Acidente de Chernobyl: Sabotagem

A Guerra Fria

Um dos episódios da Guerra Fria foi o acidente nuclear de Chernobyl (25 de Abril de 1986). O acidente nunca foi propriamente investigado, como o primeiro-ministro soviético Mikhail Gorbachev responsabilizou a crise no governo anterior que ele prometia reformar com sua perestroika. Anunciou a crise como se segue:

“Boa tarde, meus camaradas. Todos vocês sabem que houve um inacreditável erro – o acidente na usina nuclear de Chernobyl. Ele afetou duramente o povo soviético, e chocou a comunidade internacional. Pela primeira vez, nós confrontamos a força real da energia nuclear, fora de controle.”

Os meios de comunicação repetem a interpretação de Gorbachev sobre a crise de Chernobyl como sendo um mero ‘acidente’ e ocultou a questão de ‘cui bono’ (Quem beneficia com isto?) Naquela época Gorbachev ainda não sabia que esse evento seria um fator importante na queda de seu governo que precedeu a desintegração da União Soviética. Naquela época poucas pessoas sabiam que Gorbachev era um traidor. Curiosamente, a liderança dos bolcheviques também eram em sua maioria de origem judaica, responsável pelo Holodomor – fome de carácter genocidário na Ucrânia.

Aumento da dívida

Anos mais tarde, o povo soviético começaram a perceber o efeito do desastre de Chernobyl na desisntegração da União Soviética, e perceberam também quem provavelmente se beneficiou dela. Durante esse tempo, notícias sobre a possibilidade de que o ”acidente de Chernobyl” foi uma sabotagem começaram a surgir na imprensa russa (Sovietskaya Rossiya 16 de Junho de 1992 e 25 de Abril de 1996, Za Ruskoe Delo 6, 38, 1996, Trud 26 de Abril de 1995) e outros lugares, recentemente reaparecendo em Pravda.ru (Fevereiro 2004). Estas acusações foram baseadas em observações empíricas que:

”É improvável que a sequência de eventos que levaram ao colapso do reator de Chernobyl pode ter sido acidental”

e

”Os técnicos que desconectaram os mecanismos de segurança na Usina Nuclear de Chernobyl, Alexandrov, Feinberg, Sagdeev, Zaslavsky estão agora vivendo em conforto no exterior.”

Da esquerda para direita: Concord e Tupolev TU-144

Tecnologias com defeitos ocultos

No final dos anos 1960, as agências de inteligências ocidentais (CIA, MI6, Mossad) começaram a sabotar a economia da União Soviética por meio de transferências de tecnologias que continham defeitos ocultos. Em 3 de Junho de 1973, a aeronave supersônico russo Tupolev TU-144, rival do Concorde francês, caiu durante um show aéreo no aeroporto de Le Bourget na França. O piloto do supersônico russo Mikhail Kozlov e sua tripulação de cinco pessoas morreram no acidente. Naquela época poucas pessoas sabiam que a agência de inteligência francesa havia enviado um jato militar Mirage III em rota de colisão com o TU-144. Para evitar a colisão, o piloto da aeronave Soviética foi forçado a tomar uma ação evasiva, durante a qual o avião com falhas de construção (projeto com defeitos), se partiu no ar. A imprensa, como sempre em ”acidentes provocados”, culpou a queda no erro do piloto.

Ronald Reagan fazendo um sinal satânico (dois chifres)

A iniciativa Reagan

Em 1982, o presidente dos EUA Ronald Reagan aprovou oficialmente as transferências secretas de tecnologias que continham defeitos ocultos, inclusive programas informáticos para União Soviética (Washington Post, 26 de fevereiro de 2004). Este software com defeitos ocultos provocou um grande explosão de um gasoduto na Sibéria. Thomas Reed, ex-membro do Conselho de Segurança Nacional, Diretor do Escritório Nacional de Reconhecimento, Secretario-adjunto da Defesa e Assistente especial do Presidente Ronald Reagan para a Politica Nacional de Segurança descreveu esse episódio em seu livro: At the Abyss: An Insider’s History of the Cold War (2004, Presidio Press). A sua narrativa é complementa pelo Gus Weiss (1996) no artigo The farewell dossier, publicado agora no jornal desclassificado da CIA – Studies in Intelligence, 39, 5. Além disso, dois anos antes do desastre de Chernobyl, uma empresa dos EUA ganhou um contrato com o governo soviético para prestar serviço de upgrade de software na usina nuclear de Chernobyl.

Desinformação

Em 25 de julho de 1986, a New York Times publicou em Serge Schmemann’s Chernobyl Fallout: Apocalyptic Tale onde ele afirma que um ‘proeminente escritor russo’ disse que Chernobyl significa absinto. Isso levou muitos a acreditar que o desastre de Chernobyl estava predito na Bíblia: Revelação 8:11 – O nome da estrela era Absinto; e a terça parte das águas tornou-se em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas. Chernobyl em ucraniano (chornyi = preto + [byl]inka = folha de erva), era provavelmente o nome de algumas ‘ervas negras’ crescendo naquela localidade. Enquanto a ‘erva negra’ em ucraniano pode ser traduzido como absinto, a controvérsia linguística que se desenvolveu em torno desta questão fútil adicionou uma enorme quantidade de desinformação, desviando a atenção do público das questões mais relevantes. Serge Schmemann é filho de Alexander Schmemann, um colaborador que serviu por 30 anos na Radio Free Europe/ Radio Liberty (RFE / RL), uma organização que recebe os seus fundos do Congresso dos EUA por meio da CIA. Após a queda da União Soviética, este radio pró EUA começou a transmitir para Kosovo, Iraque e Afeganistão, antes das invasões militares norte-americanas desses países. Recentemente, a Radio Free Europe / Radio Liberty iniciou os seus serviços no Irã. Atualmente a sede da estação RFE / RL está localizado em Praga, Republica Tcheca, rodeado por barricadas de concreto e cercado por carros blindados.

Chernobyl e o teste nuclear de Nevada

A atenção desproporcional da mídia ao acidente de Chernobyl pode ser contrastado com o silêncio absoluto da mídia ocidental sobre a massiva contaminação radioativa de quatro décadas dos testes de detonações nucleares realizados em Nevada. As precipitações radioativas de 400 explosões nucleares cobriam o céu de todo o sudoeste dos EUA.

As comparações entre os níveis de radiação liberado em Chernobyl com a radiação liberado pela bomba atômica em Hiroshima varia substancialmente, uma estimativa razoável é que a liberação radioativa de Chernobyl foi equivalente a dez bombas atômicas de Hiroshima.

O resultado dos testes nucleares em Nevada é descrito por Carole Gallagher (1993, Massachusetts Institute of Technology Press) em seu livro American Ground Zero. Carole passou vários anos entrevistando pessoas que vivem em Nevada, Utah e Arizona, incluindo os nativos, fazendeiros, professores, donas de casa, militares e artistas, etc. O que todos eles tinham em comum eram:

Taxas desproporcionalmente elevadas de leucemia, tumores cerebrais, malformações congênitas, esterilidade, abortos, cânceres de tireoide.

Por outro lado, uma pesquisa russa realizado na Ucrânia e Rússia provou que os russos e ucranianos são um dos povos geneticamente mais saudáveis do mundo.

Absinto

O chá de Absinto está livremente disponível em apenas alguns países, nomeadamente em Bohemia – República Checa, o absinto foi proibido nos EUA e posteriormente em quase todo o mundo. Mas por volta da virada do século XX, especialmente na França, este licor amargo verde esmeralda era o favorito da multidão. Na verdade, para muitos pintores um copo de absinto era tão essencial como o pincel e a tela.

Sobre o Absinto, Oscar Wilde teria dito:

“Depois do primeiro copo, você vê as coisas como gostaria que elas fossem. Depois do segundo, como elas não são. Finalmente, passa a ver as coisas como elas realmente são. E essa é a coisa mais terrível do mundo”. Tradução google

Aréas contaminadas em vermelho

Fonte: http://www.visualstatistics.net/catastrophe/chernobyl/chernobyl.htm

Anúncios

3 thoughts on “Acidente de Chernobyl: Sabotagem

  1. Pingback: Desastre Nuclear no Japão – Sabotagem? | Agenda 21

  2. Pingback: Rússia: dentro da nova ordem mundial illuminati | Agenda Global 21

  3. Go for a cheap air compressor for your workshop – Go to different shops to compare prices
    before buying air compressor. If you spray a product into the
    core, it is necessary to first drill a tiny hole into the top of the plastic heater box under the hood.
    If your unit is draining properly there should be no accumulation of water in the PVC pipe.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s