Prefácio do livro: A Fraude do Aquecimento Global

Neste livro [«A Fraude do Aquecimento Global», da autoria de Geraldo Luís Lino], o leitor encontrará os conceitos básicos para o entendimento do aquecimento global e como este fenômeno natural foi transformado em uma falsa emergência mundial – o que não se sustenta, em face das evidências científicas e das urgências reais que afligem a humanidade. O clima da Terra é um sistema muito complexo e que tem variado naturalmente ao longo de sua existência, forçado por agentes, quer externos – como oscilações das atividades solar e vulcânica, dos parâmetros orbitais terrestres e até de raios cósmicos galácticos – quer internos – como as variações das temperaturas da superfície dos oceanos e da cobertura de nuvens. O clima não está e jamais esteve em equilíbrio, estático. Continuar a ler

Aquecimento global é embuste, diz um cientista

Por Carlos Madeiro
Especial para o UOL Ciência e Saúde 11/12/2009

Com 40 anos de experiência em estudos do clima no planeta, o meteorologista da Universidade Federal de Alagoas Luiz Carlos Molion apresenta ao mundo o discurso inverso ao apresentado pela maioria dos climatologistas. Representante dos países da América do Sul na Comissão de Climatologia da Organização Meteorológica Mundial (OMM), Molion assegura que o homem e suas emissões na atmosfera são incapazes de causar um aquecimento global. Ele também diz que há manipulação dos dados da temperatura terrestre e garante: a Terra vai esfriar nos próximos 22 anos.

Em entrevista ao UOL, Molion foi irônico ao ser questionado sobre uma possível ida a Copenhague: “perder meu tempo?” Segundo ele, somente o Brasil, dentre os países emergentes, dá importância à conferência da ONU. O meteorologista defende que a discussão deixou de ser científica para se tornar política e econômica, e que as potências mundiais estariam preocupadas em frear a evolução dos países em desenvolvimento. Continuar a ler

Caixões da FEMA: sepultamento em massa?

Publicado em dominiosfantasticos

O antigo filme “O Planeta dos Macacos” nos colocou diante de uma terrível realidade: – astronautas americanos viajavam no espaço e, devido ao fenômeno da contração do tempo, ao retornarem encontram a Terra num futuro distante terrivelmente devastada – tudo destruído devido a uma guerra nuclear generalizada que extinguiu toda a civilização.

A ameaça de um “fim do mundo” sempre esteve presente nos mais íntimos temores da humanidade. Muitas são as lendas e as profecias que dizem respeito a isso. E mais recentemente, o sempre muito preciso Calendário Maia previu que em 21 de dezembro de 2012 encerrar-se-ia um ciclo humano, com o conseqüente fim de um ciclo de civilização. Muitos levam isso ao pé da letra, assumindo que grandes catástrofes aniquilarão a espécie humana e a sua civilização. Continuar a ler

Filmes para repensarmos o nosso futuro: Agenda Illuminati

Por Realidade Oculta

Existem filmes que além de efeitos visuais passam mensagens sutis com uma pontinha de verdade. Irei abordar aqui algumas mensagens “escondidas” em filmes, também como alguns sinais de alerta que os filmes tentam passar a respeito do futuro da Humanidade…

Muitos filmes são “avisos” para todos nós… Para repensarmos o nosso futuro. Ficam aqui algumas dicas para você assistir… Continuar a ler

Bill Gates e Microsoft planejam despopulação mundial

Durante uma apresentação em fevereiro de 2010, Bill Gates faz a surpreendente declaração que as vacinas devem ser usadas para reduzir a população da Terra

Tradução: Caminho Alternativo

Por Mike Adams

(NaturalNews) Quando você compra produtos da Microsoft agora também estará promovendo a indústria farmacêutica e seu programa mundial de vacinas para reduzir a população mundial. Esta é a nova realidade que vivemos, onde a maior companhia mundial de software “está na cama” com os maiores patrocinadores de vacinações do mundo.

Como isto é possível? Em 2009, Microsoft comprou uma peça chave de tecnologia da companhia farmacêutica Merck, o maior fabricante mundial de vacinas. Bill Gates diz que pode ajudar a “reduzir a população mundial” entre 10 e 15 por cento, o que equivale de 700 milhões a um bilhão de pessoas.

Quando o co-fundador da Microsoft e promotor do controle populacional Bill Gates falou recentemente sobre usar vacinas para reduzir a população mundial, ele deu início a uma onda de especulação sobre sua possível insinuação de campanhas de vacinação disfarçadas para esterilização.

Só faltou dizer que o resto da população mundial será aliminada através de guerras, das Chemtrails (aviões que dispersão nuvens químicas em cidades) e do HAARP (alteração sísmica e climática), com suas catástrofes criadas. Mas essa não é a praia de Gates, pois, como o vídeo abaixo mostra, “ele admite que ama vacinas para reduzir a população.

A tecnologia, como será vista mais adiante, possivelmente possa ser utilizada para desenvolver vacinas assassinas dirigidas a determinadas raças ou nacionalidades em países subdesenvolvidos com produtos farmacêuticos que provoquem infertilidade e doenças, algo que está totalmente coerente com o objetivo de Bill Gates, admitindo querer reduzir a população mundial através do uso de vacinas.

Esta tecnologia de vacinas genéticas foi desenvolvida pela companhia Rosseta Biosciences e foi comprada pela Microsoft, anteriormente era propriedade da Merck. Seu programa se descreve como uma forma de “entender como os genes interagem uns com os outros, analisando os pepitídeos e metabolitos, e determinando como se relacionam com os genes.”(http://seattletimes.nwsource.com/html/microsoft/2009288622_rosetta020.html)

Um anúncio no site da Rosetta Biosoftware explica: “O acordo permite à Microsoft incorporar a genética (genoma), a proteómica e a metabolomica a um software de gestão de dados na plataforma da Microsoft para conseguir uma melhor capacidade de investigação”. (http://www.rosettabio.com/company/news/rosetta_microsoft)

Este mesmo anúncio continua dizendo que o fabricante de vacinas Merck vai “proporcionar informação estratégica à Microsoft” como parte do acordo. A estratégia da Merck, é claro, é ganhar dinheiro com as vacinas e produtos farmacêuticos, incluindo a perigosa vacina Gardasil.

Rupert Vessey, o vice-presidente da Merck Research Laboratories, admite abertamente que este acordo coloca a Microsoft no papel de ser um desenvolvedor de fármacos. Ele diz: “Esperamos colaborar com a Microsoft para desenvolver novas soluções bioinformáticas para permitir e acelerar a descoberta de fármacos e o desenvolvimento”

Esta é uma afirmação chave para entender tudo, porque o palavra “bioinformática” só pode significar uma coisa. Onde se armazena a informação biológica? Isso é só um sistema de armazenamento digital de biologia humana, e esse sistema é, obviamente, o DNA! Portanto, a ideia de desenvolver “soluções bioinformáticas” realmente significa desenvolver “vacinas e medicamentos genéticos.”

Isto é totalmente coerente com a agenda admitida por Bill Gates de reduzir a população mundial com a ajuda das tecnologias das companhias farmacêuticas. Numa conferência de TED (tecnologia, entretenimento e design), anunciou frente a uma audiência ao vivo: “se fizermos um grande trabalho com novas vacinas e serviços de saúde reprodutiva, poderiamos baixar (a população mundial), em talvez um 10 ou 15 por cento – 700 milhões a um bilhão de pessoas.“ (http://www.naturalnews.com/029911_vaccines_Bill_Gates.html)

Assista ao vídeo onde Bill Gates diz claramente que quer reduzir a população mundial com vacinas, veja aqui

Tudo isto vêm de outra notícia recente de que Bill Gates está financiando uma tecnologia que destrói os espermatozóides e produz infertilidade masculina generalizada (http://www.naturalnews.com/034834_Bill_Gates_sperm_infertility.html).

Sua fundação financiou também os mosquitos modificados geneticamente para inserir vacinas e outros experimentos científicos absurdos (http://www.naturalnews.com/030940_Bill_Gates_Foundation_genetics.html ).

Fonte: http://caminhoalternativo.wordpress.com/2012/02/05/microsoft-compra-tecnologia-eugenesica-da-merck-reducao-da-populacao-mundial

Comentário do blog Caminhoalternativo:

Bill Gates é um nazi-sionista, faz parte da elite financeira que deseja reduzir a população mundial para uns 500 milhões de habitantes. O farão com guerras, vírus criados em laboratórios, medicamentos tóxicos ou vacinas. São psicopatas que usam o poder financeiro para escravizar a humanidade e quando começam a perder o controle sobre o rebanho, devido a dívida, aplica a estratégia de redução populacional.

Quem compra produtos da Microsoft (companhia que pratica concorrência desleal e monopólio total), assim como das outras corporações associadas, está financiando a esterilização ou até a morte de bilhões de pessoas pelo mundo, e serão as que os nazi-sionistas consideram “indesejáveis”, ou seja, as massas de terceiro mundo!

Os organismos de sáude de todos os países estão sincronizados com esta agenda eugenista, repare como os governos investem milhões em campanhas de vacinação em massa. Acha mesmo que é para o seu “bem-estar”? Isto é nada menos que um genocídio planetário planejado.

Notem que Gates não fala das vacinas no sentido que todos nós conhecemos, ou seja, aumentar a capacidade de nosso sistema imunológico – melhorando, assim, nossa qualidade de vida. Pelo contrário, Bill Gates considera que vacinas são desejáveis para reduzir o número da população. E como? Basicamente, com todas as propriedades químicas que impeçam pessoas de terem filhos, através da infertilidade, câncer, senilidade e outras doenças (vide casos onde a vacina H1N1 e H5N1 foi usada e o número de autistas explodiu e o caso da Síndrome da Guerra do Golfo com vacina Anthrax).

Agora vejam a matéria publicada no Estadão: Bill Gates doa US$ 10 bilhões para a produção de vacinas.

Espero que agora todos entendam o porquê da Fundação Bill e Melinda Gates ser uma das maiores patrocinadoras do Banco Mundial de Sementes de alimentos, o Silo Global de Sementes de Svalbard, formado juntamente pela Monsanto, Rockefeller e Syngenta – todos percententes aos Illuminati.

Gates é famoso por financiar medidas de controle populacional pró-aborto – mas a referência que Gates fez sobre vacinas imediatamente lançou especulações com relação ao uso de tais drogas para disseminar agentes esterilizantes e doenças em grande escala.

28 bilhões de dólares de fundo de saúde financiado por Bill Gates e Bono é investigado por fraude

A multi bilionária fundo de saúde global apoiados pela Fundação Bill e Melinda Gates está sendo sondado por fraude e corrupção generalizada, Bono está envolvido no esquema, continue lendo aqui.

Saiba mais:

Bill Gates revela planos de despopulação

Superpopulação Mundial: Mito ou Fato?

Câncer em líderes na América Latina: Arma biológica

Cura do Câncer descoberto em 1934

Energia elétrica grátis: Free Energy

Wikileaks seria um projeto de desinformação da CIA

Os reais objetivos de Wikileaks não são claros, o seu site é nebuloso, o seu fundador opaco

Este tipo de divulgação de documentos ditos secretos não é transparente.
O fluxo de informação parece demasiado coordenado e orquestrado. Mais parece que estamos perante um projeto de manipulação mediática, fabricado ao mais alto nível.

Wikileaks: muitas dúvidas

Quando visitamos o site da Wikileaks, o que mais espanta é a enorme quantidade de documentos. Ao longo da história algumas dezenas de documentos secretos foram divulgados ao público, mas nunca uma quantidade desta dimensão. Parece que subitamente resmas de arquivos secretos da CIA foram postas à disposição de uma única organização.

Outro fato estranho, é que no site da Wikileaks apesar de centenas de milhares de documentos, estes estão classificados por categorias e permitem a consulta de qualquer documento por tema. Os próprios fundadores admitem que não conhecem o conteúdo de muitos dos documentos, dado o enorme volume de dados. Não deixa de ser curioso este trabalho gigantesco de classificação que deve ter sido obra de uma grande coordenação, não sendo o resultado de qualquer grupo amador.

Tanta informação de tantos centros diplomáticos em simultâneo faz pensar que, ou todos os seus sistemas são permeáveis, o que não deixa de ser estranho, ou que estas informações foram disponibilizadas ao mais alto nível.

Como é que de repente, aparecem tantos documentos secretos?
Porque é que estes documentos são publicados em simultâneo e não ao longo do tempo?

Porque é que não existe uma única referência a Israel, país com uma grande cumplicidade com os Estados Unidos?

Porque é que os jornais escolhidos pela Wikileaks são sempre os controlados pelos grupos financeiros americanos?

Wikileaks é um site nebuloso e o seu fundador, Julian Assange, uma personagem ainda mais nebulosa que não gosta de falar do seu passado. E justamente o passado de Julian Assange tem fatos curiosos. Um deles prende-se com o episódio em que apenas saído da adolescência, já ter sido acusado de ter invadido arquivos secretos do Pentágono. Será credível que um hacker deste calibre não fosse vigiado de perto ou detido pela CIA e ainda tenha conseguido criar um site e recolher documentos secretos sem o conhecimento e a intervenção desses serviços secretos.

O princípio do fim da liberdade na internet?

Os Estados Unidos garantem que os documentos revelados põem em perigo a segurança mundial.

A mensagem que querem fazer passar para a opinião pública é que a livre informação é perigosa, logo tem de ser controlada. Não tardará muito que a liberdade de opinião na internet seja enquadrada legalmente em nome da segurança, tal como as liberdades individuais estão a ser limitadas em nome do terrorismo.

Fonte: noticias-alternativas.blogspot.com

Político russo revela planos de Armagedom

Um influente líder político russo diz que a Rússia tem a capacidade de “destruir qualquer parte do planeta” e matar centenas de milhões de pessoas com novas tecnologias.


Planos insanos de Jirinovski

Vladimir Volfovich Zhirinovsky trabalha secretamente para o governo israeli. Seu verdadeiro nome é Eidelshtein.

Apresentadora da TV estatal da Geórgia entrevista Vladmir Zhirinovsky

Apresentadora: Alguns dizem que Moscou está levantando a bandeira branca ao admitirem vinhos georgianos em seu mercado. Geórgia está afinal bloqueando o acesso da Rússia à Organização Mundial do Comércio. O que você diria a eles? Não há uma bandeira branca?

Jirinovski: nem sequer pensamos nisso. Nós nunca curvamos nossa cabeça à ninguém. Pelo contrário todas as grandes potências do mundo inclinam suas cabeças para a Rússia: China, Japão, Alemanha, França e o Estados Unidos. Não se trata apenas de permitir importações de vinhos estrangeiros para a Rússia. Eu vejo isso como um problema global. Nós vamos bloquear a importação de todos os bens da Moldávia e da Bielorrússia para os nossos mercados também.

Jirinovski: Eu acho que a Rússia tem poder suficiente para influenciar a Geórgia e obter permissão para entrar na Organização Mundial do Comércio. A solução será encontrada, independentemente de impostos. Nós precisamos de quatro partes concordando: Washington, Moscou, Bruxelas e Pequim. Existem apenas quatro capitais dominantes no mundo: Washington, Bruxelas, Moscou e Pequim. É isso aí. A apenas 4 capitais do mundo. Nada mais importa. O resto dos países não são os verdadeiros jogadores na cena internacional. As quatro capitais sempre irão concordar. Neste caso, os chineses virão a Moscou e irão concordar com a posição de Moscou. Os europeus chegarão em Moscou e concordarão com as posições de Moscou. E depois os norte-americanos virão para Moscou como Biden fez e concordarão em tudo, exatamente sem problemas. Tudo é decidido nas 4 capitais do mundo, e em nenhum outro lugar. Agora coloque isso na cabeça, que: Washington não tem futuro, esse estado artificial entrará em colapso; Então essa velha Europa entrará em colapso, um continente com nenhuma importância. A China também vai explodir. E o que resta é a Rússia! Na possessão da capacidade de lançamento orbital e do poder espacial dominaremos o mundo. Com novas armas, que ninguém sabe que existe… ainda não. Com essas armas nós iremos destruir qualquer parte do planeta em 15 minutos. Nenhuma explosão, nenhum tipo de laser, nem raios. É uma arma calma e silenciosa, e continentes inteiros serão posto para dormir para sempre. E isso é tudo, por agora.

Jirinovski: Houve um tsunami no Japão, certo? Então eu digo, se vocês (EUA) quiserem mesmo o mais ínfimo parte da ilha Kurile de nós, então vocês terão de cavar em meio aos destroços e escombros de suas construções. E 120 milhões de vocês deverão morrer! E isso vale para o resto do mundo também. Todo mundo deveria começar a pensar sobre seu próprio futuro; E o futuro do mundo inteiro. Você ainda está pensando em vender o seu vinho da Geórgia para Rússia, agora? Vocês querem observadores da ONU na nossa fronteira? Vocês querem que o Mundo esqueça a palavra Geórgia completamente? Pense nisso, presidente Sakashvili.  Em seguida, haverá um outro tsunami…. (em Tokyo? em Londres? nos EUA?)

Vladmir Zhirinovsky

Zhirinovsky também tem uma longa história de inflamar violência em contextos políticos. Em seu debate com notório Boris Nemtsov em 1995, uma “luta de soco” explodiu. Em 2003, Zhirinovsky se envolveu em uma briga após um debate televisivo com Mikhail Delyagin. Em 2005, Zhirinovsky inflamou uma briga no parlamento por cuspir em um legislador do partido Rodina, Andrei Saveliyev. Durante o debate televisivo presidencial de 2008, ele ameaçou Nikolai Gotsa, o representante do candidato do Partido Democrata da Rússia Andrei Bogdanov com violência, dizendo que ele vai “esmagar a cabeça” dele e ordenar seus guarda-costas fuzilar ele no corredor.

Até acredito que eles tenham essa tecnologia – HAARP. Isso já existe em muitos países. Os soviéticos tinham uma antena gigante próxima a Chernobil, e depois do acidente nuclear foi desativado.

No entanto, devido ao seu vicio pela bebida, racismo e promoção do “sexo pervertido” (temperamento violento) que, felizmente, perdeu toda a credibilidade e desde então desapareceu no cenário político mundial.

Zhirinovsky prometeu aos eleitores em 1991 que, se fosse eleito, vodka seriam livremente distribuídos a todos. Como candidato presidencial de 2000 e 2008, prometeu um ” estado policial ” e execuções sumárias se fosse eleito.

“Não é uma explosão, e não uma explosão de raios, e não algum tipo de laser, mas uma arma calma e silenciosa”, acrescentou Zhirinovsky, advertindo que “continentes inteiros, serão postos para dormir para sempre”e que ”120 milhões vão morrer” se alguém EUA interferir com a reivindicação russa sobre as ilhas Curilas, que são objeto de uma disputa territorial com o Japão. Ele também ameaçou eliminar as restrições à venda de armas para Irã e propôs vender as disputadas Ilhas Kurile para o Japão por US $ 50b.

Jirinovski fez uma referência para o recente tsunami no Japão, sugerindo que “novas armas” a que se refere estão relacionadas à tecnologia de controle de alterações climáticas e geofísicas russas, que tem sido intensamente estudada por EUA, Rússia, UE e China desde 1950 e é comumente usada hoje.

Ameaçando anexar Geórgia completamente, Jirinovski advertiu, “e, em seguida, haverá outro tsunami, do outro lado do planeta, do Cáucaso”. Jirinovski também alertou sobre “World War III” emergindo no Oriente Médio e norte da África que poderia levar ao colapso das instituições globais existentes, como a UE, a OMC, a OTAN e o surgimento de uma nova ordem mundial liderada pela Rússia. Anunciou sua intenção de disputar eleição presidencial russa em 2012.

Os comentários feitos por Jirinovski não foram menos controversos no passado. Uma vez ele apoiou a idéia de plantar bombas nucleares sobre o Oceano Atlântico e inundar a Grã-Bretanha.

O que devemos fazer com estes comentários tão surpreendentes? É Jirinovski apenas um demente ou realmente revelou os planos secretos da Rússia em fazer guerra climática/geofisica para dominar o mundo?

Saiba mais:

Rússia: Dentro da Nova Ordem Mundial Illuminati