Começam as negociações de paz com Illuminazis

Benjamin Fulford, 5 de Junho de 2012

A cabala que ilegalmente tomou o poder no mundo ocidental e tentou estabelecer uma ditadura fascista global conhecida como a Nova Ordem Mundial está tentando negociar uma transição pacífica para um planeta mais são. Apesar de haver muitas coisas que não podemos discutir para não comprometer as negociações em curso, as conversações estão centradas em como realizar uma transição suave dos combustíveis fósseis e energia nuclear e como criar uma relação harmoniosa entre o Leste, Oeste, Norte e Sul. Está muito claro que as famílias que possuem a Reserva Federal dos EUA estão agindo demasiado tarde e oferecem muito pouco para evitar uma revolução contra o seu governo secreto. Também vale mencionar que a reunião de Bilderberg que acabou de terminar transformou-se numa distração da mídia para desviar a atenção das reuniões secretas que estão acontecendo, como aquela prevista para 21 de junho.

A reunião de 21 de Junho deverá ter lugar em Kimball Castle no Colorado e será composta por pessoas como os Bush que dão ordens aos lacaios que frequentam as reuniões de Bilderberger. Encontros anteriores tiveram sacrifícios humanos. O seguinte site tem boas informações sobre isto: http://www.stewwebb.com/bush_satanic_rituals_and_human_sacrifices_01172010.htm Continuar a ler

Anúncios

Relatório interno de acordos financeiros secretos

Benjamin Fulford  08-05-12

As eleições deste último fim de semana na Europa mostraram a reação popular inevitável contra as medidas de austeridade impostas pelo governo. O problema é que os novos governos irão também encontrar suas bolsas vazias, a menos que comecem a falar com a Sociedade do Dragão Branco. Desta vez, eles precisam enviar representantes oficiais das embaixadas com identificações válidas e não outro grupo de agentes anônimos. Quando o novo sistema financeiro começar e os criminosos forem removidos do núcleo do sistema ocidental, o dinheiro irá derramar-se como chuva na Europa.

As linhas básicas do novo sistema financeiro são as seguintes: Os dólares norte-americanos pertencentes a pessoas de fora dos EUA (e aqueles criados antes de 2008 nos Estado Unidos) serão apoiados pelo ouro e uma cesta de commodities e outras moedas. Este será o novo dólar internacional (ou talvez Iene ou Yuan internacional) e será utilizado para facilitar o comércio mundial. O Euro será dividido em uma Deutschemark fortificado compartilhado pelos países nórdicos enquanto os países do mediterrâneo reverterão para as suas moedas tradicionais e serão desvalorizadas até as suas economias se tornarem competitivas novamente. Isto será seguido por uma remissão massiva da dívida. Para ler mais sobre as manobras de bastidores que conduzirão ao nascimento do novo sistema financeiro, por favor ajude a financiar as nossas investigações assinando este boletim ou então, se não puder pagar, peça a um amigo para lhe enviar uma cópia por email.

A criação do novo sistema financeiro envolve uma reunião entre alguns antigos parceiros de negócios obscuros: a CIA e as suas contrapartes sociedades secretas asiáticas dos dias de Triângulo Dourado (Guerras do Ópio). Desta vez, em vez de tratar de heroína e ópio (embora o triângulo dourado pode estar de volta nesse negócio) vai lidar com o ouro negro. Isso vai assegurar o financiamento contínuo do complexo militar-industrial da sociedade secreta até que eles sejam capazes de reestruturar as suas organizações para que sejam mais uma vez auto-suficientes. Todos os Maçons, P2, Sociedade Thule e outros grupos secretos, podem juntar-se à festa entrando em contato com a Sociedade do Dragão Branco. A condição está ligada a um acordo para participar de uma campanha maciça para reduzir a pobreza, parar a destruição ambiental e liberar tecnologia suprimida. Continuar a ler

Prefácio do livro: A Fraude do Aquecimento Global

Neste livro [«A Fraude do Aquecimento Global», da autoria de Geraldo Luís Lino], o leitor encontrará os conceitos básicos para o entendimento do aquecimento global e como este fenômeno natural foi transformado em uma falsa emergência mundial – o que não se sustenta, em face das evidências científicas e das urgências reais que afligem a humanidade. O clima da Terra é um sistema muito complexo e que tem variado naturalmente ao longo de sua existência, forçado por agentes, quer externos – como oscilações das atividades solar e vulcânica, dos parâmetros orbitais terrestres e até de raios cósmicos galácticos – quer internos – como as variações das temperaturas da superfície dos oceanos e da cobertura de nuvens. O clima não está e jamais esteve em equilíbrio, estático. Continuar a ler

Aquecimento global é embuste, diz um cientista

Por Carlos Madeiro
Especial para o UOL Ciência e Saúde 11/12/2009

Com 40 anos de experiência em estudos do clima no planeta, o meteorologista da Universidade Federal de Alagoas Luiz Carlos Molion apresenta ao mundo o discurso inverso ao apresentado pela maioria dos climatologistas. Representante dos países da América do Sul na Comissão de Climatologia da Organização Meteorológica Mundial (OMM), Molion assegura que o homem e suas emissões na atmosfera são incapazes de causar um aquecimento global. Ele também diz que há manipulação dos dados da temperatura terrestre e garante: a Terra vai esfriar nos próximos 22 anos.

Em entrevista ao UOL, Molion foi irônico ao ser questionado sobre uma possível ida a Copenhague: “perder meu tempo?” Segundo ele, somente o Brasil, dentre os países emergentes, dá importância à conferência da ONU. O meteorologista defende que a discussão deixou de ser científica para se tornar política e econômica, e que as potências mundiais estariam preocupadas em frear a evolução dos países em desenvolvimento. Continuar a ler

É Hora de Atacar a Bastilha: viva a revolução!

Benjamin Fulford, 13 de março de 2012

A guerra financeira que tem sido travada intensamente pelo menos desde 2001 pode estar finalmente terminando. Nesta semana, um esforço de três frentes para convencer a cabala bancária Luciferiana a se render está sendo realizado. Em uma ponta, o governo chinês anunciou que vai iniciar a instalação em massa de dispositivos de energia solar e eólica em telhados em todo o mundo, a fim de libertar a humanidade da rede de energia controlada pela cabala.

Em outra vertente, os bancos centrais controlados pela cabala serão convidados a fazer o bem pelas promessas não cumpridas redimindo instrumentos financeiros lastreados em ouro que foram roubados de vítimas do Holocausto durante a 2ª Guerra Mundial.

A terceira parte ainda está sendo mantido em segredo, mas essencialmente é uma promessa para iniciar uma revolução de baixo para cima em países controlados pela cabala como Itália, França, Alemanha, Reino Unido e os EUA a menos que esses países parem com suas guerras incessantes. Continuar a ler

Novo sistema financeiro mundial: 12 trilhões de dólares

Benjamin Fullford 3 Abril 2012

A newsletter desta semana foi adiada por um dia por causa de sensíveis negociações em curso envolvendo os BRICS, americanos e japoneses entre outros. As negociações ainda estão em andamento e há muito ainda que não podemos informar. No entanto, podemos confirmar que o governo japonês concordou em princípio com a distribuição de 1000 trilhões de ienes (12 trilhões de dólares) de fundos a serem utilizados para acabar com a pobreza, destruição ambiental e lançar a tecnologia anteriormente proibida de forma responsável. O problema agora é como administrar as enormes repercussões geopolíticas que este fundo irá criar. Continuar a ler

Wikileaks seria um projeto de desinformação da CIA

Os reais objetivos de Wikileaks não são claros, o seu site é nebuloso, o seu fundador opaco

Este tipo de divulgação de documentos ditos secretos não é transparente.
O fluxo de informação parece demasiado coordenado e orquestrado. Mais parece que estamos perante um projeto de manipulação mediática, fabricado ao mais alto nível.

Wikileaks: muitas dúvidas

Quando visitamos o site da Wikileaks, o que mais espanta é a enorme quantidade de documentos. Ao longo da história algumas dezenas de documentos secretos foram divulgados ao público, mas nunca uma quantidade desta dimensão. Parece que subitamente resmas de arquivos secretos da CIA foram postas à disposição de uma única organização.

Outro fato estranho, é que no site da Wikileaks apesar de centenas de milhares de documentos, estes estão classificados por categorias e permitem a consulta de qualquer documento por tema. Os próprios fundadores admitem que não conhecem o conteúdo de muitos dos documentos, dado o enorme volume de dados. Não deixa de ser curioso este trabalho gigantesco de classificação que deve ter sido obra de uma grande coordenação, não sendo o resultado de qualquer grupo amador.

Tanta informação de tantos centros diplomáticos em simultâneo faz pensar que, ou todos os seus sistemas são permeáveis, o que não deixa de ser estranho, ou que estas informações foram disponibilizadas ao mais alto nível.

Como é que de repente, aparecem tantos documentos secretos?
Porque é que estes documentos são publicados em simultâneo e não ao longo do tempo?

Porque é que não existe uma única referência a Israel, país com uma grande cumplicidade com os Estados Unidos?

Porque é que os jornais escolhidos pela Wikileaks são sempre os controlados pelos grupos financeiros americanos?

Wikileaks é um site nebuloso e o seu fundador, Julian Assange, uma personagem ainda mais nebulosa que não gosta de falar do seu passado. E justamente o passado de Julian Assange tem fatos curiosos. Um deles prende-se com o episódio em que apenas saído da adolescência, já ter sido acusado de ter invadido arquivos secretos do Pentágono. Será credível que um hacker deste calibre não fosse vigiado de perto ou detido pela CIA e ainda tenha conseguido criar um site e recolher documentos secretos sem o conhecimento e a intervenção desses serviços secretos.

O princípio do fim da liberdade na internet?

Os Estados Unidos garantem que os documentos revelados põem em perigo a segurança mundial.

A mensagem que querem fazer passar para a opinião pública é que a livre informação é perigosa, logo tem de ser controlada. Não tardará muito que a liberdade de opinião na internet seja enquadrada legalmente em nome da segurança, tal como as liberdades individuais estão a ser limitadas em nome do terrorismo.

Fonte: noticias-alternativas.blogspot.com