Filmes para repensarmos o nosso futuro: Agenda Illuminati

Por Realidade Oculta

Existem filmes que além de efeitos visuais passam mensagens sutis com uma pontinha de verdade. Irei abordar aqui algumas mensagens “escondidas” em filmes, também como alguns sinais de alerta que os filmes tentam passar a respeito do futuro da Humanidade…

Muitos filmes são “avisos” para todos nós… Para repensarmos o nosso futuro. Ficam aqui algumas dicas para você assistir…

EQUILIBRIUM

Filme de 2002 por Kurt Wimmer. Após a temida Terceira Guerra Mundial ter acontecido, nos primeiros anos do século XXI, os sobreviventes resolvem eliminar a possibilidade de uma futura guerra que, segundo eles, aniquilaria de vez com todos, acabando de vez com o principal motivo que leva até elas: as emoções.

O filme é uma ficção mas retrata como a Nova Ordem Mundial está instalando-se no nosso Mundo. As pessoas injetavam uma droga no pescoço (prozium) para serem calmas e sem qualquer tipo de emoção. Viviam como robots (sem sentimentos), reparem na semelhança: Hoje em dia as pessoas também vivem “drogadas” com prozac, xanax, clonazepam, anti-depressivos, flúor da água canalizada, chemtrails, etc.

No filme, as polícias e os agentes daquela Ordem vestiam vestimentas negros. Aquilo parecia mais um culto, pois os personagens mais importantes dessa ordem eram “sacerdotes” e sacerdote é alguém que dirige um culto.

O sacerdote “Preston” usava uma roupa idêntico ao dos padres (e idêntico ao de NEO do Matrix). Não é coincidência. Essa ordem tinha o nome “Tetragammaton”, não é um nome escolhido ao acaso, trata-se do famoso pentagrama…

Porém no filme o símbolo dessa seita era a letra “T”, algumas janelas dos seus edifícios eram também em “T” que é a primeira letra da palavra “Tetragammaton” mas é também uma alusão à cruz de Tau usada pelos franciscanos no cristianismo. (Tau era a letra grega T).

Em 1215 o Papa Inocêncio III prega um novo símbolo cristão e São Francisco, estando presente nesta reunião, assume o Tau como símbolo da sua Ordem Religiosa: a Ordem dos Frades Menores.

Em algumas atitudes eles lembram-me a Inquisição, eles queimaram quadros, eles queimaram a esposa de um dos sacerdotes porque ela não tomava a droga calmante (quem não tomasse droga era considerado um opressor), ora isso lembra-me a Inquisição que queimava livros de espiritualismo e queimava pessoas na fogueira.

No filme eles mostravam que o mundo tinha paz e justiça, não havia guerra, nem motins, nem crimes, mas em contrapartida as pessoas viviam sem emoções, sem cultura, sem arte, sem nenhum tipo de emoção umas pelas outras, sem laços de família, amizade etc.

Eles obrigavam os cidadãos a se drogar para viverem sem emoções, em um mundo sem violência, o que era um contra censo, pois esse governo tinha um exército que matava todos os “opressores” que não tomavam drogas, portanto eles mesmos estavam gerando violência e crime.

É isso que a Nova Ordem Mundial tenta fazer em nosso mundo atual.

No filme essa terra (ou mundo) tinha nome de Libria (ou Libra) e os habitantes eram todos Librianos. Isso faz-me lembrar do signo balança (Libra), seria uma alusão ao equilíbrio (o próprio nome do filme é equilibrium).

No filme há alguns erros interessantes, por exemplo: é proibido terem quadros ou objetos de arte que causem emoções, mas porquê? Se as pessoas tomam aquela droga diária que inibe as emoções, teoricamente eles poderiam olhar para os quadros ou objetos de arte e não sentiriam emoção nenhuma (devido á droga), ou será que a droga não era eficaz?

A casa do sacerdote (John Preston) tinha uma película branca nas janelas, para ocultar a paisagem do exterior (impedi-lo de observar a paisagem para não se emocionar?) porque razão ocultam as janelas, se as pessoas na rua podem ver a mesma paisagem da cidade?

Aos poucos ele foi desistindo de tomar a droga calmante… Foi sentindo emoções, arrependimentos… Isto levou-me a pensar numa coisa:

Em nosso mundo atual como é possível as elites e os governantes, membros de seitas e governos ocultos espalharem tanta maldade e conseguirem dormir sem sentir remorsos ou consciência pesada? Não sentem dor, mágoa, não enlouquecerem e se suicidam? Provavelmente eles não têm emoções, ou andam drogados ou são controlados mentalmente.

Continuando o filme, o sacerdote tornou-se resistente, lutando contra o sistema e os soldados da sua própria seita. Ele encontrou-se com grupos da “Resistência” e lhe incutiram a missão de matar o “Pai” (o líder da ordem Tetragammaton).

No final ele vai matar o “Pai” do clero, ele leva um manto branco (passou de negro para branco? Alcançou a iluminação).

TOXIC SKIES

Um filme bem interessante, lançado em 2008, que fala sobre Chemtrails, surge uma epidemia e as pessoas não conseguem resistir, nem medicamentos funcionam, porque as pessoas continham no sangue excesso de metais tóxicos pesados, bário, alumínio, etc, tudo isso era espalhado deliberadamente na atmosfera, pelos aviões, o que fazia o sistema imunitário das pessoas enfraquecer.

MATRIX

Os filmes Matrix são interessantes, remetem-nos para a possibilidade de vivermos numa realidade artificial ilusória, uma espécie de holograma. Na verdade não acredito num mundo invisível criado por computadores, mas pode tratar-se de um simbolismo, para indicar-nos que vivemos num mundo de ilusões criados por governos ocultos. No filme podemos ver um velhote de branco, o Grande Arquiteto da Matrix, o que parece um pouco com o “GADU” Grande Arquiteto do Universo, que a Maçonaria menciona. Filme Matrix tem vários simbolismos ocultos, nomes esotéricos e filosofias do budismo, gnose, cristianismo, thelema e outros. Os agentes Smith, assemelham-se aos famosos man in black (Homens de negro). Dediquei um site a esses temas em: http://www.vivendonamatrix.com (Vivendo na Matrix).

O filme Matrix III, retrata um mundo em que computadores competem com o homem, o que pode tornar-se uma realidade, visto que a ciência tem criado super computadores quânticos, nano-máquinas, androides com capacidade de criar outros andróides, com capacidade de aprendizagem (IA: Inteligência Artificial).

Ps: Há um filme antigo de 1999 “The Thirteenth Floor” (13º Andar) que fala em universos paralelos. No 13º andar de uma empresa, o visionário Douglas Hall e a sua equipe de cientistas criam uma espécie de portal dimensional para um Universo simulado… Após 6 anos de testes, o seu assistente viaja (com a Mente) a outras realidades. Apercebem-se que existe um outro mundo sobre este, e que somos simulações num tipo de “super-computador”

28 Weeks Later

Existem muitos (talvez demasiados) filmes que falam sobre vírus mortais que dizimam quase toda a humanidade como “Resident Evil”, Doomsday, The Legend e muitos outros do mesmo estilo. Mas esse tipo de filmes traçam um cenário bem possível, principalmente agora que o governo oculto certamente tem algumas armas biológicas para redução populacional…

Neste filme “28 Days Later” a história é a seguinte: Um vírus poderoso é solto. Transmissível numa gota de sangue, o vírus prende os infectados a um estado de fúria assassina (afeta a função cerebral). No espaço de 28 dias o país está completamente infectado e um punhado de sobreviventes iniciam uma tentativa desesperada de salvarem o futuro, mal sabendo que o vírus mortal não é a única coisa que os ameaça.

NIGHTMARE CITY 2035

Um filme futurista que traça um cenário para 2035, interessante num aspecto em que mostra a população iludida por um microchip e se removessem o chip da cabeça iriam perceber que tudo ao redor era um holograma (simulação de computador), a verdadeira cidade era suja, imunda, decadente, edifícios velhos, ruas sujas, mas com o chip implantado as pessoas viam uma realidade mais “bonita” uma cidade tranquila e calma, como o governo desejava que elas vissem…

Um grupo de opositores (considerados rebeldes pelo governo) capturam um dos policiais e removem o chip dele, então ele passa a ajudá-los na missão de sabotarem a sala de controle do edifício que transmite esse sinal para os chips…

GATTACA

Filme de Andrew Niccol (em 1997). Um filme que pode traçar um futuro provável, aqui fica a sinopse:

Num futuro no qual os seres humanos são escolhidos geneticamente em laboratórios, as pessoas nascidas naturalmente são consideradas inválidas. Vincent Freeman (Ethan Hawke), o primogênito, nasceu do amor de seus pais sem preparos genéticos. Tem desde pequeno, o desejo de ser um astronauta, mas tem em seu código genético predisposições a certas doenças que não lhe permitem nada melhor em vida. No entanto ele consegue um lugar de destaque em uma corporação, escondendo sua identidade genética verdadeira. Tudo segue perfeitamente, com muito esforço, até que um assassinato em seu emprego põe sua identidade em risco, podendo expor seu passado.

Gattaca se passa num futuro não tão distante, mostra uma sociedade em que o Estado tem o controle sobre a qualidade genética dos fetos, e tal manipulação genética criou novas espécies de castas, preconceitos e divisões sociais, aparentemente legitimadas pela ciência. Aos pais ricos que desejam ter filhos é dada a oportunidade de escolher e manipular a genética, para gerarem filhos com a melhor qualidade possível.

Obviamente que, nas condições de uma sociedade de classes, onde predomina a divisão hierárquica do trabalho e dinheiro, tal avanço da ciência traduz-se em possibilidades concretas de incremento do controle social. Ao lado do admirável mundo novo, subsistem velhos valores e sociabilidades corrompidas pela lógica do capital.

A sociedade de Gattaca está dividida em duas “classes sociais”, os Válidos, os “filhos da Ciência”, produtos da engenharia genética, e os Inválidos, os “filhos de Deus”, submetidos ao acaso pela Natureza e às imperfeições. Gattaca retrata uma sociedade de classe cuja técnica de manipulação do código genético tornou-se prática cotidiana de controle e classe social.

Children of Men

Produzido em 2006 por Alfonso Cuarón. Um filme interessante, pois tanto se fala em infertilidade, químicos nos alimentos e poluição atmosférica que causam perda de qualidade no esperma e óvulos etc.

Filhos do Homem, traduzido em português para Filhos da esperança, a ação passa-se no ano 2027, o último ser-humano nasceu em 2009. Não se sabem as causas dessa epidemia de infertilidade, mas a espécie humana, sem perspectiva de perpetuar novas gerações, mergulha nas suas consequências: colapso financeiro, caos, guerra civil, anarquia, terrorismo, enfim, o colapso da civilzação e a volta à barbárie.

Os países já não contam com nenhum tipo de infra-estruturas, e as pessoas autogovernam-se, com exceção da Inglaterra que é o único país a contar com um governo e um exército organizados. Cercado de muros por todos os lados, o país faz uma caça desenfreada contra todos os imigrantes.

O ponto de partida do filme é a morte do ser humano mais jovem do planeta, o “bebé Diego”. A essa altura as mulheres não podem mais ter filhos, e a morte de Diego causa um surto de tristeza em todos.

Theo Faron (Clive Owen) é sequestrado por um grupo de ativistas, liderado pela sua ex-mulher (Julianne Moore). O sequestro tem um objetivo: obter a ajuda de Theo para transportar uma moça grávida para um lugar onde ela possa dar à luz com segurança.

Fonte: http://www.realidadeoculta.com/filmes.html

Anúncios

12 thoughts on “Filmes para repensarmos o nosso futuro: Agenda Illuminati

    • Báh, faz uns 2.000 anos que o Jesus está voltando… e óh!, neca tibiriba, heheh… De qualquer modo, uma coisa é certa: a humanidade não está madura para o tal do julgamento final. Talvez o Nostradamus acerte em sua profecia (confiada em uma carta a um de seus filhos), de que o fim do mundo se dê no ano de 3.797.

  1. Se puder me ajudar, fico muito grato.
    Todos estes filmes são muito interessantes, pois amo ficção científica e melhor ficam quando se referem a conspirações governamentais contra os povos e nações (acredito ter muito a ver com o que vivenciamos atualmente).
    Quero muito saber o nome de um filme que aparece um trecho numa série de matérias, dos terraplanistas, intitulada “saindo da matrix parte 42”. Trata-se do trecho à partir do 4° minuto e 58 seg. quando começa a parte de um filme em que pessoas, ligadas a estudos geográficos ou similares, numa sala (que parece ser escondida), apresentam um mapa antigo da terra e começam a esclarecer falhas que começam a gerar espanto nos personagens que estão sendo espectadores na tal sala.
    Desde já agradeço a atenção.
    Um forte abraço e parabéns pelo trabalho!

  2. Talvez a espécie de holograma de um mundo imaginário e ilusório que comentas a respeito do ” Matrix”, seja um simbolismo do mundo dito “astral” no qual, um punhado de pessoas consegue vivencias conscientes, ao posso que a maioria da humanidade só o vivencia na habitual forma de sonhos.
    Sobre as críticas a respeito dos “Iluminati” (no plural então, Iluminados), não me parecem ser tão destrutivos quanto são “pintados”, pois, se o fossem, já teriam destruído a humanidade. Não que todos os iluminados sejam santos, creio (pois muitos que despertaram algum dom psíquico [visão psíquica {também dita clarividência}, projeção psíquica {também dita viagem astral} ou uma consciência maior do que a normal da humanidade, no mínimo tiveram passagem por hospital psíquiátrico, seja por não saberem lidar com tais dons ou mesmo por {vou chamar de} anomalias), mas em príncípio a idéia é justamente a de santidade, de modos que em geral o são (creio).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s