3 thoughts on “About

  1. Será o povo americano inteligente o suficiente para sobreviver?
    por Diane Sare, Candidata ao Congresso das EUA de New Jersey, como parte dum grupo de candidatos larouchistas a nivel nacional

    No Relatório Semanal do site LaRouche PAC de 26 de janeiro, material inovador foi apresentado por Lyndon LaRouche e membros de sua equipa de pesquisa Basement sobre a natureza do desenvolvimento da biosfera.

    O aspecto mais marcante desta apresentação em vídeo foi a demonstração clara, usando gráficos, tais como o mostrado aqui, que os chamados “eventos de extinção”, são o método pelo qual o universo em constante desenvolvimento purga-se de espécies inferiores, ao serem substituídas por espécies mais avançadas, e mais complexas.

    Um exemplo disso é o evento de extinção mais recente – o de a cerca de 65 milhões anos atrás, quando os dinossauros não conseguiram se adaptar às mudanças climáticas e outras mudanças que ocorreram na Terra como resultado da actividade inter-galáctica. Os dinossauros desapareceram, junto com milhares de outras espécies, mas os pequenos e peludos mamíferos sobreviveram!

    Os mamíferos, que exigem cerca de dez vezes mais a ingestão calórica por unidade de massa corporal, também foram capazes de se auto-regular a temperatura corporal, e mover-se rapidamente em terra. Além disso, a percentagem de massa cerebral em relação à massa corporal era muito maior do que nos dinossauros. Assim, os dinossauros desapareceram, e os mamíferos, não apenas sobreviveram, mas multiplicaram-se e prosperaram, e em algures nessa linha, os seres humanos surgiram, que podem hiperbólicamente aumentar seu consumo de energia e a sua produção, como resultado da actividade criadora intencional, até o ponto que há agora 7.000 milhões de nós no planeta!

    Existe uma guerra ao longo dos séculos entre a opinião oligárquica satânica, promovida hoje pelo movimento ambientalista, e o pacote atual de inúteis candidatos presidenciais, que “small is beautiful” (o pequeno e belo), “não gastar o que você não tem”, “conservar, e consumir menos”, por um lado; e per outro, a verdadeira opinião realizada pelos pais fundadores da América, bem como grandes presidentes como Abraham Lincoln e John F. Kennedy, e claramente demonstrado no Relatório Semanal acima referenciado, em sentido que o nosso universo está continuamente numa mudança ascendente da intensidade da sua atividade e, como Alexander Hamilton entendia, toda a questão da economia humana, é reproduzir este carácter através da expansão sem limites de nossa influência na galáxia.

    Conformarnos com o que o Império Britânico quer nos forçar na forma desses candidatos para altos cargos, de ali em baixo, em ambos os partidos, equivale a aceitar que a gravidade não existe (porque você viu alguém dizer isso na TV) e marchar do topo de um edifício alto. É por isso que a minha pergunta para o eleitor americano não é: “Para quem dentro deste pacote de idiotas perdedores você vai votar?”, Mas “Você é inteligente o suficiente para sobreviver pelo proximo evento de extinção?”

    Veja a videoconferência de emergência de Lyndon LaRouche

    o 6 de fevereiro às 19 horas (hora do leste dos EUA)

    no site http://www.larouchepac.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s