Grupo Inter-Alfa: Sacerdotes do sistema financeiro mundial

Apocalipseemtemporeal

A violação efetiva do estado de Portugal, Itália, Grécia, Espanha e Irlanda (PIIGS) é um passo no “colapso” financeiro global. Mas além da estupidez e ganância dos políticos-lacaios (mau caráter), poucos entendem “quem” e “o que” está realmente por trás da destruição dos PIIGS e por quê. Os verdadeiros culpados não são David Rockefeller ou Herman van Rompuy (Presidente do Conselho Europeu), nem tão pouco o mega especulador e defensor número um mundial da legalização das drogas, George Soros. Estes são lacaios da elite financeira global centrada no poderoso e desconhecido Grupo Inter-Alpha.

O Grupo Inter-Alpha, desde a sua fundação em 1971, como um cartel bancário privado europeu a cargo dos círculos do senhor Jacob Rothschild, tem estado no epicentro das operações da monarquia britânica, todas dirigidas a partir de Londres. Quando falamos da monarquia, não se trata do rei do país com sua coroa prateada e seu trono de palha, mas do sistema de controle financeiro. O Grupo Inter-Alpha inclui o Royal Bank of Scotland, o Banco Espírito Santo de Portugal, Banco Santander da Espanha, o holandês ING, o Société Générale da França, e o alemão Commerzbank, entre outros entidades de peso.

A operação lançada pelo grupo, na verdade começou nos últimos estágios da Segunda Guerra Mundial. Foi dirigido por Jacob Rothschild de Londres. A rede bancária Rothschild, desde a sua criação, em Frankfurt, em finais de 1700, foi uma operação da Nobreza Negra de Veneza. Um de seus primeiros patrocinadores foi a família Thurn und Taxis, da Bavaria, os controladores da inteligência de Veneza e uma das principais famílias do império Habsburgo da Áustria. Esta ligação de Veneza é a verdadeira fonte do legendário poder financeiro da família Rothschild.

Voltando ao Grupo Inter-Alfa. Para atingir seu objetivo, em primeiro lugar construíram seu aparato (unidade) bancária na Europa no período pós-guerra da Segunda Guerra Mundial como a base de uma estrutura financeira universal. No entanto, foi na verdade um retorno ao modelo imperial que existia antes da Revolução Americana. O planejamento da UE começou antes mesmo de ter terminado a guerra.

Com estas medidas para a eliminação da soberania nacional, o Império começou o processo de construção de um sistema financeiro europeu sem fronteiras. Em rápida sucessão, veio o desenvolvimento dos mercados de eurobônus e de eurodólares, e os bancos do consórcio. Esses bancos foram os sindicatos ou empresas conjuntas (Joint Ventures), em sua maioria com sede em Londres, que uniram os bancos britânicos com os bancos com sede na Europa, Ásia e Américas. Foram concebidas para acompanhar a regulamentação bancária nacional e, como tal, representaram o início da “globalização” (ou seja, imperialização) de financiamento.

O verdadeiro poder do Grupo Inter-Alfa, no entanto, não se encontra nos bancos individuais em si, mas nas mudanças que as operações do Inter-Alfa têm causado na economia mundial. O projeto Inter-Alfa tornou o sistema financeiro mundial em um cassino gigantesco. Um parque temático para os bancos de investimento, os “braços especulativos” dos bancos comerciais, e dos fundos de alto risco para que possam brincar com o dinheiro, tanto o seu como do resto do mundo.

Veja: Em um sistema bancário saudável e bem regulamentado, os bancos comerciais são os mecanismos que ajudam no crescimento das economias locais e regionais. O banco local cresce à medida que cresce a economia local, mostrando assim um grande interesse em apoiar e promover esse crescimento.

O modelo oligárquico do Grupo Inter-Alfa, que detém o Banco Santander, funcionarão ao contrário. Sua rede de bancos é usada para transferir a capital da economia local para os mercados mundiais, onde o dinheiro é usado para especular, manipular e subjugar os povos do planeta.

Para terminar, não devemos esquecer que o sistema financeiro global centrado sobre o Grupo Inter-Alpha se alimenta do faturamento do tráfico de drogas. Nas suas elevações recentes, o Inter-Alfa controlava 70% dos ativos bancários do mundo. Os bilhões de dólares anuais em dinheiro do tráfico de drogas e outros fundos de origem criminosa, que alimentam a atual guerra das drogas contra o mundo, constituem uma parte vital deste mercado financeiro. Esse é o sistema Inter-Alfa, os bilhões de narcodólares não tem para onde ir!

Fonte: Daniel Estulin

Retirado do site: http://apocalipseemtemporeal.blogspot.com

Saiba mais:

Brutal empobrecimento do Brasil feito por Londres: US$ 120 bilhões por ano

10 Razões pelas quais o dólar como moeda global está prestes a chegar ao fim

Já é matematicamente impossível liquidar a dívida dos EUA

Saiba a verdade sobre o sistema financeiro mundial

Dinheiro como dívida – Você sabe como é criado o seu dinheiro?

Grupo Inter-Alfa: Sacerdotes do sistema financeiro mundial

Que venham os chineses para nos moralizar: produtos chineses

Advertisements

One thought on “Grupo Inter-Alfa: Sacerdotes do sistema financeiro mundial

  1. Pingback: Saiba a verdade sobre o sistema financeiro mundial | Agenda Global 21

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s