A batalha tem sido contra uma Inteligência Artificial e os seus escravos humanos

Benjamin Fulford, 18 de Junho de 2012

Como diz o velho clichê, a verdade por vezes é mais estranha que a ficção. Evidências empíricas demonstram que a atual crise financeira tem sido causada por uma inteligência artificial. Esta inteligência artificial nasceu de um sistema monetário que não foi baseado na realidade, mas era parasita da realidade.

É por isso que a maioria das transações no mercado financeiro hoje em dia são realizadas por computadores e não por humanos. É por isso que estão tentando eliminar todos os negociantes humanos da Chicago Mercantile Exchange. É por isso que uma pequena elite humana ainda vivem uma vida astronomicamente rica e têm estado a promover o uso de drones e robotoids para substituir soldados humanos que já não obedeciam ordens. É por essa razão que tantos jovens estão reduzidos à escravidão e ás drogas pela elite e alguns estão fugindo para a realidade virtual.

Bem, a realidade desferiu um contra-ataque fatal contra a matriz monetária conhecida por alguns como Satanás.

Conforme mencionado anteriormente, a intensa cobertura da mídia sobre a ”crise financeira” e a ”crise europeia” ignorou o elefante na sala. O que aconteceu é que as pessoas que produzem coisas reais no mundo real não estão mais prestando homenagem à besta financeira em Wall Street e City of Dondon, e os escravizadores de mentes no Vaticano e os valentões em Washington D.C. Continuar a ler

Anúncios

Começam as negociações de paz com Illuminazis

Benjamin Fulford, 5 de Junho de 2012

A cabala que ilegalmente tomou o poder no mundo ocidental e tentou estabelecer uma ditadura fascista global conhecida como a Nova Ordem Mundial está tentando negociar uma transição pacífica para um planeta mais são. Apesar de haver muitas coisas que não podemos discutir para não comprometer as negociações em curso, as conversações estão centradas em como realizar uma transição suave dos combustíveis fósseis e energia nuclear e como criar uma relação harmoniosa entre o Leste, Oeste, Norte e Sul. Está muito claro que as famílias que possuem a Reserva Federal dos EUA estão agindo demasiado tarde e oferecem muito pouco para evitar uma revolução contra o seu governo secreto. Também vale mencionar que a reunião de Bilderberg que acabou de terminar transformou-se numa distração da mídia para desviar a atenção das reuniões secretas que estão acontecendo, como aquela prevista para 21 de junho.

A reunião de 21 de Junho deverá ter lugar em Kimball Castle no Colorado e será composta por pessoas como os Bush que dão ordens aos lacaios que frequentam as reuniões de Bilderberger. Encontros anteriores tiveram sacrifícios humanos. O seguinte site tem boas informações sobre isto: http://www.stewwebb.com/bush_satanic_rituals_and_human_sacrifices_01172010.htm Continuar a ler

Fontes internas prevêem feriado bancário e fim do Euro em Setembro

Benjamin Fulford, 28 de maio de 2012

O confronto final na guerra financeira em curso parece estar iminente. As 140 nações da aliança BRICS estão preparando uma oferta para comprar todos os dólares americanos e substituí-los por uma nova moeda baseada em uma cesta de commodities, inclusive metais preciosos, de acordo múltiplas fontes. Após este movimento, qualquer moeda impressa pelo sindicato do crime da Reserva Federal dos EUA não será aceito como moeda pelo grupo de 140 nações. Isto forçará um jogo final para o grupo criminal que ilegalmente tomou o poder nos Estados Unidos.

Porém antes disto, haverá um feriado bancário de 5 dias na Europa, seguido pelo fim do Euro e a reintrodução das antigas moedas nacionais como o Marco Alemão e o Dracma, dizem as fontes da família Rothschild. A situação, no entanto, continua altamente volátil e há sinais de perigosas manobras de fim de jogo. Continuar a ler

É hora de parar de financiar os EUA

Benjamin Fulford 22-05-12

Gostaríamos de começar este relatório semanal com uma mensagem especial ao presidente da China, Hu Jintao: O povo chinês pediu ao criador para garantir a ascensão pacífica da China para o centro do palco mundial. Foi-lhe dito que isso aconteceria, mas você prometeu acabar com a pobreza e parar a destruição ambiental. Você já presidiu um dos maiores períodos da longa e gloriosa história da China.

Contudo, não foram capazes de acabar com a pobreza e parar a destruição ambiental. Nós pedimos para que por favor não obstrua o caminho de pessoas que desejam realizar esses objetivos. Especificamente, nós gostaríamos que você parasse de subsidiar o governo corporativo fascista ilegal de Obama com dinheiro chinês. Só em 2011 você sozinho forneceu-lhes $295 bilhões em subsídios chineses. Por favor pare de fazer isso. Obrigado.

E agora a notícia:

O culto satânico que tomou o poder na Europa ocidental e nos Estados Unidos agora é uma besta ferida e perigosa ameaçando outra vez desencadear o terror nuclear. Uma fonte de serviços de inteligência britânica disse que uma bomba nuclear que estava destinada a explodir em Londres era um SS19 Ucraniano que tinha sido “reduzida” para gerar uma explosão máxima de 500 quilotons a 100 quilotons. A bomba em Londres foi trazida num momento em que por razões misteriosas alguém sênior do Ministério da Defesa britânica ordenou que todos os AWACS mantivessem-se em solo, disse ele. Esta arma foi então da Inglaterra para a Alemanha e agora pode estar no Japão, disse ele. Aviões AWACS devem ser capazes de detectar a bomba durante o transporte, porque ela está sem blindagem.

Estes mísseis nucleares faziam parte de um lote vendido pelo negociante de armas russo Viktor Bout, dizem as fontes. O Irão também comprou algumas dessas armas, disse ele.

Essa nova informação se encaixa com o que outras fontes, incluindo um agente do FSB de apelido Richard Sorge e um parente próximo do Xá do Irã, disse.

Este grupo satânico irá dar outro empurrão para iniciar a 3ª Guerra Mundial no Irão, ele e outras fontes disseram. Continuar a ler

A guerra financeira está acelerar-se com prisões e assassinatos

Benjamin Fulford 5-3-12

A guerra financeira em curso está acelerar-se com prisões e assassinatos sendo visto em todos os lados. George Bush pai e Bill Gates foram detidos na semana passada por sabotar o novo sistema financeiro após serem apontados por Timothy Geithner, dizem fontes do Pentágono. Os cabalistas e sindicatos criminais da Reserva Federal, por sua vez, assassinaram o Lord James Blackheath em 29 de fevereiro, depois que ele denunciou o roubo de US$ 15 trilhões na Câmara dos Lordes britânica. A Sociedade do Dragão Branco, por sua vez, expôs o boletim interno visando a prisão imediata para interrogatório do ex-chefe de polícia de Hong Kong Peter Stevens.

Stevens é procurado por acusações de contrabandear para o Japão a arma nuclear que foi usada para desencaderar tsunami nuclear contra o Japão com consequente terremoto em 2011. Stevens está atualmente localizado no Iate Clube Puerto Galera nas Filipinas.

A família illuminati gnóstica e o grupo de hacker Anonymous também concordaram em unir forças com a Sociedade do Dragão Branco com um programa de ataques a Monsanto e outras fortalezas da cabala. Os Rockefellers, Krügers e Openheimers e Mellon e Warburgs, Rothschilds, Bushes, Morgans e outras famílias da cabala serão sistematicamente caçadas se eles não se renderem dentro de 31 de março.

A Família Dragon Royal Society, neste meio tempo, proveu a este escritor com mais informações sobre a guerra financeira em curso. A família do dragão forneceu uma cópia de um documento (que iremos publicar em nosso site gratuito esta semana) que foi entregue aos bancos centrais do mundo um ano atrás. De acordo com este documento, todos os 69 “países de primeiro e segundo mundo”, juntamente com 225 outros grupos soberanos, assinaram contrato para o novo sistema financeiro. Os principais financiadores deste sistema incluem as forças militares da Rússia, a China e elementos dos EUA, segundo uma fonte da família do Dragão. As antigas famílias reais do mundo concordaram em financiá-lo, inicialmente, com 15 trilhões dólares apoiados por ouro, jóias e tesouros de propriedade da realeza. Estas são as mesmas famílias que financiaram o primeiro sistema de Bretton Woods, que foi sequestrado nos anos do pós-guerra pelas famílias que possuem a Reserva Federal. O novo sistema eliminaria toda a propriedade privada dos bancos centrais, bem como a contabilidade “fora dos livros”.

Além disso, a família Dragão concordou em fornecer as nações, financiamento para limpar as suas dívidas e construir nova infra-estrutura e outros gastos que visam “o desenvolvimento harmonioso.” O financiamento é vetado por representantes de 10 grandes religiões do mundo sediados em Roma. Ele pode ser verificado através de “DTC Euro Clear banks e Federal Reserve Board telas azul, cinza e preta,” the DF document states.

A oposição a este novo sistema está sendo executada pelo Conselho da Reserva Federal e famílias banqueiras e seus Bilderberg, CFR, tenentes da Comissão Trilateral. Eles ainda estão emitindo dólares fiduciários que são aceitos dentro de EUA, Alemanha, Reino Unido, Itália, França e Suíça. O resto do mundo (e uma grande parte do estabelecimento bancário suíço) se recusam a aceitar estes dólares fraudulentos, mas constantes tentativas estão sendo feitas pelos cabalistas para lavar seu dinheiro. Eles também têm uma ampla lista de políticos e outros corretores poderosos que eles subornaram e chantagearam em todo o mundo.

Os cabalistas também tentaram matar ou então congelar os bens de adeptos do novo sistema. Apesar disso, um número crescente de bancos têm desafiado as famílias de banqueiros e “cruzaram a linha de piquete”, em apoio ao novo sistema. Basta perguntar a um banco se eles são compatíveis com Basel 3 ou não, e você pode descobrir de que lado eles estão trabalhando.

O representante da Família Dragão também disse que a controvérsia sobre quem tinha os direitos sobre os tesouros das famílias reais poderia facilmente ser resolvido em um tribunal de direito. Eles afirmam que a Dam R.C. era uma fraude criada pelas famílias bancárias. Eles acrescentam que Eddie Soekarno era titular legal de “alguns” bens de família do dragão.

A batalha pelo controle do sistema financeiro tomou uma virada decisiva na semana passada, quando Bill Gates foi detido sob a acusação de sabotar o novo sistema financeiro. George Bush pai é a pessoa que prestou depoimento sobre Bill Gates, segundo fontes do Pentágono.

A Dragon Family Royal Society indicou que apoiam o plano de fundação da White Dragon Foundation para a criação de uma agência de planejamento econômico meritocratica que iria trabalhar em harmonia com os seus planos.

O grupo anti-linhagem gnóstica tem insistido na criação de uma agência deste tipo, como condição para eles cancelar o caos em massa e grandes manifestações planejadas na Europa e os EUA a partir de abril.

O grupo de hackers Anonymous também prometeu atacar sistematicamente todas as empresas ligadas a cabala, meios de comunicação, os indivíduos e os centros de poder em uma campanha de pressão e intensidade cada vez maior.

No Japão, da mesma forma, os preparativos para um golpe de Estado contra todos os políticos, banqueiros e meios de comunicação controlados pela Cabal estão quase completos. Essas pessoas já sabem que os seus dias no poder no Japão terminaram.

Uma delegação da China chegou ao Japão nesta semana para discutir a transição para um novo regime no Japão e unificação da península coreana. Eles também irão discutir a reformulação das instituições internacionais como a ONU, o BIS, o Banco Mundial, o Tribunal Mundial e do FMI.

“Atualização sobre a “morte” do Lord James Blackheath. Um porta-voz da Câmara dos Lordes do Reino Unido disse que “na medida em que sabemos ele está vivo e bem.”

Saiba mais:

A rainha Victoria era a filha ilegítima de Rothschild

A implosão da Federal Reserve e BCE: Novo bloco econômico

A queda da elite satânica está a decorrer sem problemas

Ditador norte coreano Kim Jong II foi assassinado

A mudança no poder financeiro está quase completa: Nova Ordem Mundial

Reunião secreta de 57 ministros das Finanças

Antiga Ordem Mundial

Planos do Comitê dos 300

Antiga Ordem Mundial

Planos do Comitê dos 300

Brutal empobrecimento do Brasil feito por Londres: 120 bilhões por ano

Publicado na revista Executive Intelligence Review(EIR), 5 de março de 2010.

Por Dennis Small and Gretchen Small

Obs: “carry trade” significa tomar dinheiro emprestado em um país a juros baixos, aplicar numa região que pague juros mais altos, pegar o lucro e aplicá-lo em outro país.

A profissão de mágico é antiga – talvez a mais antiga. O dicionário define um mágico como sendo aquele que é “perito em enganar as pessoas por destreza manual ou aparelhos preparados”. Shakespeare era mais direto: para ele mágico era um enganador, um falsário.

Os mágicos enganam suas vítimas convencendo-as que aquilo que seu sentido de percepção lhe diz, não importando o quanto seja bizarro, é a realidade. Aquí se muestra: “El Alquimista” (1558) por Peter Bruegel el Viejo.

Na política é um estratagema mortal executado como política pela oligarquia Veneziana, que os leitores de “The Ghost-Seer” de Friedrich Schiller, ou de “The Bravo” de James Fenimore Cooper, irão se lembrar, talvez com um arrepio. A intenção dos mágicos venezianos é confundir suas vítimas convencendo-as que aquilo que seu sentido de percepção lhe diz, não importando o quanto seja bizarro, é a realidade. Dessa forma, não passa de um tipo extremo do empiricismo e utilitarismo Aristoteliano que permeiam a moderna sociedade e que são hoje incentivados por quase todas as universidades do mundo.

As vítimas desse embuste veneziano são fortemente pressionadas a rejeitar seu próprio julgamento sobre o que estão “vendo”. Mas, para ter sucesso, o mágico também necessita que a vítima deseje abandonar sua descrença, ou seja, que, em determinado estágio, concorde em ser enganada.

E, naturalmente, todo mágico de sucesso sabe que deve colocar um ou dois parceiros no meio da platéia para testemunhar, reforçando a argumentação de forma que todos ouçam: “Vejam! Vejam! A Lua é realmente feita de queijo verde! Eu vi com meus próprios olhos”

Como indicado pelo carry trade brasileiro, o que você vê nem sempre é o que você recebe: Tomemos por exemplo o escândalo do jogador Ronaldo, ele acreditava que eram três prostitutas. Descobriu-se que eram travestis, incluindo a famosa Andreia Albertini, na foto, que tentou extorquir Ronaldo.


É o caso da União Européia e seu sistema monetário baseado no euro. Está totalmente falida, desmoronando a partir de um centro – não na Grécia, como a mídia internacional esta cansada de mentir – mas na Espanha e no Reino Unido, tendo como agente destruidor principal o banco espanhol, dirigido por Londres, o Santander.

Para os ingênuos, a ilusão mágica de liquidez financeira na região foi mantida até há pouco tempo por uma inflada bolha imobiliária (notadamente na Espanha e Inglaterra), e, especialmente, pelo carry trade do Brasil, um esquema internacional Ponzi, que, por décadas, tem dado aos especuladores financeiros uma taxa anual de 25% de retorno no capital aplicado proveniente de uma rapinagem extrema da população brasileira e da nação.

Gênios do Mal: O papel de mestre dos mágicos está sendo feito pela Casa Rothschild – instalada no Brasil há mais de 200 anos. Lord Jacob Rothschild supervisiona a gigante pirâmide de Ponzi, conhecido como carry trade do Brasil, enquanto seu filho Nat, trabalha com o grupo Brasilinvest, um pioneiro na privatização da economia brasileira.

Nesse caso, o papel de mestre dos mágicos está sendo feito pela Casa Rothschild – instalada no Brasil há mais de 200 anos. Entre seus alvos despreparados, estão ainda as nações estratégicas da Rússia, China e Índia, precisamente os países que Lyndon LaRouche tem indicado como um uma combinação necessária de potências, delado dos Estados Unidos, para retomar a política de Franklin Roosevelt, com o objectivo de establecer uma aliança de Quatro Potências no intuito de substituir o atual sistema financeiro imperial britânica já quebrado, com um novo sistema de crédito internacional conformado para fomentar o desenvolvimento atráves de alta technologia.

A mágica dos enganadores chama sua fraude de BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), uma concha vazia, uma ilusão com a única finalidade de descarrilhar a proposta das Quatro  Potências proposto por LaRouche, convencendo esses países que os Estados Unidos e seu dólar estão sendo destruídos e que o sistema Britânico do euro vai tomar seu lugar, com o apoio do carry trade brasileiro.

Em fevereiro desse ano, LaRouche declarou:

“Por exemplo, vejamos o caso da Rússia. Atualmente lá se instalou uma facção, comandada por pessoas como Chubais, Gorbachev e outros traidores sovieticos, que alega ser a controladora não só da existência política da Rússia, como também do chamado Grupo dos Quatro (o BRIC), criado há varios anos. Esse grupo está alicerçado quase que inteiramente na suposição de que o carry trade brasileiro representa dinheiro verdadeiro. Estão errados. O carry trade se fundamenta em nada, nada, essencialmente. E agora, está desmoronando. O atual sistema financeiro internacional está agonizando.”

Examinando o carry trade brasileiro, o que faremos em detalhes mais baixo, vem à lembrança o escândalo do jogador de futebol Ronaldo, que em abril de 2008, após deixar sua namorada em casa, foi caçar prostitutas. Com três delas, já no motel, Ronaldo descobre que elas eram realmente eles. Na polícia, Ronaldo declarou que eles tentaram extorquir-lhe, liderados por Andréia – André Luiz Ribeiro Albertino.

Conclusão: as aparências enganam. Isso se aplica inteiramente tanto ao universo físico e político da Rússia, China e Índia, já que foram enganadas da mesma forma que Ronaldo. O carry trade brasileiro, como “Andréia”, não é aquilo que aparenta ser.

`O sistema financeiro é um defunto’

Em 16 de fevereiro, LaRouche resumiu a situação financeira global.

“É necessário perceber que a bolha financeira internacional que domina o mundo atualmente, é uma bolha inglesa, caracterizada pelo grupo que a criou, sendo Lord Rothschild a peça chave desse grupo. E a natureza da situação é muito mais grave do que a imprensa noticia.

“A maior parte da riqueza nominal no mundo é baseada em diversas falácias, ou seja baseada em mostrar as riquezas de outros povos como riquezas suas, sendo bastante difícil encontrar riquezas reais em toda essa bagunça.

“Um caso típico é o Banco Santander. Está totalmente falido. O que aconteceu nele é que foram registrados como créditos os débitos de terceiros! Não existe ganho! Tudo é fraude. Ninguém está de posse dos ativos, do valor real, que terceiros dizem ser deles. Assim, se criou um cenário onde a real massa de transações relacionadas com a produção ou a propriedade, encolheu a um percentual irrisório do total da riqueza nominal.

“A riqueza nominal total está desestruturada, ou seja, manda-se dinheiro que não se possui para terceiros, fazendo viagens de ida e volta. Então, quando se quer reconciliar esses débitos, utilizando os bens reais que deveriam garanti-los, não se encontra nada.

“Essa perspectiva colocou todo o sistema mundial em estado de colapso. A qualquer momento, com o detonador adequado, essa porcaria de sistema vai simplesmente desmoronar. Todo o sistema financeiro internacional será destruído. Principalmente a parte controlada pelos britânicos – Brasil.”

E qual é o papel do carry trade brasileiro nessa fraude?

O que é o Brasil? O Brasil não passa de um grande fraude de carry trade. Quais são os bens que lastreiam esse carry trade? O medo dos credores da execução. Todo mundo receia um colapso, porque se alguém resgata seus ativos, outros também vão querer por a mão em ativos reais.

A riqueza do Brasil – mesmo em seu comércio e sua produção – depende do capital que passa pelo carry trade, que na verdade é um carry trade controlado pela Inglaterra, internacionalmente dirigido até agora, por Lord Rothschild. O mesmo Rothschild que, com sua benção pessoal, nos deu de presente o governador da Califórnia. A mesma família Rothschild que controlou em seu favor as ações de Napoleão, até que se livraram dele.

“O carry trade se baseia em nada – essencialmente em nada. E agora, o carry trade está afundando. O atual sistema financeiro internacional está agonizando. Na hora em que alguém deixe de acreditar no carry trade, tudo desmoronará numa reação em cadeia. É idiotice querer acreditar que o cadáver não está morto, ou seja, ficar levando o cadáver de um lado para outro.

“Devemos examiná-lo fisicamente. O mundo atualmente não está produzindo os bens necessários para manter a população e a economia mundiais. A parte que está garantida pelo valor real, o valor produtivo, está encolhendo, enquanto o débito está aumentando em ritmo astronômico, para saldar as promissórias que são emitidas lá fora para cobrir novos empréstimos, usados para saldar débitos atrasados.”

Europa: Um Castelo de Cartas

Essa realidade simples, descrita por LaRouche, é negada com veemência pela mídia internacional, que está comprometida com a tola versão de fingir que somente existe “uma crise de pagamentos grega que está afetando a zona do euro”.

Mesmo uma rápida análise nos débitos pode mostrar que, entre os países que a mídia inglesa gosta de chamar de PIIGS (Portugal, Irlanda, Itália, Grécia e Espanha), a Grécia representa menos de 10% na participação do débito total – público e privado – dos PIIGS, que está em fantásticos 3,4 trilhões de dólares.

Nenhum desses países pode saldar tais dívidas empurradas neles pelos bancos: nem a Grécia, nem a Irlanda (710 bilhões de dólares) e principalmente a falida Espanha (944 bilhões de dólares). O próprio Reino Unido provavelmente é o mais falido de todos, com uma gigantesca bolha imobiliária e uma indústria de base entrando em colapso. Como o “Guardian “ de Londres, reportava em 18 de fevereiro de 2010: “A Inglaterra possui um déficit relativamente alto e sua baixa taxa de crescimento aliada a inflação em alta estão levando alguns especularem que ela pode ser o próximo país a alarmar os mercados globais”.

Embora o pior bolha é os derivativos financeiras (centenas de trilhões de dólares), de quantias inimagináveis, que certamente são maiores que o débito da própria bolha. Assim, se a dívida verdadeiro de 3,4 trilhões de dólares, sozinha, é impagável, das bolhas secundárias nem se fala. Mas, mesmo assim, Londres requer austeridade e sacrifício humano para manter seu esquema Ponzi em ação.

O carry trade arruinando o Brasil

E qual é a fonte nominal de divisas necessária para manter viva a ilusão dos mágicos? O carry trade brasileiro.

Em recentes anos passados, os bancos internacionais, como o banco Santander gerenciado pelos ingleses, tomaram emprestados bilhões de dólares do Banco Central Europeu, e do FED (USA Federal Reserve) a baixíssimos juros de 1% ao ano. Então, transportaram esses fundos (carry) para lugares como o Brasil, onde são transformados em letras do tesouro nacional em reais, remunerados pela mais alta taxa de juros no mundo, em média 16% ao ano, nos sete anos em que o Brasil foi governado por Lula (desde 2003).

Quadro1 Lucro real em títulos de dívida pública do Brasil

 Ano 2000 01 02 03 04 05 06 07 08 09 Promedio 03–09
Dívida Pública (bilhões de reais) 563 680 896 934 982 1.035 1.113 1.201 1.154 1.345
Taxa de juros pagos
18% 17% 19% 24% 16% 19% 15% 12% 12% 10% 16%
Reavaliação de real -9% -22% -48% 18% 8% 12% 9% 16% -34% 27% 8%
Taxa de lucro total 8% -5% -29% 42% 25% 31% 24% 28% -21% 37% 24%
Total 00-09
Juros pagos (bilhões de reais) 99 119 173 220 161 198 170 145 144 136 1.564
Lucro en dólares (bilhões de dolares) 24 -13 -73 135 91 136 124 191 -102 284 797

Fonte: Banco Central do Brasil

A conseqüência disso é que o total de juros pagos pelo Brasil, nesta década a partir de 2000, para os compradores de bônus tanto nacionais como internacionais, atingiu a inacreditável cifra de 1,564 trilhões de reais (só juros – um valor de 870 bilhões de dólares, se atualizados ao câmbio atual) quase três vezes maior que o valor da dívida original que em 2000 era de 563 bilhões de reais

Qual é a mágica que o Brasil faz para manter tais remunerações? Na maior parte, captando mais capital para investir em mais bônus, que serão transformados depois em dívida – o clássico esquema Ponzi. Como conseqüência disso, a dívida pública do Brasil cresceu de 563 bilhões de reais em 2000 para 1,35 trilhões de reais em 2009, ou seja 782 bilhões de reais de novas dívidas.

De fato, essas novas dívidas perfazem exatamente a metade dos 1,564 trilhões de reais de juros pagos. A outra metade vem do esfolamento dos brasileiros (190 milhões de pessoas) cujo ativo doméstico foi drasticamente reduzido em detrimento às exportações para conseguir caixa para pagar o débito.

Como o Brasil consegue continuar atraindo tais volumes de capital estrangeiro? Em parte, oferecendo exorbitantes taxas de juros. Mas também, garantindo a valorização do real frente ao dólar, que assegura aos especuladores estrangeiros uma adicional margem de lucro em suas contas. Realmente, o dólar se valorizou em cada ano que Lula foi presidente, com exceção de 2008, quando houve a crise mundial.

Como conseqüência disso, a média de retorno do carry trade estrangeiro no governo de Lula, foi de assombrosos 24% ao ano. Nos seus seis anos sob o controle de Londres, o equivalente a 860 bilhões de dólares (ou cerca de 123 bilhões de dólares por ano) foram rapinados da economia brasileira e de seu povo.

Porém, como acontece com todos os esquemas Ponzi, no momento em que a escalada do fluxo pára, todo o castelo de cartas desaba, e a ilusão dos mágicos mostra sua verdadeira face: fumaça, espelho e genocídio.

O Mágico ilusionista: a Casa Rothschild

Pairando sobre o topo do lucrativo carry trade brasileiro está uma casa bancária que é o principal banco do Império Britânico, desde o tempo de Napoleão: a Casa Rothschild. Ao se analisar superficialmente as operações dos Rothschild no Brasil, imediatamente se depara com a operação do Império Britânico chamada BRIC, colocando o Brasil como falso líder com objetivo de destruir a Rússia, China e Índia.

O relacionamento dos Rothschild com o Brasil é tão profundo que no site da família Rotschild há uma página dedicada ao Brasil, a única nação a merecer tal honra. Eles se gabam que a “ligação entre o banco NM Rothschild & Sons e a nação brasileira vem desde a própria fundação do banco”, na primeira década do século 19.

O Brasil declarou sua independência de Portugal em 1822, mas não se tornou uma república: foi governado como império até 1889. Durante isso, NM Rothschild foi o principal banqueiro do Brasil, um império baseado na posse de escravos até 1888, somente um ano antes da sua queda.

Existiam pessoas, entre os que fundaram a república, que queriam aplicar aqui o sistema americano de economia de Alexander Hamilton, mas seus planos de industrializar e desenvolver o Brasil logo foram destruídos. Como o próprio arquivo dos Rothschild explica secamente: apesar de terem sido pegos de surpresa pela proclamação da república em 1889, “eles rapidamente se ajustaram à situação… O novo governo republicano manteve suas obrigações da dívida com os Rothschild”, que continuaram como banqueiros europeus para o governo brasileiro, “ajudando” a criar o novo banco central e o Banco do Brasil.

Nesta década, o processo ganhou velocidade. Na corrida eleitoral de 2002, o capital começou abandonar o país, devido ao medo que o governo de Lula transformasse a economia em um caos Jacobino, e até mesmo rompesse com os bancos. O receio de Londres aumentou em junho de 2002, com a visita ao país de Lyndon e Helga LaRouche, quando o sr. LaRouche se transformou em cidadão honorário de São Paulo. Nessa cidade promoveu várias conferências mostrando a necessidade de se abandonar o falido sistema financeiro internacional.

Londres também se esforçou para ganhar o Brasil. O banco Santander manteve suas linhas de crédito abertas para o Brasil; e Mario Garnero, o empresário que Lord Jacob Rothschild chama de “meu quarto filho” organizou uma viagem para os Estados Unidos para o alto escalão do PT, encarregado da campanha de Lula, onde tiveram uma agenda carregada, com reuniões inclusive em Wall Street e na Casa Branca com Bush.

O recado está dado: Lula é “nosso.”

“Lula o Homem do ano”

O que significa “nosso”? Garnero opera desde 1975 fora da empresa que fundou e dirige até hoje, o Grupo Brasilinvest, que foi o pioneiro nas privatizações e na globalização da economia brasileira. O Brasilinvest, que se descreve como o primeiro banco mercantil brasileiro, engloba a ralé que surgiu no topo do sistema financeiro anglo-veneziano, com acionistas e dirigentes como o filho de Jacob Rothschild, Nat Rothschild, o Banco Santander; o infame banco HSBC, com sua herança da guerra do ópio; o mais antigo banco do mundo, o Banca Monte dei Paschi di Siena, da Itália; a FIAT, da família Agnelli; o sócio de Soros, Carlo de Benedetti, presidente da Companie Industriali Riunite (CIR) e o Generale Bank, da Bélgica, com sua herança de terror praticada no Congo.

Em uma reportagem bajulatória, feita pela revista IstoÉ em 26/05/04, são descritas as armadilhas imperiais e as discussões que aconteceram na perdulária conferência anual do Conselho Internacional do Brasilinvest, ocorrida em Londres, sob a direção do próprio velho Jacob Rothschild e tendo como principal conferencista George H.W. Bush.

Foi nela que Jacob chamou Garnero de “seu quarto filho” e que o príncipe Andrew anunciou que o Brasil seria peça chave “tendo um papel estratégico na implantação de novas relações internacionais de comércio”, com Garnero atuando como um embaixador informal do Reino Unido. Andrew elogiou Garnero como um exemplo “de como o Brasil pode liderar para aproximar ainda mais as relações comerciais entre o Ocidente e os mercados do Oriente.”

Nessa “conferência” ainda participaram e ainda são membros da diretoria do Brasilinvest, dois empresários que também são peças chave da operação BRIC dos Rothschild: o rei do alumínio da Rússia e amigão de Nat, Oleg Deripaska, e o marajá imobiliário chinês e empresário, David Tang, da DWC Tang Development.

O lacaio dos Rothschild, Garnero foi quem apresentou Lula a Deripaska.. Foi ele também que, antes da primeira viagem de Lula à China, trouxe uma delegação com a diretoria do fundo de investimentos do governo chinês – CITIC – para um encontro em Brasília com Lula, sete ministros e outros funcionários do alto escalão do governo brasileiro.

Em seus sete anos de governo, Lula tem sido um joguete nas mãos dos mágicos britânicos – como a espoliação do carry trade atesta em frias cifras. Portanto, não é surpresa sua indicação por todos para “Homem do Ano”, desde o fórum internacional de mega empresários de Davos, passando pelo jornal francês “Le Monde”, até ao Royal Institute for International Affair, controlado pela Inglaterra.

Porém, não existem premiações, cortinas de fumaça ou espelhos que possam perpetuar a ilusão do carry trade brasileiro. Como em todos os esquemas tipo Ponzi, através da história, ela vai desaparecer como fumaça de mágicos. A pergunta que fica é: será que ela também vai levar consigo toda a população do planeta?

Fonte: http://portugues.larouchepub.com/outrosartigos/2010/0507_brazil_carry_trade_london.html

Saiba mais:

Bolha especulativa brasileira pode explodir?

A Farsa do crescimento econômico do Brasil

10 Razões pelas quais o dólar como moeda global está prestes a chegar ao fim

Já é matematicamente impossível liquidar a dívida dos EUA

Saiba a verdade sobre o sistema financeiro mundial

Grupo Inter-Alfa: Sacerdotes do sistema financeiro mundial

Invasão de produtos chineses

A Europa e EUA a beira de uma crise apocalíptica

(NaturalNews) Depois de anos trabalhando diligentemente para dar o alarme sobre a precariedade do sistema financeiro global, tornou-se claro para mim que a maioria das pessoas ainda não compreendem a realidade para onde o nosso sistema financeiro global está indo realmente. Estamos à beira de uma implosão financeira sistêmica que poderia quase acabar com as participações de moeda (contas bancárias) de centenas de milhões de pessoas, ea cada dia que passa, nesse longamente adiada data de ajuste de contas financeiras o colapso está cada vez mais próxima.

“Se a cimeira europeia poderia chegar a um acordo em 9 de dezembro, nesta próxima reunião, a zona euro vai sobreviver. Se não, corre o risco de um colapso violento “, escreve Wolfgang Munchau do Financial Times (Fonte). Dois anos atrás, esse tipo de linguagem teria sido cuspido como “apocalíptico ou imposição do medo.” Hoje é a realidade matemática em toda a União Europeia.

O ministro polonês das Relações Exteriores disse hoje que o que a Europa enfrenta é “uma crise de proporções apocalípticas” e insistiu que o resgate da dívida é essencialmente táticas inúteis para tentar atrasar a realidade matemática um pouco mais (Fonte).

Quando a poeira baixar após a implosão da dívida que irá causar estragos econômicos em todo o mundo, muitos banqueiros e cambistas vão ser indiciados, presos, ou possivelmente pendurados em postes de iluminação. É assim que o público irritado vai reagir quando a plena realização do roubo e da criminalidade sem precedentes da elite bancária global se tornar do conhecimento público.

Campos de Concentração da FEMA está pronto e esperando por você

Caixões da FEMA

Agora, caso você esteja pensando em tomar às ruas e protestar contra tudo isso quando a implosão financeira destruir sua riqueza duramente conquistada, pense novamente: O Senado dos EUA está se movendo para promulgar uma lei que permite que tropas militares marchem em solo dos EUA e prendam cidadãos americanos sem o devido processo, sem julgamento, sem representação legal e sem proteção ao abrigo da Declaração de Direitos. Cidadãos americanos poderiam ser jogados em prisões militares secretas, interrogados, torturados e detidos indefinidamente sem nunca ter sido acusados de um crime!

Veja também: tropas russas em solo americano?

Tudo isso faz parte do nova lei “Defense Nacional Authorization Act” (S.1867), que apresenta uma seção chamada de “detenção em todo o mundo por tempo indeterminado sem acusação ou julgamento formal”.

“O poder é tão vasto e amplo que mesmo os cidadãos dos EUA poderiam ser varridos pelos militares e os militares poderiam ser usados em qualquer campo de batalha, mesmo dentro do próprio Estados Unidos”, diz a ACLU (http://www.aclu.org/blog/national-security/senators-demand-military-lock-american-citizens-battlefield-they-define-being).

Em outras palavras, a tirania total do Estado e da polícia militar em breve será aberta e oficial. Então vamos dispensar a conversa fiada de que vivemos em um país “livre”. Quando o Senado dos EUA aprova um projeto de lei que, em linguagem simples, autoriza o uso de militares para realizar prisões secretas dos cidadãos americanos em qualquer “campo de batalha”, incluindo o “campo de batalha” em frente a sua casa, a tirania não é mais uma teoria conspiratória – é um fato histórico !

Scanner radioativo da Transportation Security Administration (TSA) nos aeroportos americanos

Esta legislação, não surpreendentemente, foi elaborada pelos senadores globalistas Carl Levin (D-Mich.) e John McCain (Arizona). O senador McCain, ele próprio um ex-prisioneiro de guerra no Vietnã, aparentemente acredita que os americanos ainda não experimentaram opressão suficiente sob um regime tirânico, sem direitos legais. Então, agora ele está certificando-se de que o governo dos EUA age quase como se fosse a Coreia do Norte. Mesmo na Coréia do Norte e outros países ditatoriais, a polícia não apalpa seus seios e genitais nos postos de controle, e nem obriga seus cidadãos a ser revistados por escanners intrusivos e radioativos. Que é uma forma exclusiva dos EUA de “tirania sexualmente perversa.”

“Isso significa que os americanos poderiam ser declarados terroristas domésticos e jogados em uma prisão militar com nenhum recurso, portanto”, escreve Paul Joseph Watson de InfoWars.com:

“Dado que o Departamento de Segurança Interna tem caracterizado o comportamento, tais como a compra de ouro, possuir armas de fogo, usar relógio ou binóculos específicos, doar para a caridade, usar o telefone, internet ou e-mail para encontrar informação alternativa, estocar ouro, estocar alimentos e toda sorte de comportamentos mundanos como indicadores potenciais de terrorismo doméstico, tal disposição seria aberta ao abuso. “(http://www.infowars.com/senate-moves-to-allow-military-to-intern-americans-without-trial)

A repressão da polícia do estado está sendo apressado em forma de “lei” antes do colapso financeiro total

Não é coincidência que a invocação da tirania militar está acontecendo exatamente no momento na história quando o sistema bancário global está à beira de um colapso sistêmico de grandes proporções. As construções de campos de concentração da FEMA, as proibições de leite cru em fazendas, a “tirania trickle-down” agora infecta todo o tecido da nossa nação (www.naturalnews.com/034221_trickle-down_tyranny_America.html) … estes não são eventos casuais. Eles são todos parte de uma engenharia de opressão das liberdades sendo empurrados em cima do povo americano e em breve para todos os povos ocidentais, em antecipação a grande escala de agitação civil (distúrbios), que quase certamente irá seguir a implosão financeira que está agora à nossa porta.

Como Gerald Celente diz: quando as pessoas perdem tudo, e não têm mais nada a perder, eles se perdem!

Para o registro, eu não aprovo tumultos nas ruas, que é por isso que eu trabalhei diligentemente para ensinar as pessoas sobre toda essa realidade antes que aconteça o pior para que não sejam surpreendidos e chocados com tudo isso. Desordeiros, por definição, são aqueles que agem irracionalmente com raiva emocional. A realização dos tumultos violentos resulta nada mais do que derramamento de sangue de inocentes – e que a violência deve ser evitado se possível.

No entanto, apenas uma pequena percentagem de pessoas hoje estão dispostas a despertar para a realidade. A maioria vai subsistir em um estado de auto-ilusão e negação emocional, até o dia em que eles perdem tudo para a elite bancária global.

As leis da matemática não podem ser discutido

O dia da raiva está, infelizmente, chegando na América. Eu estou alertando as pessoas sobre isso há anos, e agora parece mais próximo do que nunca.

Os carneiros ingênuos, é claro, riem e resmungam da idéia de que o valor de seus preciosos dólares de alguma forma poderia evaporar praticamente durante a noite. Eles não compreendem a matemática da dívida alavancada, eles não têm real consciência de como o sistema bancário de reserva global fracionada realmente funciona. Essa “massa de ignorantes” perderá tudo. E quando se assustarem com a súbita mudança de suas fortunas, eles vão tumultuar as ruas, e eles serão cercados e realocados em campos de concentração da FEMA. É quando os incineradores da FEMA serão postos a todo vapor, diz Max Keiser, e o próximo holocausto começará sob um novo Estado fascista para eliminar as “bocas inúteis”.

Afinal, políticos e autoridades que estão abertamente dispostos a violar os direitos de uma pessoa inocente (Quarta Emenda) e molestar sexualmente passageiros aéreos seria apenas um pequeno passo operacional para encher as câmaras de gás com “terroristas da resistência patriótica”. Como os experimentos de Milgram há muito comprovados, cerca de 70 por cento da população poderia ser recrutados e convencidos para assassinar inocentes, se ordenado por uma pessoa em uma posição aparente de autoridade (http://www.naturalnews.com/025141.html).

Em um estado fascista tirânico nunca haverá falta de voluntários que gostariam de vestir um uniforme e matar inocentes. Ainda hoje, os trabalhos de TSA são fortemente procurados por aquelas pessoas egoístas e inúteis, sem qualificação nenhuma, a não ser para agir como provocadores e delatores.

Eles já estão violando a Carta de Direitos, com buscas invasivas na estrada e checkpoints. O governo já admitiu abertamente a execução grotesca e desumana para experimentos médicos que usaram seres humanos inocentes como cobaias para aumentar os lucros das empresas farmacêuticas (http://www.naturalnews.com/034221_trickle-down_tyranny_America.html). O FBI já foi pego orquestrando ataques terroristas em toda a América para estimular campanha contra o terror (http://www.naturalnews.com/033751_FBI_terrorism.html). E o ATF reconhecidamente orquestrou uma operação criminal que colocou deliberadamente dezenas de milhares de armas sofisticadas nas mãos de traficantes de drogas mexicanos que odeiam EUA (http://www.naturalnews.com/032934_ATF_illegal_firearms.html).

Nada disso bate com a crença bizarra de que o governo é protetor da vida, benevolente para com o povo ou até mesmo capaz de operar dentro dos limites sob a qual foi originalmente criado.

E, no entanto, há uma indústria que o governo adora: A indústria bancária. Trilhões de dólares em dinheiro novos foram criados magicamente e entregues aos mais ricos banksters criminais nos EUA. Estes são a elite mais ricos e criminosos do mundo. Eles são tão ricos e tão profundamente envolvidos em criminalidade obscena que quando eles cometem erros em investimento bancários e perde-se alguns trilhões de dólares, os bancos centrais do mundo inteiro correm as prensas para socorrê-los!

Quase nenhum governo do mundo, você vê, vai resgatar seus próprios cidadãos. Mas de bom grado vão salvar os ricos, banqueiros e a elite que, mais do que ninguém, merecem ser publicamente acusados de cometer os mais hediondos crimes contra a humanidade que o nosso mundo já viu. Você não será socorrido, você vai ser vendido e enterrado.

Então, não espere por um minuto que você será socorrido, ou ter seus direitos protegidos, ou valorizados por parte dos governos ou banksters que puxam suas cordas. O nosso dinheiro já estão sendo roubados. Os nossos direitos já foram eliminados, e agora os asseclas da TSA estão meramente preparando as mentes dos norte-americanos para o Estado policial fascista, tateando, molestando e em alguns casos, sodomizando crianças inocentes. O que Joe Paterno, um dos mais conhecidos e reputados tecnicos de futebol-americano nos Estados Unidos fez impunemente para meninos ao longo dos últimos 15 anos na Universidade Penn State, a TSA – um bastião da pedofilia e criminosos psicopatas – estão fazendo todos os dias através dos aeroportos da América.

A prisão não é apropriado para os crimes monstruosos praticados por esses psicopatas – crimes que o governo está cometendo agora, sob o pretexto de “proteger-nos de terrorismo.” Esses monstros vestidos em uniformes merecem um lugar especial no inferno que são reservados para os estupradores em série, os assassinos em massa e os cientistas do mal que atuam em empresas farmacêuticas e armas biológicas. Eu prevejo que não haverá reconciliação contra estes tiranos que agora acreditam que estão acima da lei (e acima de “pessoas pequenas” como você e eu). Quando as massas no mundo inteiro, em todos os continentes despertarem e perceberem toda a extensão da tirania e injustiça que já foi liberada sobre eles, terei pena daqueles que tomaram parte neste sistema imperdoável – um sistema que pode superar a Alemanha nazista em termos de funcionamento e financiamento e o grau de maldade que desencadeia sobre nosso mundo.

Colapso financeiro e a tirania andam de mãos dadas novamente

O relógio está correndo em ambos os casos: A implosão financeira e o total repressão tirânica contra a liberdade.

Aqueles que são pegos no meio destas tendências históricas vão encontrar-se tanto falidos, encarcerados ou incinerados (ou talvez todos os três). Somente aqueles que têm a presença de espírito para reconhecer a realidade ao seu redor terá alguma chance de sobreviver para o que está por vir, em seguida, tomando parte na restauração das liberdades civis e das liberdades fundamentais na sociedade.

Vai ser um passeio interessante. Que Deus tenha piedade de todas aquelas almas que desencadearam a destruição em vários países indefesos e a próxima destruição que estamos prestes a testemunhar nos EUA e ao redor do mundo, porque as ovelhas despertadas não terão qualquer misericórdia contra esses monstros psicopatas. Afinal, psicopatas arrogantes serão os únicos que serão surpreendidos por tudo o que está prestes a acontecer com eles.

É meu grande desejo que possamos encontrar uma maneira de regar a árvore da liberdade sem o sangue dos patriotas mas apenas dos tiranos. A revolução pacífica e racional é sempre preferível ao derramamento de sangue. E ainda, como JFK disse quanto a este ponto: “Aqueles que fazem a revolução pacífica impossível, fará a revolução violenta inevitável”.

Fonte: http://www.naturalnews.com/z034270_debt_crisis_police_state_tyranny.html

Saiba mais:

A guerra ao terror é uma falsificação

Quem criou a Al-Qaeda?

Democracia Totalitária