Visão Remota e Projeção Astral

O filme «A Origem» tem algumas semelhanças com a trilogia «Matrix», é um filme que nos faz pensar, refletir…

O filme fez-me lembrar a Visão Remota (espionagem psíquica) pois o Cobb (Leonardo DiCaprio) entra na mente das pessoas, nos sonhos, para sacar informações do subconsciente das pessoas.

Na visão remota os espiões psíquicos da CIA projetavam a mente, tal como em projeção Astral para ver informações à distância (percepção extrasensorial). No filme A Origem os espiões colocam a pessoa-alvo a dormir, induzem o sono neles próprios (com um aparelho numa maleta) e são todos transportados, mentalmente, para dentro do sonho da pessoa.

Como se a mente dos espiões entrasse na mente da pessoa-alvo (isso lembra também uma outra técnica do Ocultismo que se chama: Dreamwalking, entrar no sonho de outra pessoa e influenciá-lo). No filme MATRIX, os personagens eram ligados a uma máquina (com um cabo na nuca), a consciência deles ia para a MATRIX (mundo artificial ilusório) enquanto que o corpo deles ficava na Nave. O mestre de Neo foi o Morpheus (um nome mitológico grego para Deus dos Sonhos).

No filme «A Origem» eles entram no mundo dos sonhos e não sabem distinguir, por vezes, o que é sonho ou realidade. O mesmo acontece em Matrix, em que Morpheus perguntava a Neo se ele saberia distinguir a realidade do sonho.

No filme MATRIX, há um velhote vestido de branco, que é o Arquiteto que desenhou a Matrix, o arquiteto que criou esse mundo ilusório (eu acredito que é uma alusão à Maçonaria, onde se refere ao GADU: Grande Arquiteto do Universo).

Por coincidência em «A Origem» também mencionam um Arquiteto, aquele que “desenha” ou constrói um sonho.

Em «Matrix» o NEO desperta para a realidade, quando acorda dentro daquele casulo de líquido viscoso, em que as máquinas conservavam os humanos em estado de sono. Digamos que ele sai do “sonho da matrix” e desperta para a realidade.

Em «A Origem» há uma cena em que “Cobb” também só desperta do sono quando o empurram para dentro da banheira, a água “desperta-o”.

É muita semelhança entre ambos os filmes. Há alguns filmes em que a água é o meio de “passagem” para outros planos, por exemplo no filme Constantine (que também tem como ator principal o Keanu Reeves).

Querem mais outra semelhança entre ambos os filmes?

No filme «A Origem» em certos momentos Cobb já não sabia se estava num sonho ou no mundo real e precisava pôr o pião metálico a rodar.

No fim do filme, que termina de modo enigmático, Cobb regressa a casa do Pai para ver os filhos, então ele os abraça, depois em cima da mesa podemos ver o pião a rodar. Mas nós não vimos “Cobb” tirar o pião do bolso, ele foi diretamente ver os filhos.

Eu suponho que o peão seja do Pai dele, aliás foi o Pai dele que lhe ensinou a técnica de andar pelos sonhos, o Pai ensinou-lhe tudo, foi seu Mentor.

Um pião de metal. Então “Cobb” estaria ainda com o seu pião no bolso, e o que estava a rodar em cima da mesa era o pião do pai dele, Cobb estava a viver no sonho do Pai, não estava de fato na realidade.

E você, está a sonhar ou está no mundo real…Lembra-se como chegou à este site?

Não sabe? Então assista ao vídeo abaixo!

Fonte: http://2012aeradeouro.webnode.com.br/products/comparativo-dos-filmes-matrix-e-a-origem/

Saiba mais:

Filmes com mensagens de alerta sobre o futuro: Agenda Illuminati

Tecnologia de manipulação psíquica: HAARP

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s