HAARP: A maior arma de destruição em massa da história

Uma arma capaz de provocar terremotos e controle do clima se tornou em realidade

“O HAARP talvez seja o mais perigoso experimento militar realizado no mundo até hoje, com exceção da primeira explosão da bomba atômica.”

A revista Popular Science de novembro de 1995 apresenta uma reportagem sobre o HAARP. Essa revista, normalmente alegre e divertida, condenou com muita veemência o que está sendo construído no Alasca. A reportagem diz que o HAARP (Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência) administrado pelo Pentágono, sob coordenação da USAF ( United States Air Force) através da universidade do Alasca e da USNAVY/Naval Research Laboratory para “entender, simular e controlar os processos ionosféricos a 550 km de altitude poderiam revolucionar as comunicações e sistemas de vigilância militares”. Iniciou-se em 1990 para uma série de experimentos durante vinte anos. Os equipamentos são fornecidos pela Advanced Power Tecnologies, uma subsidiária com sede em Washington D.C. e E-System de Dallas, fabricante de longa data de tecnologias para projetos ultra-secretos e Raytheon Company, um conglomerado norte-americano que atua na área de equipamentos militares e aerospaciais.

A reportagem continua: Richard Williams, físico-químico e consultor do laboratório Sarnoff da Universidade de Priceton, está apreensivo. Especulações e polêmica cercam a questão se o HAARP poderia causar danos irreparáveis à atmosfera superior da Terra. O HAARP vai irradiar bilhões de watts de energia radioelétrica na Ionosfera e não sabemos como isso acontecerá. A ionosfera se localiza entre 60 km a 1.000 km de altitude, e devido à sua composição, reflete as ondas de rádio. Com experimentos nessa escala, poderiam ser causados danos irreparáveis a atmosfera superior da Terra em pouco tempo.

De acordo com Popular Science: A representante do estado de Alasca, Jeanette James, cujo distrito circunda o local do HAARP, perguntou várias vezes sobre os projetos aos oficiais da Força Aérea e sua resposta foi que não se preocupasse. Diz ela: Lá dentro, tenho a impressão de que isso é assustador. Estou cética. Acho que eles não sabem o que estão fazendo.

Estação do HAARP em Gakona, Alasca

HAARP está localizado em uma remota instalação de segurança máxima, cercado por cercas elétricas, câmeras de detecção de movimentos, elevam-se várias enormes antenas numa área limpa da floresta que se estende por centenas de km pelo Alasca. Concluído em dezembro de 1994 e agora em atividade, o campo de antenas é a única parte visível de um poderoso e sofisticado transmissor de rádio-energia de alta potencia.

Estações do HAARP

Menos conhecido é que existem vários tipos de HAARP ao redor do mundo:

1) Mu Radar – estação de 1 megawatt no Japão.

2) Arecibo Observatory – estação de 2 megawatt em Porto Rico.

3) HIPAS – estação de 70 megawatt no Alasca.

4) Sura – estação de 190 megawatts no centro da Rússia.

5) EISCAT – estação de 1 gigawatt em Tromsø, Norte de Noruega.

E muitos outros…

HAARP é um gigantesco campo de antenas transmissoras de energia radioelétrica de alto poder, que envia a energia até partes previamente selecionadas da ionosfera, que reflete de volta esta energia para superfície da terra, penetrando vários quilômetros no solo, perturbando o fluxo de magma terrestre e crosta terrestre, causando terremotos. Como se não bastasse outros países como a Rússia, China, Europa, Austrália, Japão etc também  fazem uso dessa tecnologia que permite influenciar o clima, perturbar a crosta terrestre e influenciar a mente (controle mental).

O HAARP dos EUA em Alasca, é dito ser apenas uma simples instalação de 3,6 megawatts. Ele tem o poder máximo 278 vezes menor que o EISCAT na Noruega. Apesar disso a sofisticação de HAARP está longe de ser inútil de acordo com a DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency).

De acordo com o gerente do programa HAARP, John L Hecksher, do Laboratório USAF Phillips, as aplicações militares desta pesquisa são limitados: “ Embora HAARP esteja sendo administrado pela Força Aérea e Marinha, é puramente uma instalação de pesquisa científica atmosférica e não oferece nenhuma ameaça a adversários e não tem nenhum objetivo militar”, diz ele. Mas esta é só a parte publicamente anunciada do programa.

HAARP também tem um programa secreto: procurando metas militares mais exóticas, como localizar fábricas de armas profundamente enterradas milhares de km no solo, desencadear terremotos e alteração até mesmo do clima acima de um território de inimigos. Um documento interno de 1990, obtido por Popular Science, diz que as metas globais para os programas são de controlar os processos ionosféricos que melhore grandemente a supremacia militar e sistemas de comunicações dos EUA”. E fornece uma pequeno resumo simplificado das aplicações seguintes:

* ARMA GEOFÍSICA – O HAARP pode provocar terremoto enviando frequência de ressonância de terremoto (2.5hz) na ionosfera, a ionosfera reflete essa frequência de volta para superfície da Terra, penetrando vários quilômetros no chão. O sísmo é causado por pertubação do fluxo de magma e da crosta terrestre.

* MANIPULAÇÃO DO CLIMA – Modificar temporariamente a atmosfera superior excitando os elétrons e íons com energia radioelétrica focalizados. HAARP pode modificar a composição molecular de certa região da ionosfera, aumentando artificialmente as concentrações de ozônio, de nitrogênio, gases, etc, para alterar a temperatura da atmosfera superior, e em consequência o clima na região. Digamos que é um “aquecedor” ionosférico. Uma analogia seria um forno de microondas doméstico que aquece a comida excitando suas moléculas de água com energia radioelétrica de microonda.

* Raio-X do solo – Irradiar ondas radioelétricas na ionosfera que reflete a onda de volta para superfície da Terra, penetrando vários km no solo, sondando profundamente a superfície do chão, captando reflexos através de antenas das ondas que se irradiaram do solo para cima na ionosfera, colecionando e analisando os dados obtidos para fazer uma topografia virtual penetrante da superfície abaixo do solo.

* Radar de detecção de aeronaves furtivas – Enviar ondas radioelétricas para regiões da ionosfera inferior e superior para formar lentes “ virtuais “ ou “ espelhos “ no céu que possam refletir e detectar variações em uma grande faixa de sinais de rádio em cima do horizonte e descobrir mísseis e aeronaves stealth (furtivas).

* Comunicação terrestre-submarina – Enviar ondas de alta potência para ionosfera, usando a ionosfera como refletor de ondas ELF para comunicação a grandes distâncias com submarinos profundamente submersos no oceano.

* Escudo global anti-mísseis – Escudo anti-mísseis de alcance global que destruiria mísseis e aeronaves (incluíndo aeronaves civis) causando falhas nos sistemas de orientação eletrônica, aquecendo ou perturbando demais os sistemas de orientação eletrônica deles na medida em que voam por dentro de um poderoso campo eletromagnético.

Alteração do clima:

Em 1958, o principal consultor da Casa Branca sobre alterações do clima, Capitão Howard T. Orville, disse que o Departamento de Defesa dos EUA estava estudando formas de manipular a energia atmosférica, influenciando, assim, o clima mediante a utilização de um raio eletrônico para ionizar ou desionizar a atmosfera em determinada área.

No lado direito temos imagens de um estranho efeito atmosférico, possivelmente provocado pelo Haarp. Pesquise no Google: HAARP Clouds

Para fins militares o HAARP teria várias aplicações, por exemplo: provocar pane de equipamentos eletrônicos militares, causar blecaute de energia, perturbar sinais de telecomunicações e radares, detectar mísseis e aviões furtivos, sondar bases subterrâneas e etc.

EUA investiram dezenas de milhõesde dólares nesta pesquisa. Acontece que essas frequências de radioenergia emitidos pelo HAARP perturbam as funções cerebrais humanas.

O próprio “Airpower journal” em 1996 disse que o exército americano está a desenvolver armas psicotronicas para afetar a mente humana. Veja: Tecnologia de manipulacao psiquica – HAARP

Resumindo o que é HAARP

HAARP é um termo genérico usado para descrever armas eletromagnéticas escalar, tecnologia inicialmente desenvolvido por Nikola Tesla no início do século 20. Antenas de HAARP utilizam frequências de ondas de rádio super-potentes, focalizadas num raio que aquece uma área de 1.000 Km quadrados da ionosfera, as ondas regressão então à superfície da Terra. Os cientistas do instituto HAARP constataram que a frequência 2,5 Hz é a frequência de ressonância de um terremoto. O HAARP é usado também como aquecedor ionosferico para alteração do clima.

HAARP pode simular e enviar a frequência de ressonância de um terremoto na ionosfera que reflete essa frequência de volta para superfície da Terra – penetrando vários quilômetros no solo, perturbando o fluxo de magma e crosta da terra, desencadeando terremotos. Ao irradiar essa frequência em uma trajetória específica, HAARP pode provocar terremotos qualquer lugar do planeta. HAARP pode irradiar essa frequência em qualquer lugar do planeta usando retransmissores terrestres (semelhantes ao HAARP) ou plataformas moveis nos oceanos espalhados ao redor do globo. Uma transmissão de curta duração não é o suficiente para perturbar a matéria sólida (magma e crosta terrestre) por isso eles transmitem a frequência na área-alvo durante vários dias – até o terremoto ser desencadeado. HAARP pode também provocar drastica mudança climática mediante a utilização de um raio eletrônico para ionizar ou desionizar a atmosfera em determinada área.

Assunto relacionado:

Terremoto e Tsunami no Japão: Evidências de ataque terrorista contra o Japão

Terremoto nos EUA: Explosão Nuclear

Armas Secretas – EUA vs URSS

Anúncios

30 thoughts on “HAARP: A maior arma de destruição em massa da história

    • Sem contar as enumeras outras maneiras de controle de população, tais como os tantos vírus desenvolvidos em laboratórios e colocados em circulação. Veja que o hiv deixou de ser uma sentença de morte como no inicio, criaram então um novo vírus e largaram na China. Veja em outros países politicamente neutros outras variações de doenças já estudadas, elas “evoluem” ou são aprimoradas mediante a descoberta de novas vacinas? Incrivelmente elas passam a matar novamente e a desafiar a humanidade. Pior que ser morto por uma arma, e morrer vítima de algo que nem ao menos se pode ver, como um vírus.

      • Graças a Deus a minha permanencia aqui e curta,tenho do dessa nova geraçao

  1. bom tdo o que nos cidadoes mundiais temos que amar uns aos outro como o nosso saldo q naÕ podemos de modo algum deixa os iluminati domina nosso espirito e te que fazer o que suas potificadas ideas nos contanine vamos pensa e penssa como deve ser os caras pensao em nos rduzi a 90 porcento entao vamos irmaos mundias fazer +

    • veja bem, regiões mais baixas estão sujeitas aos tsunamis e maremotos, e os grandes centros urbanos certamente serão os primeiros a serem submetidos. Regiões aridas, se intencificarão, e regões serranas tremem, e desmoronam. Demais regiões altas, ficam expostas a vendavais, e a própria radiação qua todos sabemos ser agressiva a saúde. Eis a questão, existirá alguma região segura para se prevenir dos efeitos, caso os iluminatis iniciem essa gerra em prol da nova ordem mundial?

  2. No Pará tem uma estação mantida pela FUNTELPA, montata tem 2 anos.
    Em Brazlandia (DF) tem outra, bem onde houve incendio essa semana.

  3. Imaginem isso bem aprimorado nas mãos dos iluminatis, executando os planos referentes a nova ordem mundial, cuja um dos principais objetivos é reduzir a população mundial a 20% dque é hoje.

    • :O e imagina se todos que acreditassem nessas porras fossem viver no mato, vivendo só daquilo que Deus oferece da natureza, não utilizando mais nada do que é do homem como remédios e eletrônicos, etc etc… heim? Go wild!

  4. Sem contar as enumeras outras maneiras de controle de população, tais como os tantos vírus desenvolvidos em laboratórios e colocados em circulação. Veja que o hiv deixou de ser uma sentença de morte como no inicio, criaram então um novo vírus e largaram na China. Veja em outros países politicamente neutros outras variações de doenças já estudadas, elas “evoluem” ou são aprimoradas mediante a descoberta de novas vacinas? Incrivelmente elas passam a matar novamente e a desafiar a humanidade. Pior que ser morto por uma arma, e morrer vítima de algo que nem ao menos se pode ver, como um vírus.

  5. Arlei

    Essas tecnologias são muito antigas, por ex. antigas escrituras dos Vedas, Egipcios, Chineses, Tibetanos, Maias etc descreviam tecnologias semelhantes ao HAARP e UFOs. As antigas civilizações já tinham conhecimentos teoricos destas tecnologias.

    Os illuminazis podem devastar cidades, mas não tem a capacidade de eliminar um país inteiro. Não existem armas ou vírus capazes de matar bilhões de pessoas em curto espaço de tempo. Virus sofrem mutações, porém sistema imunologico tbm sofre mutação e se adaptam ao virus, adquirindo imunidade.

  6. Pingback: Tecnologia de manipulação psíquica – HAARP | Agenda 21

  7. Your current post provides verified beneficial to me personally.
    It’s quite useful and you’re clearly really knowledgeable of this type. You possess opened my own face to different opinion of this matter using intriguing, notable and strong content.

  8. Pingback: Ataque Psíquico seria teste do projeto Haarp? | A Verdade Sobre

  9. Olá, caros bloguistas…

    Em, suma, a tecnologia científica por mais terrífica que prometa ser, é puro realismo fantástico, como teriam escrito Jaques Bergier e Luis Pawelles, em “O despertar dos mágicos”.

    Um abraço – artur

  10. Olá pessoas que ocupam o seu tempo com isto! Que ridículo.. Não posso acreditar.. Vocês é que estão todos alienados por estas teoriazinhas da conspiração!! Este artigo está completamente manipulado para estimular as vossas mentes conspiratórias. Confesso que já senti um certo fascínio por estas possibilidades e conspirações, é de facto muito estimulante para um adolescente. Agora uma pessoa cresce, estuda ganha uma consciencia científica, política, cultural e civilizacional onde este tipo de fantasia já não faz sentido. No mundo actual, é ridículo continuar a acreditar nos Iluminati!!? O próprio conceito não é possível no mundo onde vivemos. Sinto muito meus caros mas arranjem outro passatempo.. Então o haarp também serve para controlar as mentes!? Que piada.. E também foi responsável pelo terramoto do japão? Só me rio.. E agora andam a dizer que o fumo dos aviões também também é um plano para fazer qualquer coisa!! Isto é gente que não tem nada sério com que se preocupar mesmo.. Usem o vosso tempo e a cabeça para fazer algo mais útil.. Até os X-Files já acabaram há tanto tempo, mas há gente que fica estagnada e não evolui. Enfim, as melhoras para esta vossa “comunidade”.

  11. Pingback: HAARP: A maior arma de destruição em massa da história | Conspiração Global 21 | AICL

  12. Nao faz sentido nenhum. Isso e especulativo.
    “penetrando vários quilômetros no solo, perturbando o fluxo de magma e crosta da terra” como podem saber disso??? Mal conseguimos mapear a direccao das placas continetais, quanto mais monitorar e analisar o fluxo de magma do centro da terra.

  13. Pingback: HAARP: A maior arma de destruição em massa da história | Blog – Espaço do Sol

  14. Se , os nazistas houvessem ganhado a guerra , será que este mundo estaria menos HORRÍVEL , ou , mais HORRÍVEL ? É uma dúvida ……. metódica , como ser ou não ser é a maldição ? E qual a razão honesta destas …. INTENÇÕES ! ? . . .

  15. Pingback: HAARP: A maior arma de destruição em massa da história | Conspiração Global 21 | AICL Colóquios da Lusofonia

  16. Perseguição organizada e vigilância por satélite e tortura

    O pensamento humano já não pertence a esfera privada, o cérebro humano é um transmissor e receptor bioeletromagnetico, a atividade cerebral gera sinais que podem ser captados por receptores sensíveis que funcionam de forma semelhante a um receptor de rádio ou telefone celular e estes dispositivos podem ser acessados remotamente. A voz direcionada para o crânio da vítima chama se V2K ou voice to skull é possível ouvi la através das microondas.A leitura da mente humana e controle da mente são violações horríveis dos direitos humanos muitas pessoas são escolhidas ainda crianças aleatoriamente e são atacadas fisicamente e mentalmente durante toda a sua vida. Esse abuso tortura eletrônica e experimentação e perseguição organizada é um crime contra a humanidade e as vítimas precisam de ajuda humanitária e jurídica urgentemente. Saibam mais V2K tecnologia, voice to skull, psychotronic weapons, nano implant brain radar, gang stalking, target individual, telepathy sintetica, mind control, mk ultra, microwaves in remote neural monitoring. Já existem inúmeras vítimas no nosso país e isto está acontecendo no mundo todo.

  17. HAARP é um termo genérico usado para descrever armas eletromagnéticas escalar, tecnologia inicialmente desenvolvido por Nikola Tesla no início do século 20!!! nunca vi tanta falta de conhecimento em um texto tão grande….daqui a poco vcs vão esta falando de reptilianos e iluminatis,projeto blue bin… mas olha as fonte kkkkkkkkkkkkkk

    • Ai José, fico curiosa por suas informações…devem ser muito interessantes e geniais, conta prá agente tudo que vc sabe? assim vamos ficar sabendo das verdades…

  18. Pingback: HAARP: A maior arma de destruição em massa da história | JornalBemTeVi.com.br | Notícias de Peruíbe e Região

  19. salve salve…

    Tudo certinho com vc?

    Eu tava até agorinha mesmo pesquisando esse assunto!
    E acabei chegando aqui…

    Será que você poderia tirar uma dúvida minha?

    Será que você pode me passar mais referências sobre este tema?

    seja como for, muito obrigado pelo site e todo esse material que vem compartilhando de graça com
    todo mundo!

    paz pra ti!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s