”comunistas” jorrando slogans nacionalistas. O raciocínio era que o povo chinês se revoltaria contra a dominação estrangeira visível, porém abraçaria o seu lugar na Nova Ordem Mundial se eles acreditassem que estavam no controle.

Lord Bertrand Russell revelou este plano em um relatório publicado em 1920:

A superpotência comunista-fascista que conhecemos hoje foi criado na segunda metade do século 20 pela dialética fictícia da Guerra Fria do comunismo versus capitalismo. Continuar a ler

China: Ascensão e Queda: A História e o Futuro

James Petras 3 de junho de 2012

Tradução: Google

Introdução: O estudo do poder mundial tem sido marcada por historiadores Eurocêntricos que têm distorcido e ignorado o papel dominante desempenhado pela China na economia e tecnologia mundial entre 1100 e 1800.

John Hobson [1] pesquisador brilhante sobre a história da economia mundial durante esse período oferece uma abundância de dados empíricos provando a superioridade econômica e tecnológica da China sobre a civilização Ocidental durante a maior parte do milênio antes de seu declínio no século 19.

O reaparecimento da China como potência econômica mundial levanta questões importantes sobre o que podemos aprender com sua ascensão e queda e sobre as futuras ameaças internas e externas que confrontam esta superpotência econômica emergente. Continuar a ler