É hora de parar de financiar os EUA

Benjamin Fulford 22-05-12

Gostaríamos de começar este relatório semanal com uma mensagem especial ao presidente da China, Hu Jintao: O povo chinês pediu ao criador para garantir a ascensão pacífica da China para o centro do palco mundial. Foi-lhe dito que isso aconteceria, mas você prometeu acabar com a pobreza e parar a destruição ambiental. Você já presidiu um dos maiores períodos da longa e gloriosa história da China.

Contudo, não foram capazes de acabar com a pobreza e parar a destruição ambiental. Nós pedimos para que por favor não obstrua o caminho de pessoas que desejam realizar esses objetivos. Especificamente, nós gostaríamos que você parasse de subsidiar o governo corporativo fascista ilegal de Obama com dinheiro chinês. Só em 2011 você sozinho forneceu-lhes $295 bilhões em subsídios chineses. Por favor pare de fazer isso. Obrigado.

E agora a notícia:

O culto satânico que tomou o poder na Europa ocidental e nos Estados Unidos agora é uma besta ferida e perigosa ameaçando outra vez desencadear o terror nuclear. Uma fonte de serviços de inteligência britânica disse que uma bomba nuclear que estava destinada a explodir em Londres era um SS19 Ucraniano que tinha sido “reduzida” para gerar uma explosão máxima de 500 quilotons a 100 quilotons. A bomba em Londres foi trazida num momento em que por razões misteriosas alguém sênior do Ministério da Defesa britânica ordenou que todos os AWACS mantivessem-se em solo, disse ele. Esta arma foi então da Inglaterra para a Alemanha e agora pode estar no Japão, disse ele. Aviões AWACS devem ser capazes de detectar a bomba durante o transporte, porque ela está sem blindagem.

Estes mísseis nucleares faziam parte de um lote vendido pelo negociante de armas russo Viktor Bout, dizem as fontes. O Irão também comprou algumas dessas armas, disse ele.

Essa nova informação se encaixa com o que outras fontes, incluindo um agente do FSB de apelido Richard Sorge e um parente próximo do Xá do Irã, disse.

Este grupo satânico irá dar outro empurrão para iniciar a 3ª Guerra Mundial no Irão, ele e outras fontes disseram. Continuar a ler

Anúncios

Relatório interno de acordos financeiros secretos

Benjamin Fulford  08-05-12

As eleições deste último fim de semana na Europa mostraram a reação popular inevitável contra as medidas de austeridade impostas pelo governo. O problema é que os novos governos irão também encontrar suas bolsas vazias, a menos que comecem a falar com a Sociedade do Dragão Branco. Desta vez, eles precisam enviar representantes oficiais das embaixadas com identificações válidas e não outro grupo de agentes anônimos. Quando o novo sistema financeiro começar e os criminosos forem removidos do núcleo do sistema ocidental, o dinheiro irá derramar-se como chuva na Europa.

As linhas básicas do novo sistema financeiro são as seguintes: Os dólares norte-americanos pertencentes a pessoas de fora dos EUA (e aqueles criados antes de 2008 nos Estado Unidos) serão apoiados pelo ouro e uma cesta de commodities e outras moedas. Este será o novo dólar internacional (ou talvez Iene ou Yuan internacional) e será utilizado para facilitar o comércio mundial. O Euro será dividido em uma Deutschemark fortificado compartilhado pelos países nórdicos enquanto os países do mediterrâneo reverterão para as suas moedas tradicionais e serão desvalorizadas até as suas economias se tornarem competitivas novamente. Isto será seguido por uma remissão massiva da dívida. Para ler mais sobre as manobras de bastidores que conduzirão ao nascimento do novo sistema financeiro, por favor ajude a financiar as nossas investigações assinando este boletim ou então, se não puder pagar, peça a um amigo para lhe enviar uma cópia por email.

A criação do novo sistema financeiro envolve uma reunião entre alguns antigos parceiros de negócios obscuros: a CIA e as suas contrapartes sociedades secretas asiáticas dos dias de Triângulo Dourado (Guerras do Ópio). Desta vez, em vez de tratar de heroína e ópio (embora o triângulo dourado pode estar de volta nesse negócio) vai lidar com o ouro negro. Isso vai assegurar o financiamento contínuo do complexo militar-industrial da sociedade secreta até que eles sejam capazes de reestruturar as suas organizações para que sejam mais uma vez auto-suficientes. Todos os Maçons, P2, Sociedade Thule e outros grupos secretos, podem juntar-se à festa entrando em contato com a Sociedade do Dragão Branco. A condição está ligada a um acordo para participar de uma campanha maciça para reduzir a pobreza, parar a destruição ambiental e liberar tecnologia suprimida. Continuar a ler

A batalha pelo controle do sistema financeiro continua

Benjamin Fulford 17-04-12

A batalha pelo controle do sistema financeiro global e portanto, o futuro do planeta, alcançou um impasse temporário pois o Comitê dos 300 continua a lutar para se manter no poder mesmo que o resto do mundo continue a empurrar um sistema financeiro justo, livre e aberto, controlado pelo povo do planeta. A situação chegou a um ponto em que a ação física contra o Comitê passou a ser o único recurso possível.

O problema reside certamente na questão o que fazer com o “anel do poder” ou com o trabalho até agora referido como M1, em que um único indivíduo tem o controle final sobre a criação e distribuição de dinheiro. Agora não há M1 de acordo com o governo Suíço e outras fontes. É preciso ter a certeza de que nunca mais será dado tal poder a um único indivíduo o que metaforicamente representa acabar com o controle centralizado das finanças e dissolvê-lo no “Monte da Perdição” do Senhor dos Anéis para garantir que a humanidade fique novamente livre da escravidão da dívida e do horror. Continuar a ler

Prefácio do livro: A Fraude do Aquecimento Global

Neste livro [«A Fraude do Aquecimento Global», da autoria de Geraldo Luís Lino], o leitor encontrará os conceitos básicos para o entendimento do aquecimento global e como este fenômeno natural foi transformado em uma falsa emergência mundial – o que não se sustenta, em face das evidências científicas e das urgências reais que afligem a humanidade. O clima da Terra é um sistema muito complexo e que tem variado naturalmente ao longo de sua existência, forçado por agentes, quer externos – como oscilações das atividades solar e vulcânica, dos parâmetros orbitais terrestres e até de raios cósmicos galácticos – quer internos – como as variações das temperaturas da superfície dos oceanos e da cobertura de nuvens. O clima não está e jamais esteve em equilíbrio, estático. Continuar a ler

A Conspiração do Imperialismo Britânico

Por Henry Makow Ph.D.

30 de Maio de 2004

Teóricos da Conspiração como eu acreditam que a história moderna reflete uma conspiração de longo período por uma elite financeira internacional para os fins de escravizar a humanidade.

Como homens cegos examinando um efefante, nós atribuímos essa conspiração aos Sionistas, Illuminati, Vaticano, Jesuítas, Franco-maçons, Nobreza Negra e Bildersbergs etc.

Os verdadeiros vilãos estão no coração de nossa vida econômica e cultural. Eles são as famílias dinásticas que dominam o Banco da Inglaterra, o Federal Reserve Bank e cartéis associados. Eles também controlam o Banco Mundial e o FMI e a maioria das agências de inteligência do mundo. Sua identidade é secreta, mas os Rothschild certamente é uma delas. O Banco da Inglaterra foi “nacionalizado” em 1946 mas o poder para criar dinheiro se manteve nas mesmas mãos.

A Inglaterra é de fato uma oligarquia dirigida pela “Coroa” que refere-se a “Cidade de Londres” não a Rainha. A Cidade de Londres é dirigida pelo Banco da Inglaterra, uma corporação privada. A Cidade é um estado localizado no coração da grande Londres. O Vaticano do mundo financeiro, a Cidade não está sujeita à lei Britânica ou internacional. Continuar a ler

Aquecimento global é embuste, diz um cientista

Por Carlos Madeiro
Especial para o UOL Ciência e Saúde 11/12/2009

Com 40 anos de experiência em estudos do clima no planeta, o meteorologista da Universidade Federal de Alagoas Luiz Carlos Molion apresenta ao mundo o discurso inverso ao apresentado pela maioria dos climatologistas. Representante dos países da América do Sul na Comissão de Climatologia da Organização Meteorológica Mundial (OMM), Molion assegura que o homem e suas emissões na atmosfera são incapazes de causar um aquecimento global. Ele também diz que há manipulação dos dados da temperatura terrestre e garante: a Terra vai esfriar nos próximos 22 anos.

Em entrevista ao UOL, Molion foi irônico ao ser questionado sobre uma possível ida a Copenhague: “perder meu tempo?” Segundo ele, somente o Brasil, dentre os países emergentes, dá importância à conferência da ONU. O meteorologista defende que a discussão deixou de ser científica para se tornar política e econômica, e que as potências mundiais estariam preocupadas em frear a evolução dos países em desenvolvimento. Continuar a ler

FEMA: Federal Emergency Management Agency

Robert Shapiro

18 de junho de 1996

Quero falar sobre o FEMA (Federal Emergency Management Agency – Departamento Federal de Administração de Emergências) agora, pois o que temos aqui é uma organização governamental legítima que foi grandemente usurpada. Essa organização recebia verbas consideráveis. Sei que, para muitas pessoas, parece ser uma organização de fachada, e entendo esse ponto de vista. Contudo, falemos primeiro do que há de bom no FEMA.

Essa organização foi montada, e atuou efetivamente, para ajudar todos os cidadãos nas emergências e crises. Se ela dispusesse das verbas que lhes foram destinadas, poderia ter sido imensuravelmente útil. Mas (e não estou exagerando aqui) 80~90% de suas verbas foram desviados para ser empregados por um grupo clandestino de indivíduos intimamente ligado ao sinistro governo secreto. Quero fazer aqui uma distinção: o próprio FEMA não está associado ao sinistro governo secreto. Está, até certo ponto, sendo vitimizado pelo governo secreto porque milhões, para não dizer bilhões, de dólares que poderiam ter sido um apoio para seus próprios objetivos dignos e um auxílio para as vítimas de situações de emergência, incêndios, inundações, tornados e terremotos foram desviados. Para onde foi o dinheiro? Continuar a ler